Grafia de Números

Postado em

Trata-se mais de uma convenção gráfica do que de uma norma gramatical: costuma-se escrever por extenso os números de apenas um dígito, quais sejam, de 1 a 9, o que é importante sobretudo nos dois primeiros quando eles se encontram diante de palavra feminina. Em vez de “Acharam as 2 crianças seqüestradas” deve-se escrever “Acharam as duas crianças seqüestradas”.

Igualmente se pode (não é obrigatório) escrever por extenso qualquer número que seja dito ou escrito numa só palavra, como as dezenas e as centenas [dez, noventa, cem, quinhentos], apesar de terem dois ou três dígitos. Deve-se evitar a grafia por extenso – salvo nos casos específicos, como documentos – de números que parecem pequenos mas comportam mais de duas palavras, como por exemplo 23 – vinte e três e 187 – cento e oitenta e sete. A grafia em algarismos sempre proporciona uma leitura visual mais rápida.

Alguns exemplos de redação correta:

  • Foram investigados dois políticos e mais de 30 advogados.
  • O governo autorizou o resgate de 53 brasileiros na Bolívia.
  • Pretendem construir 19 edifícios no mesmo condomínio.
  • Das nove pessoas abordadas, cinco disseram que já produziram mais de 250 peças nos últimos dez meses.
  • Falam como se, em cinqüenta anos, não tivessem sido realizados inúmeros trabalhos em semiologia, sociologia, psicolingüística.

fonte – M. T. Piacentini

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s