Fonemas da Língua Portuguesa

Postado em Atualizado em

O idioma português utiliza 34 fonemas, sendo 13 vogais, 19 consoantes e 2 semivogais. Estão representados na tabela a seguir:

 

fonema *

Características fonéticas

Exemplos **

* Foi utilizado um conjunto de grafemas adaptado à realidade brasileira. Não corresponde integralmente ao Alfabeto Fonético Internacional.

** Em ortografia oficial do português.

*** Os grafemas em negrito nas palavras têm, também e vivem representam o encontro vocálico da vogal /ẽ/ com a semivogal /y/.

**** Os grafemas em negrito na palavra falam representam o encontro vocálico da vogal /ã/ com a semivogal /w/.

Arbitrariedade da lista.

A definição da lista de fonemas do português tem uma dose de arbitrariedade. Vejamos dois casos especiais em que a definição dos fonemas requer maiores cuidados.

Estrangeirismos

Existem palavras dicionarizadas em português como hardware e hub, que apresentam H aspirado. Diante disso, seria de se esperar que esse fonema fosse incluído na lista dos fonemas do português. Nessa perspectiva, porém, a lista se ampliaria com uma profusão de fonemas de uso muito restrito em nosso idioma. O H aspirado é repelido pelos hábitos fonéticos de nossa língua. Sua utilização se restringe à palavras estrangeiras incorporadas recentemente ao idioma. Outras palavras que apresentavam H aspirado no idioma de origem passaram por uma acomodação fonológica ao serem incorporadas ao português, perdendo o fonema aspirado.

A conclusão a que se chega é que os fonemas que podem ser considerados genuínos do idioma são aqueles de uso amplo e não repelidos pelos hábitos fonéticos da comunidade. É claro que a língua é viva e os hábitos mudam. O contato com a língua inglesa, com o passar do tempo, pode levar à incorporação do /h/ à nossa língua .

Variações regionais.

Alguns fonemas não relacionados em nossa tabela estão presentes em variantes regionais de pronúncia. No Rio Grande do Sul, por exemplo, é comum pronunciar palavras como sul, naval e gentil usando uma variação do /l/ no final dessas palavras, em vez da semivogal w como é comum no resto do país. Da mesma forma, os cariocas usam contrações específicas de /tx/ e /dj/ em palavras como noite e dia. Essas realizações fonéticas poderiam ser consideradas como fonemas mas não entram na tabela devido ao caráter regional.

 

fonte: Radamés Manosso

_

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s