Dez Dicas Rápidas para Fazer uma Boa Redação

Postado em Atualizado em

1) Na dissertação, não escreva períodos muito longos nem muitos curtos.

2) Na dissertação, não use expressões como “eu acho”, “eu penso” ou “quem sabe”, que mostram dúvidas em seus argumentos.

3) Uma redação “brilhante” mas que fuja totalmente ao tema proposto será anulada.

4) É importante que, em uma dissertação, sejam apresentados e discutidos fatos, dados e pontos de vista acerca da questão proposta.

5) A postura mais adequada para se dissertar é escrever impessoalmente, ou seja, deve-se evitar a utilização da primeira pessoa do singular.

redaçao

6) Na narração, uma boa caracterização de personagens não pode levar em consideração apenas aspectos físicos. Elas têm de ser pensadas como representações de pessoas, e por isso sua caracterização é bem mais complexa, devendo levar em conta também aspectos psicológicos de tipos humanos.

7) O texto dissertativo é dirigido a um interlocutor genérico, universal; a carta argumentativa pressupõe um interlocutor específico para quem a argumentação deverá estar orientada.

8 ) O que se solicita dos alunos é muito mais uma reflexão sobre um determinado tema, apresentada sob forma escrita, do que uma simples redação vista como um episódio circunstancial de escrita.

9) A letra de forma deve ser evitada, pois dificulta a distinção entre maiúsculas e minúsculas. Uma boa grafia e limpeza são fundamentais.

10) Na narração, há a necessidade de caracterizar e desenvolver os seguintes elementos: narrador, personagem, enredo, cenário e tempo.

Tech Tags:

471 comentários em “Dez Dicas Rápidas para Fazer uma Boa Redação

    Daniel disse:
    8 dezembro, 2006 às 12:22 am

    Vai ser útil

    sabass disse:
    13 dezembro, 2006 às 1:53 pm

    fundamentais essas dicas.. os bons professores sempre alertam sobre.. mas sempre deixamos despercebido heheehuehu.. ver se vc arranja 10 dicas de como fazer uma boa narração agora!
    abraço

    Ana disse:
    18 dezembro, 2006 às 6:34 pm

    Oh!
    Muito bom essas dicas,depois divulgo minha nota.
    Obrigado.

    joao anisio braga disse:
    24 dezembro, 2006 às 9:35 pm

    Depois destas dicas farei muitas Redassões Cençassionais

    José Nelson da Silva Leite disse:
    28 dezembro, 2006 às 6:59 pm

    Adorei as dicas, eles me ajudaram muito nos concursos q fiz, vlw msm…

    Leandro disse:
    28 dezembro, 2006 às 7:39 pm

    O que tem de gente que escreve terivelmente mal por aí… Tomara que este blog esteja sendo bastante visitado, rsrs.

    Abçs.

    arianecav disse:
    30 dezembro, 2006 às 9:15 pm

    muito util essas dicas

    Núbia Rossana disse:
    4 janeiro, 2007 às 3:30 pm

    [green] Mto boas as dicas…..

    castelobr disse:
    11 janeiro, 2007 às 7:21 pm

    São boas dicas.

    André eu mesmo disse:
    19 janeiro, 2007 às 5:05 pm

    Bom…
    vou utilizar estas dicas na minha avaliação…
    Espero que as mesmas me aprovem…
    Após a divulgação das notas…
    Eu lhe passarei para você ver…
    Se obtive um bom resultado…
    Obrigado…
    Agradecido desde já…

    Tharcis disse:
    27 janeiro, 2007 às 3:00 am

    Amei todas as dicas realmente são proveitosas
    mas como é um comentário é bom ressaltar q sejam colokdos exemplos para kda assunto abordado,assim facilitará a nossa vida!!!

    Jucelia Silva disse:
    6 fevereiro, 2007 às 12:43 am

    Sem dúvidas são dicas exelentes, para mim a redação deixou de ser um bixo papão depois dessas dicas.
    Grata.

    Ezenildo disse:
    8 fevereiro, 2007 às 8:07 pm

    Muito boa essa dica, vai ser útil.

    ANA CARLA disse:
    9 fevereiro, 2007 às 2:21 pm

    olá!!!
    Dizem q a internet só serve para bate-papos.
    Pois é esse que inventou isso está fora de moda,pq sua vida vc é quem faz.Existem PESSOAS COMO VCS q ainda se interessa coma nossa EDUCAÇÃO.
    Dicas Valiosissimas!!!
    Meu muito obrigado!!!!!!!

    ANA CARLA disse:
    9 fevereiro, 2007 às 2:24 pm

    espero q vcs continuen nos ajudando,pois no Mundo onde vivemos é feito de girias coisa que as redações ñ permitem jamais.Eu sei q vcs irão nos instruir cada vez mais!!!!!
    ALOHA

    Ana Flavia disse:
    12 fevereiro, 2007 às 10:18 pm

    Olá!
    Obrigado por nos ajudar nesse assunto.Que por sinal tras muitas duvidas.
    Isso nos mostra que a internet nao serve somente para bate-papo, serve tambem para nos instruir.
    Tirei varias duvidas.
    Me ajudou bastante,e sei que ajuda varios jovens.
    COntinuwm assim..
    Trabalhando para um bem Comum:O aprendizado!

    Muito obrigado!

    Maria Madalena disse:
    12 fevereiro, 2007 às 10:19 pm

    Esse site é fantástico!

    Angélica disse:
    15 fevereiro, 2007 às 5:49 pm

    Este site é muito bacana!
    Gostei das dez dicas rápidas, irão me ajudar muito!
    Muito Bom…

    Rossana disse:
    16 fevereiro, 2007 às 7:56 pm

    Muito 10 mesmo, essas dicas!
    E com certeza, estas vão me ajudar bastante
    na hora em que eu irei elaborar a minha radação!
    Fico muito grata por isso!!!
    Continuem SEMPRE assim, nos axiliando…

    uilian disse:
    18 fevereiro, 2007 às 4:20 pm

    Este site indiretamente foi feito em especial para mim,pois, era exatamente isso que estava faltando pra tirar minhas duvidas.
    Minha prova será dia 25/02/07 se eu passar, vou mandar muitos agradecimentos alèm desses de agora!
    Muito obrigado.

    delcio junior disse:
    21 fevereiro, 2007 às 4:54 pm

    vale!vou procurar seguir as dicas quando for produzir uma redaçã,espero que com elas eu me sai bem….
    obrigadão!!!

    Caio Andrade disse:
    2 março, 2007 às 6:25 pm

    essas informaçoes são fundamentais.
    me ajudaram muito,então eu voutei para agradecer…
    muito obrigado!!!

    margarete rodrigues da rocha disse:
    11 março, 2007 às 12:44 am

    adorei as dicas.muito obrigado!!!!!!

    Gabriela Almeida disse:
    12 março, 2007 às 5:10 am

    Obrigada pelas dicas!

    ANDRE disse:
    16 março, 2007 às 9:58 pm

    agora vou boatr pra quebrar no vestibular

    vanessa disse:
    21 março, 2007 às 6:57 pm

    obrigada pelas dicas… agora provass heheheheh

    robério queiroz ramos disse:
    27 março, 2007 às 1:32 am

    espero que com estas dicas possa
    fazer uma boa redação e que possa
    conseguir uma boa redação, e conseguir o meu 1º emprego e com ceretza estas dicas vam me ajudar muito

    maisa disse:
    27 março, 2007 às 10:32 pm

    adorei as dicas, com certeza serão fundamentais pra minha redação no vestibular
    grata!

    lucas ferreira disse:
    3 abril, 2007 às 7:36 pm

    gostei das dicas muito boas!!!!!!

    Vida disse:
    10 abril, 2007 às 6:28 pm

    Gostei muito das dicas, são esses pequenos detalhes que fazem a diferença na hora da prova, ou em qualquer exame ocorrido no momento.
    Agora basta treinar!

    Joatan disse:
    11 abril, 2007 às 3:04 pm

    Legal! Essas dicas são muito boas …

    Rejane disse:
    17 abril, 2007 às 8:28 pm

    adorei as dicas,estava com duvida,não gosto de redação mais fazer o que ,obg,REJANE

    caroline disse:
    21 abril, 2007 às 11:26 pm

    adorei esse e o melhor site

    Jusinéia disse:
    23 abril, 2007 às 5:58 pm

    Gostaria de saber como dever ser os títulos em uma dissertação de vestibular quanto à quantidade de palavras, se há necessidade de pular uma linha entre o título e o início do primeiro parágrafo, se posso ou não grifar o título

    MARIANE disse:
    25 abril, 2007 às 7:28 pm

    EU ADOREI ESSE SITE
    MUITO OBRIGADO PELAS DICAS…°°

    JCar. disse:
    26 abril, 2007 às 7:48 pm

    inportante as dicas,gostei muito!!!!!

    dora disse:
    26 abril, 2007 às 11:15 pm

    não achei o corretor de texto.

    Marcio Cris disse:
    7 maio, 2007 às 4:36 pm

    Na verdade, quero esclarecer uma pequena dúvida: Pretendo concorrer ao exame vestibulinho (na UFPa) e quero saber qual o tipo de linguagem a ser utilizada na prova de redação: Linguagem ‘rebuscada’ (considerando-se o nível dos examinadores) ou simples, usual?

    Grato pela atenção,
    Márcio

    conjuntura disse:
    8 maio, 2007 às 8:49 pm

    estou precisando esclarer uma duvida, sobre a palavra conjuntura

    Geimes Raulino disse:
    11 maio, 2007 às 5:42 pm

    vale ressaltar que esta tipologia textual exige conhecimentos estruturais acerca da Dissertação, que são essenciais para se redigi-la, entre os quais:
    > Seu texto deve ter clareza, objetividade e concisão;
    > O Título não pode apresentar verbos no passado e sim de preferência no presente; evitando-se também usos exagerados de adjetivos.
    > Na introdução deve-se evitar expressões e palavras que caíram na metomínia: “Hoje em dia”, “atualmente”, “desde os primórdios”, entre outros. Existem técnicas especificas nesta esfera redacional.Inicie com uma citação, ou definição cuidadosa, ou com duas idéias contrárias, ou com uma reflexão, entre outros mais.
    > O desenvolvimento deve apresentar dos objetos ou mais para se argumentar, isto é, defender uma tese. Através de argumentos explicitos, coeso e coerente.Apresentando-se, portanto, elementos que indiquem causa e conseqüência;
    > Já na conclusão, geralmente, os especialistas em produção textual orientam se retormar os aspectos fundamentais discutidos no início e meio da redação. Mas,pode-se apontar soluções e problemas a serem analisados e solucionados. Evitando-se, então, soluções fantasiosas, é preciso abordar fatos concretos e reais. Pode ser utilizada uma paráfrase de um poeta ou profissional conhecido. Ou usar a tacada de mestre: Uma reflexão imposta aos leitores que busque fazer com que eles pensem no problema (assunto). Ex: Será que realmente para se resolver o problema do aumento da criminalidade praticada por jovens, deve-se reduzir a maioridade pemnal de 18 anos para 16 anos? Será que se investisse mais na melhoria da educação, na geração de emprego e renda e, sobretudo, no regaste dos valores por parte das famílias que a cada dia estão mais desestruturadas não seria uma excelente solução?

    eloyse disse:
    23 maio, 2007 às 5:13 pm

    quero uma demostração de como fazer uma redação por favor tenho dez anos podem me ajudar obrigada

    francimilde lobato disse:
    24 maio, 2007 às 2:55 pm

    por favor preciso muito aprender fazer uma boa redaçao me mande uma para sevir de exemplo me ajuda tá

    Geimes Raulino disse:
    28 maio, 2007 às 4:22 pm
    Acredito que este Site contribui bastante para o enriquecimento lingüístico-textual, sobretudo daqueles que infringi-se de maiores dificuldades. Algumas Técnicas Redacionais imprescindíveis: CARTA DE APRESENTAÇÃO Caro aluno, Muitas vezes se tira nota baixa em REDAÇÃO simplesmente porque se comete uma série de erros gramaticais bobos, tolos, inadmissíveis. A principal finalidade deste MANUAL será contribuir de forma decisiva para que claudicações dessa natureza não mais sejam repetidas. É uma obra que se destina a estudantes que estejam fazendo o último ano do curso pré-escolar, cursando os ensinos fundamental e médio, até aqueles que estão se preparando para concurso ou vestibular. Servirá, portanto, para qualquer membro da família, inclusive para quem já concluiu o curso universitário e queira aprimorar-se na arte de escrever. Meus Sinceros Agradecimentos, Profº. Geimes Raulino MELHORE SUA REDAÇÃO Oferecemos algumas dicas para que o vestibulando faça um bom texto na prova de redação. Pode-se dizer ser os “os dez mandamentos da redação”. 1) Pense no que você quer dizer e diga da forma mais simples. Procure ser direto na construção das sentenças. Escreva com simplicidade. 2) Corte palavras sempre que possível. Use a voz ativa, evite a passiva. Evite termos estrangeiros e jargões. 3) Seja cauteloso ao utilizar as conjunções “como”, “entretanto”, “no entanto” e “porém”. Quase sempre são dispensáveis. Evite o uso excessivo de advérbios. Tome cuidado com a gramática. 4) Tente fazer com que os diálogos escritos (em caso de narração) pareçam uma conversa. Uso do gerúndio empobrece o texto. Exemplo: Entendendo dessa maneira, o problema vai-se pondo numa perspectiva melhor, ficando mais claro… 5) Evite o uso excessivo do “que”. Essa armadilha produz períodos longos. Prefira frases curtas. Exemplo: O fato de que o homem que seja inteligente tenha que entender os erros dos outros e perdoá-los não parece que seja certo. Adjetivos que não informam são dispensáveis. Por exemplo: luxuosa mansão. Toda mansão é luxuosa. Tenha coerência textual. 6) Evite clichês (lugares comuns) e frases feitas. Exemplos: “subir os degraus da glória”, “fazer das tripas coração”, “encerrar com chave de ouro”, “silêncio mortal”, “calorosos aplausos”, “mais alta estima”. 7) Verbo “fazer”, no sentido de tempo, não é usado no plural. É errado escrever: “Fazem alguns anos que não leio um livro”. O certo é “Faz alguns anos que não leio um livro”. 8) Cuidado com redundâncias. É errado escrever, por exemplo: “Há cinco anos atrás”. Corte o “há” ou dispense o “atrás”. O certo é “Há cinco anos…”. 9) Só com a leitura intensiva se aprende a usar vírgulas corretamente. Leia os bons autores e faça como eles: trate a vírgula com bons modos. As regras sobre o assunto são insuficientes. Leia muito, leia sempre, leia o que lhe pareça agradável. 10) Nas citações, use aspas, coloque a vírgula e um verbo seguido do nome de quem disse ou escreveu aquilo. Exemplo: “O que é escrito sem esforço é geralmente lido sem prazer.”, disse Samuel Johnson. NOCÕES DE DISSERTAÇÃO Existem dois tipos de dissertação: a dissertação expositiva e a dissertação argumentativa. A primeira tem como objetivo expor, explicar ou interpretar idéias; a segunda procura persuadir o leitor ou ouvinte de que determinada tese deve ser acatada. Na dissertação argumentativa, além disso, tentamos, explicitamente, formar a opinião do leitor ou ouvinte, procurando persuadi-lo de que a razão está conosco. Observar a estrutura dos textos dissertativos é um bom momento de aprendizagem. Recomenda-se tal exercício aos vestibulandos: ler editoriais e artigos de jornais. Na dissertação expositiva, podemos explanar sem combater idéias de que discordamos. Por exemplo, um professor de História pode fazer uma explicação sobre os modos de produção, aparentando impessoalidade, sem tentar convencer seus alunos das vantagens e desvantagens deles. Mas, se ao contrário, ele fizer uma explanação com o propósito claro de formar opinião dos seus alunos, mostrando as inconveniências de determinado sistema e valorizando um outro, esse professor estará argumentando explicitamente. Para a argumentação ser eficaz, os argumentos devem possuir consistência de raciocínio e de provas. O raciocínio consistente é aquele que se apóia nos princípios da lógica, que não se perde em especulações vãs, no “bate-boca” estéril. As provas, por sua vez, servem para reforçar os argumentos. Os tipos mais comuns de provas são: os fatos-exemplos, os dados estatísticos e o testemunho. Em geral, para se obter maior clareza na exposição de um ponto de vista, costuma-se distribuir a matéria em três partes: Introdução – em que se apresenta a idéia ou o ponto de vista que será defendido; Desenvolvimento ou argumentação – em que se desenvolve o ponto de vista para tentar convencer o leitor; para isso, deve-se usar uma sólida argumentação, citar exemplos, recorrer à opinião de especialistas, fornecer dados, etc. Conclusão – em que se dá um fecho ao texto, coerente com o desenvolvimento, com os argumentos apresentados. MODELO DE DISSERTAÇÃO Veja o seguinte tema: “A nova ordem mundial enfraqueceu ou não o poder político?”. Uma “dissertação-modelo” foi por nós elaborada com o propósito de demonstrar uma das múltiplas formas possíveis de abordagem do tema em questão e para exemplificar um modo pelo qual um eventual vestibulando pudesse abordar o tema. Atenção: o texto que se segue, em hipótese alguma, é uma forma única de se escrever sobre o assunto; ele é simplesmente um modelo, uma sugestão. TÍTULO: OS NOVOS DONOS DO PODER Ao longo dos Tempos Modernos, período compreendido entre os séculos XVI e início do XIX, o poder do Estado sobre a nação era exclusivo e incontestável. As estruturas econômicas, sociais e culturais ainda não tinham transcendido* as fronteiras dos estados nacionais. Desconhecia-se qualquer organização supranacional, com exceção da Igreja Católica, que afrontasse o poder do Rei, então absolutamente soberano sobre as atividades e comportamentos de seus súditos. O poder político e jurídico do Estado tinha condições de impor regras e determinações a empresas, instituições da sociedade civil e também aos cidadãos. Desobedecer a vontade do “Príncipe*” significava prisão, represálias e, muitas vezes, até a eliminação física pelo emprego da pena capital. Na época, portanto, era absolutamente válida a conhecida frase de Luís XVI, o “Estado sou eu”. Com o desenvolvimento do capitalismo, ampliando, em escala mundial, o comércio e as aplicações financeiras, o estado nacional se depara com um novo cenário: sua política econômica, suas decisões jurídicas e institucionais devem, a partir daí, levar em consideração os interesses e projetos de outras nações. Na fase mercantilista, a filosofia econômica das nações absolutistas, os governos impunham barreiras protecionistas para evitar a entrada de artigos estrangeiros em seu território. A crescente mundialização da economia, já evidente no século XIX, impedia restrições alfandegárias, pois o país que evitasse comprar gêneros importados, também não venderia os seus para os mercados externos. Começava imperar uma lógica econômica supranacional que sobrepujava* a vontade dos poderes políticos nacionais. Agora, empresários e investidores, se prejudicados pelo “Príncipe”, operariam em terras estrangeiras, solapando* a economia e as finanças de seu próprio país. Nascia uma “nova pátria”, não mais a definida por um solo, por uma origem étnica ou por hábitos culturais comuns, mas a “a pátria do lucro”. Para o homem contemporâneo, o “lar nacional” não mais seria determinado por laços afetivos – patriotismo e nacionalismo -, mas, isto sim, pelo lugar que permitisse o crescimento econômico e a ascensão social. O Rei tornou-se cauteloso: perseguir o capital implicava perdê-lo. Também a proliferação de idéias e estados liberal-democráticos, criou um fenômeno até então inédito: a “opinião pública”. Os cidadãos e segmentos sociais, agora menos tutelados* pelo Estado, passaram a exigir seus direitos e a limitar a prepotência* do Poder. Os governos, agora, só podiam agir dentro das normas instituídas pelo Direito. O Soberano já não mais podia ser Déspota*.Nos anos recentes, a globalização financeira, econômica e a difusão de hábitos culturais em escala planetária restringiram ainda mais a ação dos estados nacionais. Hoje, já se fala de uma sociedade civil* internacional. Antes, crimes e outras atitudes ilícitas levadas a efeito pelos governantes eram desconhecidos pelos povos; hoje, as redes internacionais de comunicação informam todos os cidadãos sobre as ações dos poderosos. A condenação moral tornou-se mundial, inibindo os mandatários* políticos. A produção é global, escapando progressivamente ao controle do Estado; a circulação de bens é planetária, dificultando decisões estatais que prejudiquem o livre comércio; a cada dia se formam organizações não-governamentais que atuam em escala mundial. Esboça-se*, até mesmo, um Direito Penal internacional, visando punir crimes contra a humanidade. Não, definitivamente não, se pode dizer “aqui mando eu”. O Estado, sem dúvida, ainda é um aparelho de mando*, mando este, contudo, compartilhado com outros “donos do poder”. DESCRIÇÃO É raro a descrição ocorrer isolada da narração e vice-versa. Tanto que os conceitos de descrição e narração são mais pressupostos metodológicos do que resultado da observação experimental dos discursos. Descrição é um tipo de discurso que dá ao receptor a situação vigente do universo narrativo considerado que, não raro, é o universo de objetividades. É o discurso sobre o que é imutável ao longo da ocorrência dos fenômenos. É discurso sobre o que é. Narrar é informar, através do discurso, sobre a mutação das coisas. A narração trata dos fatos, da ação. Narrar é dizer o que acontece. Tipos de descrição Tradicionalmente, as descrições são classificadas pelo assunto que abordam. Nessa classificação, dois tipos se destacam: a descrição geográfica e o retrato. A descrição geográfica trata da aparência das coisas não humanas tal qual se dão à percepção. O retrato trata das aparências do ser humano, enquanto indivíduo ou tipo, tanto físicas como de caráter e ideologia. Uma outra forma de classificar as descrições é pelo critério da ordem, com a qual apresentam as partes do discurso. Há descrições topográficas, de background progressivo, de complexidade crescente, em ordem atenuante ou agravante, conforme o caso. Os tipos de ordenação são muitos e incluem também o caso da ausência de ordem. Um outro critério de classificação é o das características do que se descreve sobre o objeto. Há descrições: Classificatórias. Organizam as partes segundo uma taxonomia. Fisiológicas. Explicam a função e o funcionamento das partes. Organizacionais. Explicam as relações entre as partes. Semelhanças da descrição com a narração Descrição e narração são categorias de uma mesma classe. Enquanto uma explana, informa uma situação, a outra explana as mutações da situação. Ambas são referência a um universo que pode ser o universo objetivo. DESCRIÇÃO SUBJETIVA X DESCRIÇÃO OBJETIVA: objetiva – quando o objeto, ser, etc são narradas/apresentadas como realmente são físicamente/na realidade. subjetiva – quando há a interferância da emoção, ou seja, quando o objeto/ser/etc, são tranfigurados pela emoção do autor. No terreno objetivo temos as informações (dados do conhecimento do autor do texto: livro comprado em Lisboa), as caracterizações (dados que estão no objeto de descrição: livro vermelho). Já no subjetivo, estão as qualificações (impressões subjetivas sobre o ser ou objeto: livro interessante). O ideal é que uma descrição possa fundir a objetividade, necessária para a “pintura” ser a mais verídica possível, e a subjetividade que torna o texto bem mais interessante e agradável. Sendo assim, a descrição deve ir além do simples “retrato”, deve apresentar também uma interpretação do autor a respeito daquilo que descreve. ELEMENTOS DA NARRATIVA Ficção: é o discurso narrativo ou representação ou fábula que nos remete a uma construção subjetiva em que figuram entidades, ações e situações que formam um todo organizado não veraz. Universo ficcional: é uma criação subjetiva intuída a partir de uma ficção, formado por entidades, ações e situações formando um todo organizado e hipotético. O discurso narrativo ou representação ou fábula é o ponto de partida para a construção do universo ficcional, que não é dado em si, mas por aspectos. Podemos até imaginar o universo ficcional se estendendo para além de onde é possível ver pela janela do discurso. Mera divagação! O que extrapolamos para além dos dados do discurso é por nossa conta e risco, o que não deixa de ser saudável em certos casos. Se o discurso nos remete a um universo ficcional, em certos aspectos análogo ao universo objetivo, diremos que ele possui uma dimensão realista, o que para a Mimética é um atributo contingente. Situação: é a ordem dos elementos do universo ficcional em dada coordenada de tempo ficcional. Ação: são as mudanças que ocorrem no universo ficcional. A ação pode ter vários aspectos: Consumada: efetivamente ocorrida no universo ficcional. Hipotética: supõe-se consumada, mas no decorrer da narrativa pode se mostrar como não consumada no universo ficcional. Imaginária: fruto de uma ficção dentro da ficção estabelecida por algum dos agentes da ficção. Representada: os agentes da ficção representam dentro da ficção. Onírica: resulta do sonho de um dos agentes da ficção. Ação cardeal: compromete a inteligibilidade da fábula, quando suprimida. Proposição: é a tripla situação anterior, ação, situação posterior. Episódio: é qualquer fragmento de narração formado por pelo menos uma proposição. Alguns tipos notáveis de episódio: Inversão de tendência: podemos exemplificá-la citando o herói que consegue inverter as expectativas que apontavam para o seu fracasso em expectativa para sua vitória. É um tipo de episódio útil para a obtenção de clímax. Esse exemplo chama-se peripécia. Revelação: ocorre quando um dos agentes da narração – que pode ser o narratário, o personagem ou leitor – toma conhecimento de um fato que redireciona os caminhos da ação. Um caso de revelação é o reconhecimento, onde um dos agentes da narração toma conhecimento da identidade de outro. Catástrofe: é o fato de dimensões trágicas no universo ficcional. Na tragédia grega, por exemplo, ocorre catástrofe no clímax. Confronto: é o encaminhamento irreconciliável para a disputa entre dois agentes da narrativa. Dano: é o fato que cria um desequilíbrio no universo ficcional que por vezes condiciona toda a ação. Núcleo narrativo: é uma parte da narrativa em que se prioriza a abordagem de determinado objeto. O tipo mais comum e notável de núcleo é o que se desenvolve em função de personagens. No romance Cem Anos de Solidão, de Garcia Marquez, por exemplo, há vários núcleos narrativos, cada um ligado a um dos personagens do romance. Nesse romance, o narrador acompanha a história de um personagem de cada vez. Podemos dizer que isso caracteriza um núcleo. A peça teatral ‘Peer Gynt’, de Ibsen, em três atos, passa-se em três épocas, respectivamente: infância, idade adulta e velhice do protagonista. Cada ato se constitui num núcleo. Pode-se dizer que uma parte da narrativa é um núcleo, desde que nela seja preservada a característica da parte. Para não se enxergar núcleos e mais núcleos numa narrativa é preciso considerar apenas as priorizações de abordagem mais gerais. Não há uma baliza precisa para determinar que nível de generalização deve ser empregado para caracterizar um núcleo, por isso a determinação dele é uma questão subjetiva. Narração em tempo real: é aquela que hipoteticamente ocorre paralela à ação. Há coincidência de época de ação com época de narração. Narração pretérita: é a que supostamente ocorre após a consumação dos fatos narrados. O narrador a pratica livre das contingências do momento da ação, rememorando os fatos. GÊNEROS REDACIONAIS Carta argumentativa – A estrutura de uma carta argumentativa Início: identifica o interlocutor. A forma de tratá-lo vai depender do grau de intimidade existente. A língua portuguesa dispõe dos pronomes de tratamento para estabelecer esse tipo de relação entre interlocutores. O essencial é mostrar respeito pelo interlocutor, seja ele quem for. Na falta de um pronome ou expressão específica para dirigir-se a ele, recorra ao tradicional “senhor” “senhora” ou Vossa Senhoria. O texto dissertativo é dirigido a um interlocutor genérico, universal. A proposta de carta argumentativa pressupõe um interlocutor específico para quem a argumentação deverá estar orientada. Essa diferença de interlocutores deve necessariamente levar a uma organização argumentativa diferente, nos dois casos. Até porque, na carta argumentativa, a intenção é freqüentemente a de persuadir um interlocutor específico (convencê-lo do ponto de vista defendido por quem escreve a carta ou demovê-lo do ponto de vista por ele defendido e que o autor da carta considera equivocado). Mas que fique bem claro: no cumprimento da proposta em que é exigida uma carta argumentativa, não basta dar ao texto a organização de uma carta, mesmo que a interlocução seja natural e coerentemente mantida; é necessário argumentar. EXEMPLO DE CARTA ARGUMENTATIVA Fortaleza, 28 de junho 2007. Prezado Sr. E.B.M. Em seu artigo publicado pelo jornal a VOz do Povo a 1.º de junho, deparei com sua opinião expressa no Painel do Leitor. Respeitosamente, li-a e percebendo equívocos em suas opiniões quanto à veracidade dos motivos que colocaram milhares de jovens na rua, de maneira organizada e cívica, tento elucidar-lhe os fatos. Nosso país, o senhor bem sabe, viveu muitos anos sob o regime militar ditatorial. Toda e qualquer manifestação que discordasse dos parâmetros ideológicos do governo era simplesmente proibida. Hoje, ao contrário daquela época, as pessoas conquistaram a liberdade de expressão e o país vive o auge da democracia. Assim, perante essa liberdade o Brasil evoluiu. Atravessamos um período de crises econômicas, mas as pessoas passaram a se interessar de maneira mais acentuada pelo seu cotidiano diante da própria liberdade existente. Dessa forma, deparamos com uma população ideologicamente mais madura. Em sua carta enviada à Folha de São Paulo, o senhor assegura que a juventude é absolutamente imatura e incapaz de perceber a profundidade dos acontecimentos que a envolvem. Asseguro que tal opinião não é a mais justa. Nós já fomos jovens e sabemos perfeitamente que é uma época de transição. Mudamos nossos conceitos, nossos desejos e nossa visão de mundo. Mesmo assim, determinados valores que assumimos como corretos persistem em nossas vidas de forma direta ou não. Não sei se o senhor tem filhos, mas eu invejo a concepção que os meus assumem perante inúmeros acontecimentos. São adolescentes, que se interessam pelos fatos políticos e se preocupam com o destino da nação, pois estão cientes de que num futuro próximo serão as lideranças do país. Outro aspecto relevante em sua carta é o de dizer que a juventude, generalizadamente é indisciplinada. Tal opinião não condiz com a verdade. Nas manifestações pró “impeachment que invadiram o país visando à queda do Presidente Collor, não se viram agressões, intervenções policiais ou outras formas de violência. Fica, portanto, claro, que a manifestação dos chamados caras-pintadas não é vazia”. Conscientes de que uma postura pouco organizada não lhes daria credibilidade, os jovens manifestaram-se honrosamente. Com isso, frente ao vergonhoso papel do próprio Presidente da República, Fernando Collor de Mello, a juventude demonstrou um grau de maturidade e percepção maior que o do próprio chefe de estado. Vemos, com isso, que os jovens visam ao bem do país e o seu processo de conscientização não se deu de uma hora para outra. Assim, dizer que a juventude é motivada pelo espírito da época, visando ao hedonismo é errôneo. Nossos jovens, senhor E.B.M., são reflexos da liberdade existente no país e a sua evolução político-ideológica. Sem mais, despeço-me. F.J.R de O. A estrutura de um editorial – É um texto dissertativo, escrito por um redator, normalmente o redator-chefe. Aparece nos jornais escritos diariamente, nas revistas semanais ou mensais, em programas de televisão (nem sempre). Faz parte decisiva do jornalismo opinativo. Caracterizado por ser atual, curto ou não, conforme o meio e geralmente expressa a opinião, a linha filosófica ou política da empresa. SINTESE DE ALGUMAS TIPOLOGIAS TEXTUAIS Romance: Pluralidade e simultaneidade de fatos e ações. Total liberdade de tempo e espaço. Maior número de personagens. Possibilidade de narrativas superpostas. Várias células dramáticas. Subgêneros principais: – histórico: conta uma história situada em uma época anterior a do autor; -policial: centra-se sobre a resolução de um enigma; – de aventura: faz com que as personagens evoluam em novos espaços, entre povos exóticos ou diferentes ou em outras épocas. Concentra-se nas ações; – picaresco: tem como personagens malandros, marginalizados e desclassificados. Propõe uma visão particular da sociedade, através de cenas que revelam o ardil, a vigarice, a esperteza, a comicidade etc. – psicológico: centra-se na alma da personagem, com um enfoque que procura retratar sua evolução interna, sua psicologia. Entretanto, este gênero não se separa das outras formas romanescas: há intriga e presença do mundo exterior no romance psicológico e, em muitos casos, atribui-se importância aos determinantes do mundo exterior, como é o caso dos romances do Naturalismo, por exemplo. – Novo romance: denominação de escola francesa dos anos 50. Livre dos processos tradicionais da narrativa, como. Por exemplo, o respeito à ordem cronológica, procura apreender a realidade (um objeto, um momento), através de múltiplas aproximações e enfoques como pagamento da personagem. – Autobiográfico: romance no qual se mistura ficção e realidade entre autor, narrador e personagem, já que relatam eventos e descrevem espaços indissociáveis do testemunho e vivências pessoais dos autores. Conto: Uma só unidade de tempo e espaço. Unidade de fatos e ações. Número reduzido de personagens. Narrativas breves. Uma só célula dramática. Subgêneros principais: – de fadas: elementos do maravilhoso, em lugar e época indeterminados, com personagens que têm uma função precisa na narrativa. Final feliz. – Fantástico: explora domínios inacessíveis, atingidos apenas pela literatura. Situações absurdas e inverossímeis. – Filosófico: utiliza os processos narrativos ( intriga, personagens…) para expor um problema filosófico, moral. Crônica: Texto de caráter ficcional, lírico ou filosófico, de extensão curta, geralmente vinculado a um fato ou evento que serve de ponto de partida para reflexão e análise. Subgêneros principais: – mundana: trata de fatos ou acontecimentos que caracterizam uma sociedade. – Lírica: exprime o estado emotivo do cronista – Filosófica: faz uma reflexão a partir de um fato ou evento. – Humorística: apresenta uma visão irônica ou cômica dos fatos. – Jornalística: trata periodicamente de aspectos particulares de notícias ou de fatos. Pode, portanto, ser esportiva, policial, política etc. Lenda: são narrativas imaginárias, acompanhadas de mistérios, assombrações e medo. Elas acompanham fatos e acontecimentos comuns, ilustrada por cenários exóticos e de curta duração. Fábula: narrativa inverossímil, com fundo didático, que tem como objetivo transmitir uma lição moral. Normalmente, a fábula trabalha com animais como personagens. Quando os personagens são seres inanimados, objetos, a fábula recebe a denominação de apólogo. Estrutura de uma crônica Crônica é o único gênero literário produzido essencialmente para ser veiculado na imprensa, seja nas páginas de uma revista, seja nas de um jornal. Quer dizer, ela é feita com uma finalidade utilitária e pré-determinada: agradar aos leitores dentro de um espaço sempre igual e com a mesma localização, criando-se assim, no transcurso dos dias ou das semanas, uma familiaridade entre o escritor e aqueles que o lêem. Características A crônica é, primordialmente, um texto escrito para ser publicado no jornal. Assim o facto de ser publicada no jornal já lhe determina vida curta, pois à crônica de hoje seguem-se muitas outras nas próximas edições. Há semelhanças entre a crônica e o texto exclusivamente informativo. Assim como o repórter, o cronista se inspira nos acontecimentos diários, que constituem a base da crônica. Entretanto, há elementos que distinguem um texto do outro. Após cercar-se desses acontecimentos diários, o cronista dá-lhes um toque próprio, incluindo em seu texto elementos como ficção, fantasia e criticismo, elementos que o texto essencialmente informativo não contém. Com base nisso, pode-se dizer que a crônica situa-se entre o Jornalismo e a Literatura, e o cronista pode ser considerado o poeta dos acontecimentos do dia-a-dia. A crônica, na maioria dos casos, é um texto curto e narrado em primeira pessoa, ou seja, o próprio escritor está “dialogando” com o leitor. Isso faz com que a crônica apresente uma visão totalmente pessoal de um determinado assunto: a visão do cronista. Ao desenvolver seu estilo e ao selecionar as palavras que utiliza em seu texto, o cronista está transmitindo ao leitor a sua visão de mundo. Ele está, na verdade, expondo a sua forma pessoal de compreender os acontecimentos que o cercam. Geralmente, as crônicas apresentam linguagem simples, espontânea, situada entre a linguagem oral e a literária. Isso contribui também para que o leitor se identifique com o cronista, que acaba se tornando o porta-voz daquele que lê. Em resumo podemos determinar quatro pontos: •Narração histórica pela ordem do tempo em que se deram os fatos. •Seção ou artigo especial sobre literatura, assuntos científicos, esporte etc., em jornal ou outro periódico. •Pequeno conto baseado em algo do cotidiano. •Normalmente possuiu uma critica indireta. •Muitas vezes a crônica vem escrita em tom humorístico. Exemplos deste tipo de crônica são Fernando Sabino, Millôr Fernandes, Leon Elichar. Tipos de Crônica Crônica Descritiva Ocorre quando uma crônica explora a caracterização de seres animados e inanimados num espaço, viva como uma pintura, precisa como uma fotografia ou dinâmica como um filme publicado. Crônica Narrativa Pode ser narrado tanto na 1ª quanto na 3ª pessoa do singular. Texto lírico (poético, mesmo em prosa). Comprometido com fatos cotidianos (“banais”, comuns). Crônica Dissertativa Opinião explícita, com argumentos mais “sentimentalistas” do que “racionais” (em vez de “segundo o IBGE a mortalidade infantil aumenta no Brasil”, seria “vejo mais uma vez esses pequenos seres não alimentarem sequer o corpo”). Exposto tanto na 1ª pessoa do singular quanto na do plural. Crônica Narrativo-Descritiva É quando uma crônica explora a caracterização de seres, descrevendo-os. E, ao mesmo tempo mostra fatos cotidianos (“banais”, comuns) no qual pode ser narrado em 1ª ou na 3ª pessoa do singular. Crônica Lírica Linguagem poética e metafórica. Crônica Poética Escrever no meio de uma crônica verso poetico Crônica Reflexiva Reflexões filosóficas sobre vários assuntos EXEMPLO DE CRÔNICA “ A caminho de casa, entro num botequim da Gávea para tomar um café junto ao balcão. Passo a observá-lo. O pai, depois de contar o dinheiro que discretamente retirou do bolso, aborda o garçom, inclinando-se para trás na cadeira, e aponta no balcão apanha a porção do bolo com a mão, larga – no pratinho – um bolo simples, amarelo-escuro, apenas uma fatia triangular. A negrinha, contida da sua expectativa, olha a garrafa de coca-cola a sua frente. Porque não começa a comer? Os três, pai, mãe e filha, obedecem a um discreto ritual. O pai se mune de uma caixa de fósforos, e espera. São três velinhas brancas, minúsculas, que a mãe espeta caprichosamente na fatia de bolo. O pai corre os olhos pelo botequim, satisfeito, como a se convencer intimamente do sucesso da celebração. De súbito, dá comigo a observá-lo, nossos olhos se encontram, ele se perturba, constrangido – vacila, ameaça abaixar a cabeça, mas acaba sustentando o olhar e enfim se abre num sorriso. Assim eu queria a minha última crônica: que fosse pura como esse sorriso”. REQUISITOS BÁSICOS PARA CONSTRUÇÃO DE UMA BOA REDAÇÃO: 1ª. A (minúsculo). Faça-o um pouco achatado, com os contornos fechados (e não abertos), sem qualquer traço no meio dele. 2ª. ABAIXO-ASSINADO. É um documento assinado por várias pessoas, que contém pedido, reivindicação ou manifestação de protesto. 3ª. ABREVIAÇÕES. Escreva as palavras por extenso. As abreviações são consideradas incorretas. Portanto, não use abreviações quando no corpo do texto de sua redação. ERRADO CERTO P/, c/, tá, pra, qdo Para, com, está, para, quando Prof., edif., pop Professor, edifício, população Fone, cine Telefone, cinema 4ª. ABSURDO. Use o raciocínio absurdo, a percepção exagerada dos fatos, para sugerir a visão alterada da personagem. Embriagado, achou que a mulher estava conversando com o amante e atirou no seu próprio cunhado. Achava que o cãozinho estava silencioso apenas para ludibriá-lo, que preparava um ataque feroz; talvez até saltasse no seu pescoço em um momento de distração. 5ª. AÇÃO. Quando quiser, em narrações, fazer sentir a atenção dada pela personagem às próprias ações, mostre os pormenores da cena. Colocou cuidadosamente o cristal sobre a mesa, pegando a taça com a ponta dos dedos, pressionando-a levemente, mas com firmeza. Aproximava-a da mesa muito lentamente, quase sem fazer barulho algum ao tocá-la. Se desejar mostrar ações sucessivas da personagem, efetuadas sem pressa e valorizadas uma a uma, separe-as em períodos diferentes. Entrou na sala. Caminhou lentamente em direção ao cofre. Observou se o sistema de segurança estava desativado. Tirou o quadro da parede. Passou a girar lentamente o segredo do cofre, escutando atentamente quando daria o estalo que lhe permitiria abri-lo com segurança. Para construir na narrativa a idéia de rapidez, use períodos curtos. Se buscar transmitir a sensação de um longo tempo transcorrido, use frases extensas. Correu até o outro lado da rua. Girou a chave na fechadura. Entrou no prédio. Acenou para o porteiro. Entrou no elevador. Estacionou o carro na frente do prédio, observando se a esposa já havia descido. Abriu a caixa de discos, escolhendo o que faria a mulher lembrar dos tempos de namoro. Reclinou o banco do automóvel, baixando o volume do rádio; pensou que a mulher estava atrasada; devia estar escolhendo seu melhor vestido ou talvez terminando de fazer a maquiagem com o cuidado que a ocasião merecia. 6ª. ACENTOS. Coloque-os com clareza e corretamente, e não simples traços displicentes (em pé ou deitados). O acento grave, levemente voltado para a esquerda; o agudo, levemente inclinado para a direita. Tanto o acento grave, quanto o agudo e o circunflexo, devem ser colocados bem próximos das respectivas letras e bem centralizados (e não distantes e de lado). O acento não pode ser um risquinho qualquer, torto, deformado, ilegível. Tem que ser escrito de maneira correta, clara e precisa. Faça-os de tamanho normal, nem demasiado grandes, nem demasiado pequenos. 7ª. ACENTUAÇÃO. Verifique sempre a acentuação dos vocábulos. Procure conhecer as regras de acentuação sem, contudo, decorá-las como papagaio. Uma técnica de aprendizagem infalível: Estude o assunto, por exemplo, em mais de dois autores, fazendo, depois, os respectivos exercícios. Proceda da mesma forma com os demais assuntos de gramática, que jamais precisará tomar curso de Português desse capítulo. 8ª. ALFABETO. Procure não inovar, por sua conta, o alfabeto da língua portuguesa, a ponto de tornar sua letra praticamente irreconhecível. 9ª. ALITERAÇÃO. É a repetição de fonemas-consoantes, que resulta num resultado sonoro específico. Velho vento vagabundo… Chove chuva choverando. Boi bem bravo, bate baixo, bota baba, boi berrando. 10ª. AMBIGÜIDADE OU ANFIBOLOGIA. Evite frases ambíguas (confusas) ou de duplo sentido. Ocorrem em conseqüência da má pontuação ou da má colocação das palavras. A ambigüidade deve ser evitada com a utilização de termos que expressem clara e objetivamente o que se pretende mostrar. FRASES AMBÍGUAS CORRIJA AS EXPRESSÕES GRIFADAS PARA OU Alice saiu com sua irmã. A irmã dela A irmã de uma amiga Vi José beijando sua namorada. A namorada dele A namorada de um amigo Um ladrão foi preso em sua casa. Na casa dele Na casa da vítima João ficou com Mariana em sua casa. Na casa dela Na casa dele Pintaram o quarto da casa em que durmo. No qual durmo Na qual durmo 11ª. ANULADA. A redação poderá ser anulada, ou receber nota zero, se: Estiver ilegível. Fugir do assunto. For escrita a lápis. For escrita com rasuras e sem título. For apresentada sob a forma de verso. Não obedecer ao espaço e ao número de parágrafos determinados. Não seguir as instruções relativas ao tema escolhido. Tiver menos ou mais linhas do que a quantidade preestabelecida. Contiver cópias das idéias do texto de motivação, quando este for dado. Contiver elemento que identifique o candidato (como letra de forma ou de imprensa, por exemplo). 12ª. APOSTO. Use o aposto — explicação sobre um termo ou expressão da frase — quando, ao mesmo tempo que caracterizar, você pretender explicar a própria atitude da personagem. Mariana, enfurecida, arremessou o valioso colar no rio. A Universidade pública deve ser defendida por todos, ricos ou pobres. O estudo do Romeno, língua neolatina como o Português, pode ser bastante facilitado com o uso de uma gramática comparativa. 13ª. ARGUMENTAR. Não comece a redação com períodos longos. Exponha logo suas idéias. Não fundamente seus argumentos com fatos que não sejam de domínio público. Os argumentos do desenvolvimento da redação devem surpreender o leitor. Suas idéias precisam ser saborosas para atrair sua atenção. Dê sua opinião, argumentando. Não use expressões como eu acho, eu penso, para mim ou quem sabe, pois denotam imprecisão em suas ponderações. É preciso mostrar conhecimento e domínio sobre o tema que está escrevendo. 14ª. ARTIGO, PREPOSIÇÃO: A, À, PARA, PARA A. A (artigo): Fui a Salvador (fui e voltei logo). PARA (preposição). Fui para Salvador (fui e vou passar alguns dias ou morar lá). À (craseado): Fui à fazenda (fui e voltei logo). PARA A (preposição + artigo): Fui para a fazenda (fui e vou passar alguns dias ou morar lá). 15ª. ASPAS. Vêm entre aspas: Os estrangeirismos (as palavras estrangeiras): “Pizzaria”, “mobylette”, “show”, “vídeo game”. Observação: Matinê, buate e pingue-pongue, no entanto, não vêm entre aspas, por serem estrangeirismos aportuguesados. Os apelidos: “Zezinho”, “Juca”, “Nice”. As citações que não sejam de sua autoria: “Oxalá não se me fechem os olhos sem que o queira Deus”. (Rui Barbosa). “Se viveres com dignidade, não melhorarás o mundo, mas uma coisa é certa, haverá na terra um canalha a menos” (Confúcio). Observação: As citações, quando não colocadas entre aspas, constituem plágio, o que é errado e desonesto. Plagiar, segundo o dicionário do Aurélio, é “assinar ou apresentar como sua obra artística ou científica de outrem” (de outro autor). As gírias. Isto é, as palavras usadas em sentido figurado. A festa foi um “barato” (ótima, “legal”). Não “saquei” (entendi) nada. Aliás, evite usar gírias. 16ª. ASPECTO VISUAL. Qualidade da letra, margem, espaços entre as palavras, legibilidade, limpeza, pontuação, facilidade de leitura, parágrafos (espaços), períodos (se não deixou períodos longos). 17ª. ASSÍNDETO. É a ausência de conjunções coordenativas no período composto. Cheguei, vi, venci. O barco veio, chegou, atracou, chegamos. 18ª. AVALIAÇÃO. A autocrítica pode ser essencial quando se deseja melhorar o texto. Avalie o texto. Verifique se as frases soam bem, se não contêm cacófatos ou rimas. Começou bem a redação e terminou-a melhor ainda? A avaliação de uma redação segue um critério rigoroso, pois está relacionada à norma culta da língua portuguesa. Além da parte específica de gramática, muitas vezes recorre-se à grafologia para verificar-se o perfil psicológico e pendores vocacionais do candidato à função que pleiteia. 19ª. BARBARISMO OU ESTRANGEIRISMO. É a utilização de palavras ou construções estranhas à língua portuguesa. Evite usá-lo. ESTRANGEIRISMOS PREFIRA Show Espetáculo Jeans Calça de brim 20ª. BATE-PAPO. Evite a projeção de bate-papo, ou seja, escrever com estilo coloquial numa redação. A Guerra do Iraque foi duramente criticada, vai daí que os americanos tiveram abalado seu conceito de democracia. A expressão “vai daí que” é da fala coloquial, devendo ser substituída por uma construção mais adequada: A Guerra do Iraque foi duramente criticada e, em função de sua postura, os americanos tiveram abalado seu conceito de democracia. Ele repetia tudo o que dizia, que nem um papagaio de madame. A palavra adequada é como; “que nem” desmerece o texto em que está inserido, a não ser que represente a fala popular da personagem. 21ª. BILHETE. É uma forma de comunicação da língua escrita, bastante simples e breve. 22ª. BOM SENSO. Evite construções complexas. Leia o texto várias vezes para ter certeza de que ficou claro e preciso. 23ª. BRANCO. Em caso de dar branco, procure relaxar e tente escrever qualquer coisa, desde que dentro do assunto e com um mínimo de sentido. 24ª. CABEÇALHO. Não há pontuação após os dados do cabeçalho. Faça o cabeçalho de sua redação completo, com todos os dados indispensáveis, dentro da estética, ou seja, organizado, perfeitamente alinhado um embaixo do outro e no centro do papel. 25ª. CACOFONIA OU CACÓFATO. É o encontro de sílabas que formam palavras de sentido ridículo ou obsceno, com a produção de som desagradável. ORAÇÕES COM CACÓFATOS ESCREVA-AS ASSIM Meu coração por ti gela. Meu coração gela por ti. Vou-me já para casa. Já estou indo para casa. O noivo beijou a boca dela. O noivo beijou-a na boca. Nunca gaste dinheiro com bobagens. Jamais gaste dinheiro com bobagens. 26ª. CALIGRAFIA. Escreva com capricho e nitidez, procurando tornar sua grafia clara, uniforme e bem legível. Se tiver a grafia ruim, faça de tudo para melhorá-la, porque uma redação escrita com capricho e grafia bonita impressiona favoravelmente. Não invente traços novos nas letras e não enfeite demais as maiúsculas, pois o leitor do texto pode não compreender o que você está escrevendo. 27ª. CARACTERÍSTICO. Observe os seres no que têm de mais característico. Procure traduzir essas impressões ou os fatos sem se alongar em considerações desnecessárias, que nada acrescentem de importante à cena ou ao fato. Ombros curvados, cabelos escuros que o pente mal vira, passos arrastados – um homem ainda moço, levando consigo a carga de uma pesada e infeliz vida. Em um canto, calada, estava Maria, com seus grandes olhos negros, cabelos que caíam em cascata pelos ombros, dona de uma beleza intrigante e misteriosa. Para ela tudo era novo e assustador. 28ª. CARTA. É uma das formas de comunicação da língua escrita, usada desde a antiguidade. Por meio dela você (remetente) pode dizer às pessoas (destinatários) o que faz, o que pensa, o que deseja. A primeira carta de que se tem registro foi escrita há 4 mil anos, na Babilônia e se tratava de uma correspondência amorosa. 29ª. CENA. Para descrever aspectos de uma cena, veja se deve empregar pronomes indefinidos ou adjuntos adverbiais, de modo a ordená-la. A escada já lhe era conhecida. No entanto, uma passadeira nova cobria os degraus desgastados, tentando trazer um pouco de claridade e alegria ao ambiente envelhecido e quase sem vida. Uma mulher ainda jovem procurava o endereço que trazia nas mãos. Seu olhar vagava aflito. Quem a observasse poderia confundir aquela expressão ansiosa… Na verdade, o que ela esperava é que, realmente, o tal endereço não existisse. 30ª. CHAVÕES, CLICHÊS, FRASES FEITAS, JARGÕES, LUGARES COMUNS, MODISMOS. Evite-os, pois empobrecem o texto e demonstram a ausência de originalidade, falta de imaginação e de bom gosto. A inflação galopante, rigoroso inquérito, vitória esmagadora, astro-rei. Caixinha de surpresas, nos píncaros da glória, encerrar com chave de ouro, nos primórdios da humanidade. Não é fácil falar a respeito de… Bem, eu acho que… A esperança é a última que morre. …um dos problemas mais discutidos da atualidade. 31ª. CLAREZA. Redija frases curtas e, portanto, use ponto à vontade. Escreva com toda a simplicidade e clareza, sem embolar o assunto. Ser claro é ser coerente, conciso, não se contradizer. São inimigos da clareza: a desobediência às normas da língua, os períodos longos e o vocabulário difícil, rebuscado ou impreciso. O segredo está em não deixar nada subentendido, nem imaginar que o leitor sabe o que se quer dizer. Evidencie todo o conteúdo da escrita. Lembre-se de que está dando uma opinião, desenvolvendo idéias, narrando um fato. O mais importante é fazer-se entender. TEXTOS EMBOLADOS—CONFUSOS CORREÇÃO Participei de um campeonato tirei segundo lugar em ping-pong e ganhei medalha de prata. Participei de um campeonato de “ping-pong”, no qual tirei segundo lugar, tendo ganhado uma medalha de prata. NOTA: “Ping-pong”, entre aspas, por ser estrangeirismo. Comemoramos o aniversário de meu pai que foi uma surpresa para ele, fizemos um churrasco com muitas bebidas. Comemoramos o aniversário de meu pai e, como surpresa para ele, fizemos-lhe um churrasco com muitas bebidas. Na hora de ir embora nós fomos pela canoa, a mesma começou a balançar, eu na ponta da canoa fazendo a danada balançar, teve uma vez que a canoa quase emborcava, eu tomei um choque. Na hora de voltarmos, viemos numa canoa que começou a balançar, sendo que eu, que estava na ponta da canoa, fi-la balançar mais ainda. Houve um momento em que ela quase emborcava, quando tomei um grande susto. ATENÇÃO: “Tomar um choque” é receber uma descarga elétrica. Portanto, a expressão está usada indevidamente. No caso, a expressão adequada é “tomar um susto”. 32ª. COERÊNCIA. A coerência entre todas as partes do texto é fator primordial para se escrever bem. É necessário que elas formem um todo, ou seja, que estabeleçam uma ordem para as idéias, se completem e formem o corpo da narrativa. Explique, mostre as causas e as conseqüências. Em muitas redações fica patente a falta de coerência. O candidato apresenta um argumento e o contradiz mais adiante. As idéias contidas no texto devem estar interligadas de maneira lógica. O vestibulando não pode expor uma opinião no início do texto e desmenti-la no final. Deve-se ter cuidado redobrado para não se cometer esse tipo de erro. Em vestibular da FUVEST, o candidato saiu-se com a seguinte frase: “… a palidez do sol tropical refletia nas águas do rio Amazonas”. Convenhamos que o sol tropical pode ser acusado de muitas coisas, menos de palidez. O riso provocado pela leitura do texto poético é derivado de um caso de incoerência no uso da imagem. 33ª. COESÃO. A falta de coesão provoca a redundância. Fica-se dando voltas num assunto, sem acrescentar-lhe nada de novo. É típico de quem não tem informação suficiente para compor o texto. Em lugar de: Comprei sorvetes. Dei os sorvetes a meus filhos. Deve-se usar: Comprei sorvetes. Dei-os a meus filhos. 34ª. COLISÃO. É a seqüência desagradável de consoantes ou sílabas idênticas. ORAÇÕES COM COLISÃO REDAÇÃO MELHOR Jorge já jantou. Jorge acabou de jantar. O rato roeu a roupa da rainha. O rato roeu os nobres tecidos que compunham os trajes da rainha. 35ª. COLOQUIALISMO. Uso da língua na forma como é escrita, ou seja, é uma armadilha para o aluno o emprego de termos coloquiais, gíria e jargão. Expressões coloquiais só são aceitas na reprodução de diálogos. Isso não significa que o texto tenha de ser empolado, de difícil entendimento. Evite usar as expressões: só que, que nem, é o seguinte, etc. 36ª. COLORIDA. Procure dar, às suas personagens, uma linguagem não só adequada, mas, também, colorida por imagens pertinentes, ligadas a elas e ao assunto. A senhora soltou um pequeno grito, e o rapaz, de vermelho que estava, fez-se cor de cera; mas Botelho procurou tranqüilizá-los. O primeiro raio do sol encontrou Tapirapé moreno, pele molhada, com cabelo e olho bem cor de noite sem lua, sentado na folha redonda do mururu. 37ª. COMEÇO. Uma redação não é nenhum bicho de sete cabeças. Respire fundo. Três vezes. Devagarinho. Deixe o ar chegar lá em baixo, no fundão da barriga. Visualize o umbigo. Sorria para ele. Por dentro e por fora. Escolha uma frase bem atraente. Pode ser uma declaração, uma citação, uma pergunta, um verso, a letra de uma música. Depois desenvolva o seu tema. Cada idéia num parágrafo. Por fim, conclua. Com fecho de ouro. 38ª. COMPARAÇÃO. É a aproximação de dois termos entre os quais existe alguma relação de semelhança, como na metáfora. Quando usar comparações, escolha a conjunção que as introduz em função do tipo de linguagem que está empregada. Use a comparação, hipotética ou não, quando perceber que estabeleceu entre o ser que você descreve e outro uma semelhança interessante e que ela vai enriquecer seu texto. A liberdade das almas, frágil, frágil como o vidro. A chuva caía como lágrimas de um céu entristecido. As chamas, como língua de monstro, saíam pelas janelas. 39ª. COMUNICAÇÃO. Em situações de comunicação descontraída e, sobretudo, oral, você pode, conforme o caso, substituir o futuro do presente pelo imperativo. Não saia (sairás) até que tenhamos concluído esta conversa. Eu não sabia que ele era o meu pai. Veja (verás) que não minto, basta que me dê a oportunidade de provar. 40ª. CONCISÃO. Elimine palavras ou expressões desnecessárias. Escreva com clareza e, na medida do possível, diga muito com poucas palavras. Concisão, clareza, coesão e elegância: palavras-chaves que definem um texto competente num exame vestibular. Seja claro, preciso, direto, objetivo e conciso. Use frases curtas e evite intercalações excessivas ou ordens inversas desnecessárias. O aluno deve expressar o pensamento com o menor número de palavras possível. Aquilo que é desnecessário deve ser eliminado. A concisão dá ênfase ao estilo. O prolixo prejudica e enfraquece o texto, além de tirar o brilho de suas idéias. EM VEZ DE EMPREGUE …neste momento nós acreditamos. …acreditamos. Travar uma discussão. Discutir. 41ª. CONCLUSÃO. Não conclua sua redação, jamais, com as seguintes terminologias: concluindo, em resumo, nada mais havendo, poderia ter feito melhor, como o tempo foi curto, etc. Termine-a, sim, com conclusões consistentes (e não com evasivas). 42ª. CONCORDÂNCIA. Cuidado para não cometer erros gramaticais, como de concordância. Lembre-se de que o verbo sempre concordará com o sujeito e os nomes devem estar concordando entre si. ERRADO CERTO Falta cinco alunos. Faltam cinco alunos. Fazem dez dias que não chove. Faz dez dias que não chove. Minas férias começou. Minhas férias começaram. (plural, com plural, isto é, férias concordando com começaram). Os meninos saltavam descalço sobre as poças d´água da rua. Os meninos saltavam descalços sobre as poças d´água da rua. 43ª. CONHECIMENTO LINGÜÍSTICO. Use todo o seu conhecimento gramatical. Faça um rascunho e ao passar o texto a limpo, observe se faltam acentos, sinais de pontuação, se há erros de grafia, termos de gíria, impropriedade vocabular. 44ª. CONJUNÇÃO. Seja cauteloso ao utilizar as conjunções como, entretanto, no entanto, porém. Quase sempre são dispensáveis. Evite o exagero de conectivos (conjunções e pronomes relativos) para evitar a repetição e para não alongar períodos. Para mostrar hipóteses diferentes, as dúvidas e conflitos de reflexão da personagem, explore as conjunções alternativas e adversativas. Sim, sou homem e deixei-me levar por meus instintos. Como a senhora deve saber, sou respeitador. Nada farei que desabone a minha conduta. Elvira era simplesmente uma entre as outras empregadas domésticas da mansão. Tinha, no entanto, seus sonhos, alguns até mesmo ousados, e uma quase certeza de conseguir alcançá-los. Mas como? Decidiu, após muito pensar. Se ficasse mais algum tempo naquele trabalho, poderia conseguir uma promoção para chefe das serviçais ou, pelo menos, um aumento no ordenado, já que desempenhava com esmero suas funções. E, a partir dessa convicção, tornou-se exemplar. 45ª. CONJUNTO. Quando quiser descrever um conjunto, empregue termos indicadores de lugar que revelem posição, aproximação ou afastamento de aspectos diferentes do conjunto. Estavam todos os cavaleiros em volta da mesa. Nem todos, porém, tinham o mesmo prestígio na corte. Perto do rei estavam os mais destacados nobres: Marcelo, à esquerda; Eduardo, à direita. O primeiro trajava negro com as insígnias reais e o brasão de família. O segundo trajava azul e não trazia insígnias. Uma armadura reforçada cobria seu tórax. 46ª. CONSTRUÇÕES. Não escreva construções como lá em Recife, aqui em Salvador mas, sim, em Recife, em Salvador. 47ª. CONTEÚDO. Um bom texto não é apenas o texto correto, sem erros gramaticais. Ele deve ter conteúdo. O conteúdo, que vale, no mínimo, 5 (cinco) pontos numa redação, não pode ser ridículo, nem infantil, mas deve ser simples. Tome-se, como exemplo, o seguinte tema: O Acidente Nuclear de Chernobyl. Ao redigir sobre esse tema, não se pode esquecer, de forma alguma, de abordar os seguintes assuntos: Nos próximos 30 (trinta) anos ainda vão morrer mais de 5 mil pessoas na Rússia e em países circunvizinhos, em conseqüência desse acidente. A economia dos países vizinhos foi enormemente prejudicada, porque eles foram contaminados pela radioatividade. Mais de 100 mil habitantes da cidade de Kiev foram evacuados, para que ela fosse despoluída, tornando-se uma cidade fantasma. Os programas de energia nuclear foram quase totalmente paralisados, em todo o mundo, em razão dessa terrível tragédia. Ficou comprovado, com esse acidente, que o homem ainda não está dominando, inteiramente, com segurança, a tecnologia da energia nuclear. A sua utilização e expansão, portanto, precisa ser repensada. Faça sempre uma análise crítica do que escreveu, como, por exemplo, através das seguintes perguntas: Sua redação é interessante? A leitura do texto é agradável? Tem boas idéias? O texto dá uma boa idéia daquilo que foi descrito? O texto está bem organizado? Presume-se que o candidato prestes a ingressar numa universidade tenha certa cultura. Assim sendo, não pode encarar o tema da redação de modo infantil ou rasteiro. É por meio do conteúdo, especialmente, que o professor irá aquilatar a capacidade ou o grau de conhecimento do aluno. 48ª. CONTO. É a mais breve e simples narrativa, centrada em um episódio da vida. 49ª. CONTRADIÇÃO. Para desenvolver a impressão de contradição, use conjunções adversativas. Se for o caso, varie as conjunções, observando as que se prestam a determinada situação. Um homem gordo, bem vestido, porém sem pompa, saiu logo a seguir. Dirigiu-se ao carro, com passo leve e animado, mas não entrou. O caso estava praticamente resolvido, mas alguma coisa ainda perturbava o Inspetor. A testemunha jurara ter dito a verdade, contudo sua voz não parecia firme como deveria estar naquela circunstância. 50ª. CONTRASTE. Para manter a curiosidade do leitor com relação a personagens (ou cenário) contrastantes, oponha um a um os elementos em contraste. Letícia, bonita, rica e cheia de preconceitos, olhava com desprezo a jovenzinha mirrada e pobremente vestida que tentava vender doces, aproveitando o sinal fechado. A magreza e a palidez da jovem que se inspirava nas modelos de passarela, contrastava violentamente com as faces coradas e cheias de vida da amiga saudável, cujos padrões de estética divergiam frontalmente das de sua companheira. 51ª. COORDENAÇÃO. Coordene suas idéias como se estivesse contanto uma história: o seu texto deve ter início (introdução), meio (desenvolvimento) e fim (conclusão). 52ª. COR. Escreva apenas com caneta preta ou azul. O rascunho ou o esboço das idéias podem ser feitos a lápis e rasurados. O texto não será corrigido em caso da utilização de lápis ou caneta vermelha, verde, etc. Na redação definitiva. 53ª. CORREÇÃO GRAMATICAL. A linguagem utilizada na redação precisa estar de acordo com a norma culta, ou seja, deve obedecer aos princípios estabelecidos pela gramática. Tenha o máximo de cuidado para que sua redação não apresente, principalmente, nenhum erro de ortografia, acentuação, pontuação e concordância, seja ela verbal ou nominal. Conhecer as normas que regem o uso da língua é fundamental para a produção de um texto correto. Em caso de dúvidas na redação, consulte sempre um bom livro de gramática. 54ª. CRASE. Expressões com crase: À beça, à toa, etc. Uso corriqueiro da crase, mas absolutamente errado: Marcelo reside à Rua (Avenida, Praça, etc). O correto é: Marcelo reside na Rua, na Avenida, na Praça, etc. (Quem reside, reside em algum lugar). 55ª. CRIATIVIDADE. É claro que uma abordagem original do tema valoriza seu texto. No entanto, o vestibulando deve ter cuidado para não confundir criatividade com idéias esdrúxulas. Na gíria estudantil, não viaje. Lembre-se: Ninguém pode exigir que escreva bem, como um escritor, pois isto pressupõe talento; as faculdades querem que se escreva certo. 56ª. CRÍTICA. É um tipo de redação que aprecia e avalia livros de caráter científico ou literário, além de manifestações artísticas ligadas ao cinema, ao teatro, à música, etc. Habitue-se a criticar sua redação, procurando ver se todos os seus pormenores colaboram para criar a idéia que tem em mente. Solicite a uma terceira pessoa, de bom conhecimento técnico ou nível escolar, para ler e fazer críticas sobre o seu texto, pois a leitura demasiada de nossos próprios trabalhos torna-nos cegos para determinados pontos. 57ª. CRÔNICA. É uma narrativa curta que retrata, em geral, fatos do cotidiano, presenciados ou não pelo narrador, escrita numa linguagem leve, de caráter jornalístico. 58ª. CURRÍCULO. É um documento que reúne as informações profissionais para alguém que se candidata a um emprego. Contêm objetivo, formação escolar, idiomas que domina, experiência profissional, pretensão salarial, etc. 59ª. DESCRIÇÃO. Descrever é fazer um retrato com palavras, isto é, apresentar, detalhadamente, características de pessoas, animais, objetos, lugares, etc. Quando quiser estabelecer uma ordem cronológica na sua descrição, mostrando as mudanças sucessivas da paisagem, use termos que indicam sucessão (sobretudo adjuntos adverbiais de tempo). 60ª. DESENVOLVIMENTO. É a redação propriamente dita. No desenvolvimento, o aluno deverá discutir os argumentos apresentados na introdução. Em cada parágrafo, escreve-se sobre um argumento. Tenha sempre em mente que o examinador de sua dissertação provavelmente seja uma pessoa culta, que lê bons jornais e revistas e tem bastante conhecimento geral, portanto não generalize. É a parte mais importante em qualquer texto. É quando podemos nos aprofundar nas idéias que, por enquanto, foram apenas mencionadas na introdução. Os argumentos devem ser apresentados em função da idéia e organizados com clareza para não confundir o leitor. Devemos ser cuidadosos para que o texto não se torne inconsistente e imaturo por falta de informação de nossa parte. Para isso, é preciso que nos ilustremos, lendo revistas, jornais e livros; assistindo a noticiários na televisão; freqüentando o maior número possível de produções culturais a que tivermos acesso – teatro, “shows”, exposições, etc. Em qualquer uma dessas atividades, assuma uma posição crítica questionadora que resultará em análises objetivas e, conseqüentemente, em julgamentos coerentes. Evite radicalismos, ofensas pessoais, nacionalismos piegas e “achismos” (eu acho, eu penso) 61ª. DIÁLOGO. É a conversa entre duas ou mais pessoas. A fala de cada personagem é indicada, na escrita, por um travessão. Ao apresentar um diálogo, ou a personagem pensando, use o presente do indicativo para sugerir a proximidade do fato futuro. 62ª. DIÁRIO. É uma das formas do registro do mundo interior, ou seja, das confissões, dos segredos, etc, de uma pessoa. 63ª. DICAS. Ao escrever uma redação, faça, primeiramente, uma lista de tudo o que lhe vier à memória. Quanto mais idéias, melhor. Não se preocupe em saber se as idéias são boas ou más. Escreva-as, simplesmente. Anote tudo, sem ordem, sem critério, sem censura. Use palavras simples e frases curtas. Selecione as idéias e estruture o seu texto. 64ª. DICIONÁRIO. Em vez de sair por aí “chutando” palavras cujos significados você não conhece bem, utilize-se de um bom dicionário, em livro ou disquete, para aumentar o vocabulário. 65ª. DIMINUTIVO. Use o diminutivo com muito cuidado, e sempre quando for importante marcar a dimensão dos seres, ou a afetividade (carinho, desprezo) da personagem com relação a esses seres. Pegou o banquinho para apoiar o pé enquanto tocaria violão. Disse para a avozinha que lhe traria o doce de goiaba de que tanto gostava. 66ª. DISCUSSÃO. Falar e ouvir são meios de desenvolvimento do espírito humano. O debate de idéias pode levar a um resultado enriquecedor. 67ª. DISSERTAÇÃO. Nunca se inclua em sua dissertação, principalmente para contar fatos de sua vida particular. É uma redação que, através do raciocínio, expõe idéias, doutrinas, impressões, pontos de vista. Utilize sempre, em suas dissertações, a primeira pessoa do plural em vez da primeira pessoa do singular. A dissertação é a forma mais comum de redação. É a mais solicitada nos exames vestibulares e provas de colégio. Dissertar é defender uma opinião a respeito de determinada questão. Para isto, precisamos conhecer o assunto e refletir sobre ele. É analisar um assunto proposto, emitindo opiniões gerais. Deve ser feito de modo impessoal e com total objetividade. Essa visão imparcial perde-se quando o autor confunde a problemática que está analisando com os problemas particulares que possa ter. 68ª. DIVAGAR. “Estou sem inspiração para fazer uma redação. Escrever sobre a situação dos sem-terra? Bem que o professor poderia propor outro tema.” Não fale de sua redação dentro do próprio texto, porque isso demonstra insegurança e vazio de idéias. Ademais, sua nota ficará seriamente comprometida quando da avaliação do conteúdo. 69ª. DOIS PONTOS. As citações vêm sempre após dois pontos. Lá, fiz diversas coisas: tomei banho de piscina, na sauna, montei cavalo e charrete, comi cacau, etc. Use dois pontos, antes de uma enumeração, se quiser valorizar os termos que a constituem. Descobri a grande razão da minha vida: você. Já dizia o poeta: Deus dá o frio conforme o cobertor. 70ª. E (minúsculo). Faça-o um pouco aberto, para não ficar parecendo “i”, de forma que o seu interior apareça com toda a nitidez. 71ª. ECO OU ASSONÂNCIA. É a repetição desnecessária de palavras terminadas pelo mesmo som, provocando rimas desagradáveis, com um ritmo batido e monótono. FRASES COM ECO ESCREVA-AS ASSIM Neste momento eu tive um aumento de vencimento. Tive aumento de salário. Clemente, certamente, está descontente com o parente. Clemente, com certeza, está aborrecido com o primo dele (como poderia ser irmão, etc.). 72ª. EDITORIAL. É um artigo que exprime a opinião do órgão jornalístico. É o jornalismo opinativo. 73ª. ELEGÂNCIA. A leitura de um texto elegante, que deve ser criativo e original, torna-se agradável ao leitor. Fuja de gírias e palavrões. Mantenha certa elegância no seu texto, sem cair em pedantismos exagerados. A elegância começa pela própria apresentação do texto, ou seja, limpo, sem borrões ou rasuras, e com letra bem legível. Importantíssimo atentar, também, para a correção gramatical, a clareza, a concisão e para o conteúdo da redação, que deve ser original e criativo. 74ª. ELIPSE. É a omissão de um termo previsível, subentendido, que deixa de ser expresso por ser óbvio, mas também confere elegância à frase. Vida interessante, a dele… Na rua, um malvado; em casa, um santo. A casa era pobre. Os moradores, humildes. 75ª. EM, NO, AO, NA, À. ERRADO CERTO Fui em Jequié, na fazenda, no jogo. Fui a Jequié, à fazenda, ao jogo. A regência do verbo ir exige preposição “a” e não “em”. (Quem vai, vai a algum lugar, e não em algum lugar). 76ª. EMBROMAÇÃO. É o famoso enche lingüiça. Fica-se dando voltas no mesmo lugar, usando-se palavras vazias e embromatórias. A vida, única e exclusivamente, é tão complexa que, apesar de tudo, não obstante o que possam dizer, torna-se altamente problemática. 77ª. EMOÇÃO OU LINGUAGEM EMOCIONAL. Não analise os temas propostos movido por emoções exageradas. Mantenha-se imparcial em quaisquer circunstâncias. Não transforme seu texto em desabafo nem em panfleto, com linguagem apaixonada. A emoção deve ficar no rascunho, enquanto que no texto definitivo você deve chamar a razão para auxiliá-lo. Quando nos exaltamos a respeito de determinado assunto ou sobre a pessoa de quem estamos falando, infringimos a boa norma da escrita padrão, por fazermos uso de juízos de valor sobre os fatos. A objetividade é imprescindível, a fim de que o texto se mantenha imparcial e claro. Existem alguns temas dissertativos que envolvem a análise de assuntos dramáticos, que causam revolta e indignação pela própria gravidade de sua natureza. Porém, por mais revoltante que se mostre o assunto tratado, ele deve ser abordado de modo comedido e, se possível, imparcial. Não devemos deixar nossas emoções interferirem demasiadamente na análise equilibrada e objetiva que precisa transparecer em nossas redações, porque elas impedem que ponderemos outros ângulos da questão. Só assim, com a predominância da argumentação lógica, ela se mostrará convincente. Os noticiários apresentam-nos todos os dias crimes bárbaros cometidos por verdadeiros animais, que deveriam ser exterminados, um a um, pela sua perversidade sem fim. Muitos menores que perambulam pelas ruas e se tornam delinqüentes são vítimas indefesas de um governo ineficiente, que não se preocupa e não respeita o direito que eles têm à educação. 78ª. ENCHE LINGÜIÇA. Não espiche o assunto, isto é, não diga com 8 (oito) palavras o que pode dizer com 5 (cinco). Seja objetivo e direto. Encher lingüiça é, também, repetir idéias, a saber, tornar a abordar um assunto com palavras diferentes sobre o qual já tinha escrito anteri
    Lindaura disse:
    29 maio, 2007 às 1:57 pm

    Excelentes dicas…
    Foram de grandes valia…
    Obrigada!

    Eliane disse:
    29 maio, 2007 às 9:59 pm

    por favor presciso aprender fazer uma redação urgente para minha avaliação para entrar na faculdade.

    Diomario disse:
    31 maio, 2007 às 8:54 pm

    show de bola estudei p/ prova da policia militar,e muito me ajudou. valeu. por favor me mande alguma para servir de ex.

    junior disse:
    2 junho, 2007 às 11:58 pm

    vou fazer a prova amnhã no caso 03/05/07 policia militar qnd eu receber a nota vou dizer se foi boa ou não a dica vlw

    Tatianne disse:
    4 junho, 2007 às 11:19 am

    Muito boas, incluindo o que o nosso amigo Geimes Raulino acrescentou, me serviram muito!
    Beijos!

    wilciele marinho disse:
    4 junho, 2007 às 2:42 pm

    OLa pessoal!As dicas são otimas
    bjos!!!

    Patrícia Santos disse:
    4 junho, 2007 às 2:59 pm

    Adorei as dicas, mas preciso saber mais como fazer uma boa redação pois, sou uma péssima redatora. Em 2006 fiz o ENEM fui muito mal na redação, vou tentar novamente agora em 2007. Por isso preciso ter uma redação boa como exemplo,no aguardo.
    Bjoks

    patricia disse:
    5 junho, 2007 às 6:39 pm

    como faço para descrtever uma otima redacão no vestibular pois tó entrado agora pois vou fazer adiministração…

    RAFAEL XODO disse:
    7 junho, 2007 às 2:28 am

    gostei muito das dicas agora estou mais preparado para participar de provas que contenham redação!!!!

    jhonatas ferreira disse:
    7 junho, 2007 às 3:05 pm

    e sempre bom falar sobre esse assunto mais que importante , boa dica sim e como um di nois fica um muito obrigado!

    NORMA TERESINHA disse:
    10 junho, 2007 às 3:20 am

    achei muito bom esse espaco. Parabens

    NORMA TERESINHA disse:
    10 junho, 2007 às 3:21 am

    achei voces maravilhosos.Parabens

    victor disse:
    11 junho, 2007 às 6:09 pm

    valeu brow isso me ajudou muito

    tchaaaaaaaaaaaaaaaaaaauuuuuuuuuuuuuuuuuu

    Lilian disse:
    11 junho, 2007 às 8:03 pm

    Parabéns, são dicas muito uteis.
    Tenho um blog, mas nao é de redação: http://amohsm.zip.net e http://rbdnopares.zip.net
    Gente, acorda pra vida, esqueçe as fantasias, o mundo lá de fora.
    Estudem para ser alguém na vida!

    evelyn disse:
    12 junho, 2007 às 11:33 am

    é bom da pro gasto, mais eu queria o texto jah pronto!!

    Edeliane Monteiro disse:
    13 junho, 2007 às 12:08 pm

    Essas dicas são maravilhosas, pelo menos para mim serão muito úteis.
    Infelizmente, não aprendi até hoje como se faz uma redação corretamente, não por falta de interesse, mas por que estou no 2º ano do ensino médio e a minha professora de português não ensinou.

    muito obrigada.

    Jacqueline disse:
    14 junho, 2007 às 9:58 pm

    eu tenho muitas duvida em como fazer uma boa redação….gostaria de saber mais…pois este ano estarei fazendo Enen…Proune…e varios vestibulares…se vcs puderem me ajudar..obrigada

    Arnoldo Araújo dos Reis disse:
    19 junho, 2007 às 5:37 am

    Quando a informação é precisa,e,a nomenclatura dos parâmetros entonada,a sapiêcia se faz mister.O esboço de uma redação,está,nas ídéias acometidas de exatidão,do tema pressuposto.Ademais,se faz necessário,o lapidar do homem,através da leitura.

    arnoldo araújo dos reis Imperatriz-MA
    kakika.reis@hotmail.com
    terça-feira,19 de junho de 2007
    às 02:37 hs

    Letícia disse:
    20 junho, 2007 às 3:55 pm

    Adorei……………
    obrigada pelas dicas… irei usa-las agora…………
    rsrsrs

    LuCaS..FuDiDo.8 MaTeRiaS disse:
    20 junho, 2007 às 7:55 pm

    eu tenho mtas duvidas..cara..fikei em 8 materias..me ajuda amanha tenho prova de redaçao..add eu ai lukinhas_kcoal@hotmail.com..

    adeilda disse:
    20 junho, 2007 às 10:12 pm

    achei otimo essas dicas pois vou fazer meu primeiro vestibular com 47 anos e foi muito legal essas dicas

    vanessa Bernini disse:
    21 junho, 2007 às 7:07 pm

    Nossa essas dicas vao ser muito uteis pra mim…. valewwww galeraaaa

    pablo ruan disse:
    21 junho, 2007 às 8:30 pm

    valeu pelas dicas,pois vou fazer vestibular depois de amanhã

    Leticia disse:
    21 junho, 2007 às 9:25 pm

    O meu caso não é de vestibular mas mesmo assim vo faze uma prova pra ve se eu vo estudar fora
    E o meu maior problema e Português
    So meia tantan nessa materia
    Não sei fazer textos
    Será que alguem podia me ajudar
    Add ai leticinha_ceres@hotmail.com

    Brigado

    thais souza disse:
    22 junho, 2007 às 6:49 pm

    muito obrigado pelas dicas
    me ajudou muito, eu consegui fazer
    uma otima redação. valeu

    thais souza disse:
    22 junho, 2007 às 6:52 pm

    muito obrigado mesmo ta
    pessoal me ajudou muito essas
    imformações sobre ” redação ” valeu!!!

    Daniel disse:
    22 junho, 2007 às 7:22 pm

    Depois destas dicas, nunca mais serei o mesmo.

    cleber disse:
    26 junho, 2007 às 5:00 pm

    valeu mesmo

    Camila disse:
    27 junho, 2007 às 12:41 am

    Gostaria de saber a estrutura de uma carta : O ESPAÇO , VOCATIVOS PARA FAZER UMA CARTA PARA PROFESSOR ……..

    Nádia Lopes disse:
    27 junho, 2007 às 12:21 pm

    ‘Gostei eu tô é gostando’ dessas dicas… rsrrs
    Irei fazer A REDAÇÃO.. valeu

    thiago disse:
    27 junho, 2007 às 3:21 pm

    gostei muito dessas dicas , muito praticas e de facil entendimento, entrei em um outro site e achei cosas muito complexas ,muita aula de portugues,que complica mais ainda pois o portugues quase sempre ninguem vai bem , mas essas dicas usadas acima sao otimas….

    Liliane disse:
    28 junho, 2007 às 12:24 pm

    oi….otima as dicas ,vao ser de muita valia,mas exemplifique uma redação ,sou pessima redatora…..obrigada!!!!!

    JOSE CARLOS disse:
    28 junho, 2007 às 5:05 pm

    MUITO OBRIGADO….Q

    JOSE CARLOS disse:
    28 junho, 2007 às 5:06 pm

    MUITO OBRIGADO….QUE DEUS ABENCOE TODOS VCS !!!!VALEU

    torreslana disse:
    30 junho, 2007 às 12:07 am

    valeu mais claro é impossivel.como devo melhora minha insegurança na dissertação,me ajude um abraço

    cesar disse:
    30 junho, 2007 às 2:45 pm

    adoreiiiiiiiii

    vicente disse:
    3 julho, 2007 às 6:13 pm

    Quem acha que sabe tudo é porque ainda não entrou nesse site. Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!

    ANA PAULA disse:
    5 julho, 2007 às 12:08 pm

    Vou fazer o vestibular e vou usar essas dicas para fazer uma boa redação, não sei tudo, mais um ponto fundamental que me alertou, foi que so escrevo com letra de forma, foi uma otima dica, cou me policiar, depois lhe envio se fui ou não aprovada …..

    Obrigado

    josé ronaldo moreira disse:
    10 julho, 2007 às 2:13 am

    eu acho otimo vc falarem de redação e um calo no sapato dos alunos

    Thayandra disse:
    11 julho, 2007 às 10:17 pm

    Opaaa!!!!

    Adorei de verdade…espero que isso mude minha vida!!

    huhuhuhuhuhhhuhuu

    bjOoOoO [:P]

    Thayandra disse:
    11 julho, 2007 às 10:19 pm

    OPAAA!!!

    amei de coração…

    vai-me ser muito útil…

    LUiz Gustavo disse:
    21 julho, 2007 às 7:41 pm

    Boas dicas, só acho que este site devia ser + divulgado, ele é muito bommmm ……

    cleber disse:
    22 julho, 2007 às 12:29 am

    adorei esperi que isso seja uma grande ajuda para levar para a vida toda

    sarah santos stuart disse:
    23 julho, 2007 às 3:15 pm

    adorei as recomendaçoes, estou me preparando para o vestibular e espero que tudo que li nesse site mim ajude a desenvolver uma boa redação.
    afinal de contas estou dando um grande passo na minha vida.
    valeu!!!

    Paulo Rodrigues disse:
    24 julho, 2007 às 8:29 pm

    estas dicas são muito importante para todo vestibulando, são válidas e proveotosas vou prestar um concurso Público da SEJUSP em MT, não haverá prova objetiva e sim somente uma Redação, o candidato será aprovado mediante uma boa Redação sendo assim ingressará na sec. de seg.publica de mt. espero com estas dicas ser aprovado.valeu!!!

    carol disse:
    26 julho, 2007 às 11:43 pm

    achei muito util as informações postas neste site..
    obrigada!!!!

    Leo disse:
    27 julho, 2007 às 12:31 am

    Seja oq Deus quizer na provinha.
    Boas dicas!!!
    vlws.

    DIEGO BRENAN disse:
    27 julho, 2007 às 3:17 pm

    To até emocionado.

    elisangela disse:
    27 julho, 2007 às 8:18 pm

    foi otimo essa dica e tudo que preciso

    Debby disse:
    31 julho, 2007 às 4:50 am

    Nossaaa, tirrei dez em redassão.
    Nem to acreditamdo que fui capas de tamanha proesa.
    Valeu pelas dicas!

    kinderley disse:
    31 julho, 2007 às 12:22 pm

    vai se muito ultil pra eu fazer A MINHA

    brigado!!!!

    Evanyelle disse:
    31 julho, 2007 às 8:32 pm

    Essas dicas são fundamentais. Vou ter com certeza notas melhores em redações.

    Thamara disse:
    2 agosto, 2007 às 3:40 pm

    Oi, eu queria uma infomaçaõ, sobre uma redação q eu tenho q fazer, mas nao sei como, pois é soubre a minha opinião, como q eu começo?????
    help!!!

    nadiiiia disse:
    4 agosto, 2007 às 5:02 am

    é to tentando me preencher mais em redacao esse é o meu fracasso ta me ajudando muito

    Carlos disse:
    8 agosto, 2007 às 9:17 am

    Sim! E as outras dicas?!!!

    Redação de vestibular e de concurso público deve ter título?
    Onde encontro exemplos de redações nos 3 tipos textuais?

    Yuri prado disse:
    15 agosto, 2007 às 2:18 pm

    adorei muito boas

    mayara disse:
    16 agosto, 2007 às 8:30 pm

    obrigada pelas dicas.

    LUCIA disse:
    17 agosto, 2007 às 8:48 pm

    DICAS IMPORTANTES.

    LUCIA disse:
    17 agosto, 2007 às 8:48 pm

    INTERESANTE.

    LUCIA disse:
    17 agosto, 2007 às 8:52 pm

    IGOSTEI MUITO DAS DICAS DE COMO FAZER UMA BOA REDAÇÃO.

    eduardo disse:
    18 agosto, 2007 às 11:01 pm

    por favor me mande tudo o q vc tiver sobre redaçâo to mim dando mal sempre nas entrevistas de emprego e preciso melhorar. edu.duu@hotmail.com

    rodrigo disse:
    19 agosto, 2007 às 3:09 am

    tenho muita dificuldade em fazer uma dissertação,gostaria de ter um conteudo melhor.

    kaio disse:
    22 agosto, 2007 às 12:03 am

    muito obrigado pelas dicas
    n tenho dominio de um texto mais com essas dicas e mais um material q acheina net estou conseguindo trabalhar essa dificuldade

    Josevan de Lima Pereira disse:
    22 agosto, 2007 às 12:32 am

    Oi me mande uma boa dica ae como fazer uma ótima redação!! o ENEM ja é nesta semana 26-08-2007, e preciso desta dica por favor!!

    mariza v. costa disse:
    22 agosto, 2007 às 5:58 pm

    ola!

    adorei esta dicas, mais gostaria que prepara-se uma pronta ,vai ficar como exemplo para mim.

    mariza v. costa disse:
    22 agosto, 2007 às 6:00 pm

    bem uma correção o que estou pedindo é uma redação pronta para mim.

    Francisco lopes disse:
    23 agosto, 2007 às 12:23 pm

    Gostei muito….
    Domingo irei fazer a prova do ENEM
    😛

    Mirian disse:
    23 agosto, 2007 às 12:53 pm

    Ola pessoal, tudo bem?
    Preciso fazer uma redação no qual o tema é: Se todas as pessoas do mundo perdessem a capacidade de falar por 24 horas!
    O problema, é que não consigo começa-la…
    Alguem pode me ajudar, por favor? Com alguma dica, ou com um começo…
    Desde ja agradeço.
    Beijos

    Karol e Indiana disse:
    24 agosto, 2007 às 11:51 am

    Asa dicas vão ser bem utilizadas !:)

    thays caroline disse:
    24 agosto, 2007 às 4:37 pm

    Essas dicas são bastante importantes, principalmente para quem irá fazer o enem 2007 como eu.
    Otimas dicas. ♥

    Hugo kerly cerqueira de melo disse:
    25 agosto, 2007 às 12:50 am

    valeu mesmo por esta se preucupando com as pessoas,eu peguei todas as suas dicas e vou pedir a DEUS que eu passe no concurso da (EsSa)

    alex sandro ribeiro freire disse:
    25 agosto, 2007 às 2:24 am

    Olá, sou novo aki neste blog, quero saber se tbm corrige redação aki neste blog?

    José neto disse:
    25 agosto, 2007 às 7:17 pm

    Nossa … vai ser muit util, para minha redação
    valeu mesmo !

    jerferson disse:
    26 agosto, 2007 às 12:43 am

    Dicas básicas e fundamentais não gosto muito de Português porém estou aqui………

    Aline Ambrozim do Prado disse:
    26 agosto, 2007 às 1:21 am

    Olá!! tudo bom?? na verdade foi muito bom eu ter
    encontrado esse sate, pois tenho muitas dificuldades em redação, será que eu poderia pedir a sua ajuda? gostaria de poder fazer uma redação que eu pudesse achar maravilhosa!! e satisfeita, geralmente sempre perco nos vestibulares por contas das redações, isso me prejudica muito, espero respostas!!

    desde de já agradeço pela atenão!!

    abraço!!

    ANGELA TAVARES disse:
    26 agosto, 2007 às 2:48 pm

    AMEIIIIIIIIII!!!!
    MUITO BOM PRA MIN,ME AJUDOU A ENTENDER ALGUNS TEMAS!
    BOM, PRA QUEM VAI FAZER O ENEM DAKI UMAS 2 HORAS TÁ ATÉ BOM!!!!

    VALEU MESMO!!!!!

    RENAN disse:
    27 agosto, 2007 às 12:44 pm

    são dicas muito boas, pena que eu nao as descobri antes de fazer o ENEM fui muito ruim na redação fiquei muito triste

    Edvaldo disse:
    27 agosto, 2007 às 9:55 pm

    Eu gostei muito dessas dicas, mas ainda não foram o suficientes para que eu possa fazer uma boa redação.
    Vou continuar procurando outras dicas que podem me levar mais alem de uma redação comum, pois eu preciso de uma redação profissional…

    Abraços!!

    deise disse:
    27 agosto, 2007 às 10:12 pm

    oiiiiiiiiiiiiiii
    eu quero saber… de 10 modelos textuais…
    sera se vcs podia me mostrar….
    bjs

    mirelle disse:
    29 agosto, 2007 às 8:55 pm

    ameiiiiiiiiiiii

    b
    j
    o
    s

    kamila disse:
    31 agosto, 2007 às 2:40 am

    preciso de uma ajuda para fazer uma redação que fala da empresa que em que eu trabalho uma empresa de estamparia

    Leonice disse:
    31 agosto, 2007 às 6:15 pm

    Excelente!!!!
    Adorei as dicas!
    Com certeza serão de grande valia!
    bjsssssssssssssssss!

    Ellen disse:
    2 setembro, 2007 às 5:26 pm

    Nossa muito bom essas Dicas estão colocadas de uma forma simples mas que da pra entender bem escritas com bastante clareza!!
    É sempre bom ter uma explicação rápida e prática .
    Adorei mesmOo…

    BeeeeeeeijOo 😉

    Eduardo Costa disse:
    8 setembro, 2007 às 5:00 pm

    Gostei muito desse Sita,aqui sim tem tudo, e muito mais,soubre redação.

    Ricardo disse:
    11 setembro, 2007 às 2:22 am

    É verdade, são boas dicas, espero que eu consiga bons resultasos no dia 16 de Setembro.

    wendel disse:
    11 setembro, 2007 às 12:03 pm

    espero que essa digas se refletem em meu resultado valeu!

    poderoso sedutor disse:
    12 setembro, 2007 às 12:24 am

    gostei das dicas!

    adriano disse:
    12 setembro, 2007 às 12:03 pm

    espero que essas dicas sirvam muito bem pois eu estou muito precisando abraços a galera do site muito bom gostei mesmo

    cris disse:
    18 setembro, 2007 às 6:55 pm

    adorei as dicas…!
    bem prticah!
    deu p/ entender bem…!

    João Vitor disse:
    19 setembro, 2007 às 1:19 pm

    Vou passar no Vestibular por causa destas dicas.

    Wemerson disse:
    19 setembro, 2007 às 2:16 pm

    😀 Pow bem legal essas dicas😀 vai ser bem util.😀

    lycia cavalcante disse:
    19 setembro, 2007 às 5:20 pm

    sou breve no que respondo adorei suas dicas …………
    pois o grande sabio não é aquele que sabe mais a quele que ensina ……….
    sabedoria passada até mais

    Adison disse:
    22 setembro, 2007 às 6:08 pm

    Sao boas dicas mais falta uma uma boa pontuaçao e a alma de um redaçao

    MARCELO disse:
    24 setembro, 2007 às 2:33 pm

    EU IREI FAZER A PROVA DA ESSA E VOU DIVUGAR A NOTA MUITO OBRIGADO.

    Fabiola disse:
    25 setembro, 2007 às 2:51 pm

    posso enviar uma redação para vocês me ajudarem a melhorar.

    LUCAS disse:
    25 setembro, 2007 às 3:05 pm

    MTO BOA ESSAS DICAS ESPERO Q ME D BEM NA PROVA….. SHASUHSUAHS

    Francerly Ferreira de Souza disse:
    26 setembro, 2007 às 9:27 pm

    por favor preciso muito aprender fazer uma boa redaçao me mande uma para sevir de exemplo me ajuda tá

    JOCASTA disse:
    2 outubro, 2007 às 11:45 pm

    UMA DICA P FAZER UMA REDAÇAO SOBRE ”MENTIRA”

    Renan Rossoni disse:
    4 outubro, 2007 às 1:17 pm

    Adorei muito essa dica vai ser muito util pra mim
    Valeu

    DuilioG3 disse:
    15 outubro, 2007 às 4:21 pm

    Vou fazer uma prova dia 27 de outubro e vai ter redação,por favor se for possivel me mande uma dicas de como fazer uma boa redação!!!
    muito obrigado!!!

    Bruna Danielle Ramos dos Reis disse:
    17 outubro, 2007 às 6:20 pm

    adorei esse site nos mostra as coisa bem explicadas nos ajuda a tirar muitas duvidas e estou feliz por ta aqui colocando meu ponto de vista em relação a esses assuntos
    beijos

    mariana werneck disse:
    18 outubro, 2007 às 5:14 pm

    quero asber como fazer correntamente uma redacao pois,vou prest6ar vestibular daqui 10 dias e queria saber todas as regras para fazer uma ótima redacao….obigada

    Nayara Sereno disse:
    19 outubro, 2007 às 1:18 pm

    Ótimas dicas !

    Incluindo as de Geimes Raulino,
    as minhas redações não seram mais as mesmas.

    Obrigada!

    Tuilla disse:
    21 outubro, 2007 às 5:51 pm

    MUito bos essa dicas,elas vão me servir muito domingo na prova do cefet…

    obrigada!

    = *

    carlos aldy disse:
    23 outubro, 2007 às 1:48 pm

    Legal aprendir bastante com suas dicas.Um grande abraço.

    kamilla disse:
    23 outubro, 2007 às 4:08 pm

    oieeeee adorei essas dicas elas sao d+ mas vcs podiam botar frases sobre o s tempos verbais bjsssssss xauuuuuuuuu [8)]

    Tamires Lima disse:
    26 outubro, 2007 às 8:31 pm

    Oiie !

    adoreii!
    pra mim vai ser mto util !
    mais.. se colocassem um texto como exemplo iria ficar melhor neh!?

    xD

    bjoooo

    =*

    Elida disse:
    28 outubro, 2007 às 12:03 am

    São show de bola essas informaçõas!!!!!!
    Valeuuuuuu

    emanuelly disse:
    28 outubro, 2007 às 3:35 pm

    oi,gostei muito das dicas valeuuuuuuu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    jacqueline disse:
    1 novembro, 2007 às 12:39 pm

    muito legal essas dicas…….vou leva-las para fazer uma boa redaçao no vestibular……..

    Gabriela disse:
    4 novembro, 2007 às 2:30 am

    Essas dicas serão importantes
    para o vestibular .
    Valeu!!!

    milene disse:
    7 novembro, 2007 às 10:05 pm

    Amei esse site…essas dicas irão me ajudar muito no vestibular…bjuuss

    nyl disse:
    14 novembro, 2007 às 7:23 am

    adorei as dicas serão bem aproveitadas com certeza!!!!!!

    gabrieli disse:
    14 novembro, 2007 às 11:05 am

    muito importante mesmo
    ótimo site

    Jonatas disse:
    14 novembro, 2007 às 4:24 pm

    amei esse site são dicas para a redaçao da minha escola

    fernanda disse:
    15 novembro, 2007 às 4:55 pm

    quais palavras não devo usar em um redação?

    Mateus Buturi disse:
    16 novembro, 2007 às 3:45 pm

    Vou Usar Essas Dicas Na Minha Avaliação De Amanha tomaree que eu passe nééé
    ;D

    luara fonseca disse:
    18 novembro, 2007 às 12:02 am

    Amei as dicas..

    BRUNO SAVICKI MORI disse:
    18 novembro, 2007 às 1:11 pm

    muito bom vai ser util para o vesti
    valeu
    brigado

    halysso disse:
    19 novembro, 2007 às 5:11 pm

    minha prposta de redação foi uma carta.
    e eu me esqueci de colocar a data e o local. isso vai reduzir minha redação em muitos pontos ou zerar??

    sem mais, obrigado.

    solange costa disse:
    20 novembro, 2007 às 12:30 pm

    ola. por gentileza poderia envia modelos de redaçãoes discritiva, narrativa, dissertativa com o tema EU.
    Obrigada

    marcia disse:
    22 novembro, 2007 às 4:47 pm

    ola! sou pessma em redaçao, pois justo agora estou aqui. Como posso me desenvolver numa introduçao,
    pois mnha prova e dia1 de dezembro me ajude .

    DANINHA disse:
    23 novembro, 2007 às 7:22 pm

    OLA PESSOAL
    ADOREI AS DIACS DE VCS!
    VOU FAZER A PROVA DA TERMOMECANICA
    NO DIA 02/12/2007
    ESPERO TER OTIMOS RESUTADOS
    BJINHOSSSSSSSSSS

    tamires disse:
    24 novembro, 2007 às 1:45 pm

    Exelentes dicas para quem quer um bom resultado em sua redação.

    romilda disse:
    24 novembro, 2007 às 11:11 pm

    graças a estas dicas importante, eu fui aprovada no vestibular da unisulma-imperatriz-ma

    Marcos Paulo disse:
    27 novembro, 2007 às 1:34 pm

    Eu queria uma ajuda sobre a redação..

    ADRIANA MARIA LAGES HICKAMANN disse:
    27 novembro, 2007 às 8:04 pm

    MUITO OBRIGADA PELAS DICAS ,FORAM MUITO UTEIS

    Mariá Casado disse:
    3 dezembro, 2007 às 12:27 am

    Muito boas, as dicas!!!!

    Obrigada!

    Jaqueline] disse:
    3 dezembro, 2007 às 2:08 pm

    Oiii

    Eu sou estudante e vou prestar vestibular ano que vem, sei que tenho muitas dificuldades de escrever,eu sei como deve ser feita uma redação mas nao consigo expor minhas ideias e tb não tenho muito assunto ao escrever, ja li varios livros mas nao vejo muito resultado, acho meu vocabulario fraco… Alguém poderia me ajudar a escrever melhor.

    Obrigada

    Geimes Raulino disse:
    4 dezembro, 2007 às 3:27 pm

    Para se construir um bom texto basta primeiramente ter conciência que gênero você estará produzindo, já que há uma enorme diferença entre gênero e tipologia textual. Dessa forma, o conhecimento das estruturas retóricas e elementos de textualidade serão adaptáveis ao contexto de interação do falante.

    Roberto disse:
    4 dezembro, 2007 às 10:35 pm

    Nice.. legal eu vo fazer a redação amanhã 05/11/07
    depois dessas dicas estou bem mais confiante xD

    rosimeire michelini disse:
    5 dezembro, 2007 às 4:50 pm

    por favro preciso com a maxima urgencia de um modelo de redacao que fale sobre seguranca publica,pois tenho dificildade em encontrar as palavras adequadas.obrigada

    andreina disse:
    6 dezembro, 2007 às 6:09 pm

    Tenho uma prova de vestibular e só sei que tenho que escrever no minimo 25 linhas na redação, gostaria de dicas precisas sobre o que não se deve fazer, quais os piores erros cometidos numa redação. grata

    renata disse:
    6 dezembro, 2007 às 10:23 pm

    muito boa essas dicas; ajudam bastante na preparação de uma redação

    vlw

    Nayanne V. Guimarães disse:
    7 dezembro, 2007 às 12:12 am

    Boas dicas!
    Amanhã farei a segunda fase de Direito da UFC,espero usar tais dicas,pois estas me deixaram -de alguma forma- mais tranquila.
    Obrigada!

    danyel disse:
    7 dezembro, 2007 às 8:12 pm

    Vlw plo recado!

    odeto disse:
    9 dezembro, 2007 às 1:51 am

    As dicas são de muita valia, principalmente para quem esta prestando vestibular pela primeira vez!!!!!

    kleiton disse:
    9 dezembro, 2007 às 3:40 pm

    vo utilizar muito…=D

    Marcos disse:
    12 dezembro, 2007 às 2:41 pm

    Obrigado agora está bem mas claro,estarei mas confiante.

    priscila disse:
    14 dezembro, 2007 às 11:42 am

    acho muito importante haver sites como este que servem de base e esclarecimento de dúvidas aos necessitados. E creio que ele deveria ser mais divulgado pois contém grande riqueza e afinal de contas, todo povo brasileiro informado, deve se dar conta do aprimoramento cada vez maior de sua língua, hoje tão miscigenada! A produção desta página está muito congratulada. Deus os abençoe!

    nai disse:
    18 dezembro, 2007 às 7:32 pm

    adorei as dicas me ajudou enfrentar as redações q vem pela frente,valeuuuuuuuuuuuuuu

    Carol disse:
    20 dezembro, 2007 às 3:46 pm

    MuitOO boOm adorei…
    Vai mim ajudar muito na prova q vou fz…
    Valeu

    Eloisa disse:
    6 janeiro, 2008 às 8:05 pm

    caaaara, muito²² bom😀
    adorei de mais, de mais as dicas…
    e vou usa-lás sempre ! ( b r i g a d a ) :*

    flaverton disse:
    7 janeiro, 2008 às 8:58 pm

    me de uma ideia como fazer uma redação,
    infinitivo e dessertativo do verbo nação.
    obrigado

    kelly disse:
    10 janeiro, 2008 às 2:34 am

    eu gostei das dicas mais vc tem ki colocar mais claramante neh? pq eu naum entendo muito de redaçao

    Lorrane Louise Dalamora Pereira disse:
    15 janeiro, 2008 às 6:41 pm

    Estas dicas com certeza serão de bom uso. Claro, se houve um jeito de fazer uma redaçao e automaticamente ela ser, avaliada e assim revelando os erros e os bom pontos , seria de melhor ajuda.
    Contudo muito OBRIGADA!

    george disse:
    19 janeiro, 2008 às 6:11 pm

    manda mais dicas, se você poder mandar para meu e-mail serei muito grato!!!

    george disse:
    19 janeiro, 2008 às 6:15 pm

    creio que se tivesse exemplo nas dicas de um boa redação seria muito mais proveitoso meu e-mail e george.doutto@gamail.com

    Gabrielle disse:
    22 janeiro, 2008 às 3:47 am

    muuuuuito legaal =D

    Raquel... disse:
    25 janeiro, 2008 às 6:13 pm

    Adorei essas dicas, minha prova da Estácio é amanha e só cairá redaçao.
    vocês me salvaram!=P

    Depois eu mando o resultado!

    beijkssss

    =***

    pablo disse:
    27 janeiro, 2008 às 5:40 am

    Muito bom , mas poderia dar macetes também , algo mais além do que todo mundo diz sobre como fazer uma redação.

    aramis menezes disse:
    27 janeiro, 2008 às 2:12 pm

    legalLL
    vai me AjduAr
    um bukadoooo

    ….maSSa!”’¢

    camila disse:
    14 fevereiro, 2008 às 10:41 pm

    adorei!!!!!

    vou fazer uma boa redaçao agora

    mim ajudou mt essas regras!!!!!!!

    Celly disse:
    18 fevereiro, 2008 às 10:44 pm

    Olaaá!

    As dicaas serão bem aproveitadaas!

    Obrigadaa!

    BeijoO!

    =)

    juliane disse:
    19 fevereiro, 2008 às 5:58 pm

    e muito legal esse assunto ele pode no ajuda a escrever uma boa redaçao

    sara disse:
    19 fevereiro, 2008 às 6:11 pm

    bom amei esse site tem dicas super maneiras concerteza me ajudaram em um futuro bem próximo.

    marize disse:
    21 fevereiro, 2008 às 11:07 pm

    agora concerteza aprendi muita coisa voces não sabem o aproveito.

    paulo diego disse:
    24 fevereiro, 2008 às 6:36 pm

    essas dicas ja estao mais q menmorizadas na minha cbça

    obg……

    marcos disse:
    25 fevereiro, 2008 às 7:04 pm

    muito obridado as dicas sao otimas

    anielle disse:
    9 março, 2008 às 3:53 pm

    preciso fazer uma redação para escola, e não estou conseguindo. preciso de ajuda.
    se alguém quiser me ajuda.
    add ai msf_nikinhaa@hotmail.com

    Pedro disse:
    11 março, 2008 às 4:16 pm

    Acho q vou precisar muito dessas dicas. Pois sou muito fraco em redação!

    Cláudia disse:
    17 março, 2008 às 12:02 am

    bah…Vlw!!
    =D

    karen silva theodoro disse:
    19 março, 2008 às 2:10 pm

    obrigada pelas dicas, agora vou salvar esta pagina no documentos, pois é muito importante saber disso.
    by, kisses

    karen silva theodoro disse:
    19 março, 2008 às 2:19 pm

    Obrigada pelas dicas.
    Agora vou evitar cometer erros em redações.
    minhas redações na escola são muito boas pois a professora disse que eu tenho uma boa dissertação.

    joão carlos disse:
    20 março, 2008 às 3:56 pm

    Preciso de uma ajuda! Gostaria de saber se: Qualquer que seja o tema de uma redação, ela poderá ser “Narrativa”? independentemente do tema? me ajudem!!!

    JUNIOR (PARINTINS) disse:
    22 março, 2008 às 2:13 pm

    Boaaa…^^

    dan disse:
    23 março, 2008 às 7:18 pm

    Este site é muito útil,com certeza muita gente vai aprender a escrever de forma correta.valeu

    Mahara disse:
    23 março, 2008 às 10:38 pm

    Muito obrigada por essas dicas, acho que vou melhorar, estou horrível em redação, se puder envia mais dicas pro meu email. Valeu!

    Davi disse:
    24 março, 2008 às 5:01 pm

    obrigado pelas dicas me ajudaram muito tirei dez
    no meu trabalho

    douglas oliveira rosa disse:
    26 março, 2008 às 10:51 pm

    oi eu quero saber a origem do meu nome…

    Douglas

    Celso Borges disse:
    28 março, 2008 às 8:28 am

    gostaria que me ajudase

    lukaa disse:
    1 abril, 2008 às 5:58 pm

    vai de ferraaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    Romerio santana disse:
    2 abril, 2008 às 9:10 pm

    Suas dicas são super legais,parabens.

    deborah disse:
    3 abril, 2008 às 2:38 pm

    Poow!! qro ajuda pra fazer uma redação!! sabi, eu nunca fiz curso pra redação, mas não sei como, tiro excelentes notas!! Só preciso de ajuda, dicas, sei lá, para eu fazer bonito no vestibular!! Mas, esse site é excelente!!!!

    marcos disse:
    8 abril, 2008 às 7:20 pm

    gostei muito da dica
    vai se muito lucrativa

    Bruno Marques disse:
    12 abril, 2008 às 6:56 pm

    vlw pelas dicas vão ser muito utéis

    Lari Nóbrega disse:
    13 abril, 2008 às 1:52 pm

    Rapaaaz vai ser mais do que util ;D

    Mateus Felipe durães disse:
    14 abril, 2008 às 5:44 pm

    Boas dicas valeu mesmo vão ser muito uteis

    angela cristina disse:
    20 abril, 2008 às 4:04 pm

    Agradeço as dicas!!
    Espero que me ajudem ,pra prestar o enem.

    Júlia L. disse:
    24 abril, 2008 às 7:26 pm

    Oi!
    eu adorei esse site, mas eu queria algumas dicas para fazer uma cronica argumentativa…
    valeu!

    Izaias de Castro disse:
    5 maio, 2008 às 5:56 pm

    Gostei, vou aproveitar essas dicas, elas são interessantes para minha redação.

    Jordana disse:
    6 maio, 2008 às 5:17 pm

    Adorei essas dicas concerteza irei usa-las para o vestibular da UFPB.

    raphael disse:
    12 maio, 2008 às 6:27 pm

    será bastante útil para a minha prova amanha aqui na minha escola(CEFET-RN)…OBRIGADO!!!

    Flavia Cavalcante disse:
    15 maio, 2008 às 6:37 pm

    Gostei muito, espero consegue aplicalas corretamente, sem entar em contradição.
    OBRIGADO!!!!
    UM ABRAÇO, BEIJOOOS

    ANGELA VASCONCELOS disse:
    21 maio, 2008 às 11:58 pm

    Este site é muito bacana!
    Gostei das dez dicas rápidas, irão me ajudar muito!

    Um abraço.

    aline gabriela disse:
    23 maio, 2008 às 2:29 pm

    vai ser muito importante!

    Jorgeta =D disse:
    26 maio, 2008 às 4:41 am

    são boas dicas,
    Me facilitara a escrita de uma
    futura redação.
    Obrigado!

    André Luiz disse:
    27 maio, 2008 às 4:13 am

    Espero aplicar as dicas corretamente.
    Desde já muito Obrigado.
    :André

    Reginaldo Galdeano disse:
    27 maio, 2008 às 10:22 pm

    Valeu mesmo pelas dicas… Foram muito esclarecedoras. Parabéns!

    raiane disse:
    29 maio, 2008 às 7:01 pm

    Gostei muito de site, ajuda as pessoas que nessecita desssas informaçoes muito importante, brigada..

    Ivanise disse:
    30 maio, 2008 às 12:45 pm

    ♥ adorei ♥ ☻ valeu, mesmo ☻ ♥ que DEUS elumine seus caminhos♥
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    ♥♥♥♥♥♥♥
    ♥♥♥♥
    ♥♥

    leonilson disse:
    30 maio, 2008 às 10:41 pm

    muito brigado pelas dicas gostei.

    Andeya disse:
    2 junho, 2008 às 4:53 pm

    Adorei essas 10 dicas pois elas vão me ajudar,a fazer o enem esse ano.bjs E muito obrigado!!!

    hervelle disse:
    2 junho, 2008 às 9:28 pm

    muito boa as 10 dicas parabens

    Marianne disse:
    2 junho, 2008 às 11:23 pm

    Adoreii as dicas!!
    Mais eu queria um site,
    q era so pesquisar o q a
    gente queria e aparecese!!
    tipo: redação/Brasil o país que vivemos!!
    Daí aparecesse vários tipos
    de redações, q daí,
    eu pudesse escolher
    uma e copiar ela!!
    beijos!!

    Letícia disse:
    4 junho, 2008 às 9:20 pm

    Nossa, eu nunca fiz uma redação, e tenho vestibular semana q vem, e precisava muito dessas dicas!
    Muito obrigadaaa
    =]

    dulce disse:
    5 junho, 2008 às 12:26 am

    como posso fazer uma boa redaçao para uma seleçao de emprego?

    Edgar Rodrigues disse:
    8 junho, 2008 às 2:47 am

    Vou participar de um processo interno na empresa onde trabalho e a redação será item de suma importancia ,certamente as dicas apresentadsa me ajudarão muito…

    grato, ed

    Alexei disse:
    15 junho, 2008 às 11:17 am

    goistei dessas dicas gente

    PATI disse:
    18 junho, 2008 às 3:50 am

    Muito legal mesmo…irei fazer o vestibular agora em 2008 21/06 …estou muito anciosa pois é o meu primeiro vestibular espero que essas dicas fortaleça mas meu entendimento e que Deus me de sabedoria na hora da prova…

    Luan Honorio disse:
    19 junho, 2008 às 2:49 pm

    È muito bom ter esse site para nos vertibulandos nos reciclar e fazer uma boa prova.

    gustavo disse:
    19 junho, 2008 às 10:59 pm

    obrigado pelas dicas elas ajudaram muito xau xau

    karoline disse:
    23 junho, 2008 às 5:59 pm

    OBRIGADAAA
    pelas dicas pois me vizeram ganhar um capeonato de redaçao
    bjoÕ
    xau

    nayara soares disse:
    24 junho, 2008 às 1:26 am

    brigada pelas dicas ,são ótimas!!!!!!!!!

    Adynha disse:
    25 junho, 2008 às 12:48 am

    Simplismentee PERFECT [/)]

    Mirian disse:
    26 junho, 2008 às 1:41 pm

    oi quero uma dica sobre começa uma boa redaçao pois vou fazer uma prova para presta infermagem e preciso dessa dica muito. obrigada

    VITOR disse:
    26 junho, 2008 às 2:43 pm

    Muito boa essas dicas, obrigado

    roberta disse:
    27 junho, 2008 às 11:21 pm

    vai servi muito…
    Espero!Beijos p todos q leram!
    OBG!!!

    alex disse:
    1 julho, 2008 às 1:38 pm

    eu agarantcho!!!!!!!!!

    Lília disse:
    2 julho, 2008 às 3:27 pm

    Muito boa essas dicas ………..

    isis disse:
    2 julho, 2008 às 4:42 pm

    essas dicas são maravilhosas para quem quer fazer uma boa dissertação!!!
    obrigado pelas dicas!!!
    muito grata!!

    Bianca disse:
    3 julho, 2008 às 12:25 am

    aah achei muito boom,
    pois, vou participar das Olimpíadas de português,
    e tem que saber essas regras !

    RAYANE disse:
    7 julho, 2008 às 1:29 pm

    EU TAMBEM GOSTEI MUINTO

    LETICIA disse:
    7 julho, 2008 às 1:32 pm

    EU GOSTEI MUINTO DESSAS DICAS SAO IMPORTANTE

    RAILLA disse:
    7 julho, 2008 às 8:37 pm

    Adorei as dicas, vou prestar bastante atenção na hora da redação e se DEUS quiser vou me sair bem!

    Genailda disse:
    8 julho, 2008 às 12:59 pm

    Adorei as dicas.
    Pois sou uma pessima redatora, mais com essas dicas vou tentar me aprimorar.
    se poder mandar mais alguma dicas e exemplos de redação para meu e-mail serei muito grata.
    Desde já obrigado!

    Joana disse:
    10 julho, 2008 às 9:19 pm

    Adorei as dicas obrigada….

    Guilherme disse:
    13 julho, 2008 às 10:36 pm

    Obrigado, espero me aprimorar com essas dicas.

    carol bazzo disse:
    14 julho, 2008 às 12:28 am

    mto legal,vai ser bem aproveitado….

    Nuca disse:
    15 julho, 2008 às 12:28 am

    Ola por favor me ajudem faz 10 anos que conclui o 2º grau e nao consigo mais fazer uma redação vou fazer a prova do enem e o ponto principal é a redação por favor me ajudem.gratos

    maria jose de souza portilho disse:
    15 julho, 2008 às 11:50 pm

    obrigado….pois vcs estão de parabens….que me aprimorar cada vez mais……….

    romim disse:
    16 julho, 2008 às 10:33 am

    muito bom vai me ajudar bastante!

    everson disse:
    18 julho, 2008 às 12:13 pm

    Obrigado espero fazer uma ótima redação com essas 10 dicas.

    jonas marques disse:
    20 julho, 2008 às 2:16 pm

    valeu Geime Raulino,me ajudou demais…

    Danielle disse:
    22 julho, 2008 às 5:11 pm

    obrigadooo …
    parabens…
    espero mim dar muito bem nas minhas redaçoes, com essas dicas!!!

    Jaquison disse:
    23 julho, 2008 às 1:40 am

    muito obrigado pela dica, e eu espero faser um otimo enem.

    Dione* disse:
    28 julho, 2008 às 1:07 am

    adorei estas dicas!
    tenho ctz q contribuirá para fazer a redção do ENEM!

    Carla Lorrane disse:
    28 julho, 2008 às 1:32 pm

    Muito obrigado pelas dicas, me foram muito uteis!!!
    Meu caso nao e o vestibular, mas vou fazer uma prova pra conseguir uma bolsa de estudos.

    Cleitiene disse:
    3 agosto, 2008 às 9:21 pm

    Oii.. as dicas são legais mais eu queriia que vocês me mandassem um site, para eu fazer a redanção e eles darem as notas. Na verdade quero testar minha capacidade poiis vou precisar muito disso. Muito Obigadaa’ Vlw mesmO BeeijOs

    Cleitiene disse:
    3 agosto, 2008 às 9:24 pm

    Oii vcs poderiam me enviar um site de que eu possa fazer uma redação. Pois na verdade quero testar meus conhecimentos.

    luciane disse:
    6 agosto, 2008 às 12:23 pm

    acho q as dicas deveriam ser mais objetivas….

    PRISCILA RIBEIRO disse:
    7 agosto, 2008 às 3:03 am

    Adorei as dicas de redação, vou fazer o vestibular sem medo.Mais lembrando sempre das regras de uma boa redação.obrigada!

    Andreza disse:
    8 agosto, 2008 às 11:01 am

    Essas dicas serviran para abrir minha mente, como se fosse uma aula de ortografia que ajuda a escrever melhor e com mais atenção nas letras e cada palavra.
    na escrita aprendemos diversas formas e maneiras de se escrever uma carta, dissertação ou uma redação.Tudo se torna tão simples quando aprendemos uma língua tão importante como o português,e ele se torna tão bonito quando falado de foma corréta.

    KALYTON disse:
    9 agosto, 2008 às 1:40 am

    Alguem saberia fazer uma redação impecavel.
    tema:DESMATAMENTO
    ????????????????

    marta abiel disse:
    12 agosto, 2008 às 7:20 pm

    Olá
    Adorei as dicas, me ajudou muito,espero que ajude muitas pessoas.
    Deixo aqui um pedido:
    vocês poderíam também colocarem algumas amostras de redação.
    Valeu!

    Márcia disse:
    12 agosto, 2008 às 11:20 pm

    Olá,
    Muito legal as dicas, espero que me ajudem nas minhas próximas redações

    vitor disse:
    13 agosto, 2008 às 12:45 am

    Cara
    Depois Deçaz Dikah eo vu fz umaz redassção cenccaçiosnal Parabeins> Nota deis pro ocê

    gustavo disse:
    13 agosto, 2008 às 4:21 pm

    Eu não estou aqui para criticar quem escreve mal ,mas sim os que acham que escrevem bem…pois estes são os piores exemplos que nós brasileiros temos,devido a sua ingnorância para com o proximo,
    todos merecem respeito.

    sou gustavo estou me formando em técnico agrícola e exijo respeito com as pessoas carentes de leitura.

    alessandra disse:
    14 agosto, 2008 às 5:45 pm

    ótimas as dicas!!! parabéns.

    wilton disse:
    14 agosto, 2008 às 6:28 pm

    Adorei as dicas,será de uma grande importância pra mim.Obrigado!

    Maik disse:
    15 agosto, 2008 às 2:59 pm

    adorei as dicas são muito boas, espero que me ajude nessa prova do enem, pq na ultima fui um fracasso.

    obrigado!!!

    Gabriele disse:
    16 agosto, 2008 às 8:15 pm

    Será muito útil pra mim essas dicas, porque eu iraei fazer uma prova de vertibular e tenho dúvidas em fazer redações então.
    Obrigado(a) pelas dicas e que tenha mais dicas sobre isso.
    beijos

    pedro jorge disse:
    20 agosto, 2008 às 1:25 pm

    valeu por causa desses detalhes eu feixei a prova amei o sit

    KATTARINA disse:
    23 agosto, 2008 às 6:44 pm

    DEPOIS DESSAS DICAS PASSEI NO VESTIBULAR COM NOTA 10 EM REDAÇAO, HA ANTES QUE EU ME ESQUEÇA FOI A NOTA MAIS ALTA TAMBÉM!!!
    VALEU MESMO VIU

    ricardo disse:
    25 agosto, 2008 às 1:32 am

    preciso fazer uma redaçaão com o seguinte tema o que você mais gosta no brasil e nos brasileiro e o que vc menos gosta nos mesmos so que eu nunca fiz uma redação antes e nao sei como fazer será que vc spoderiam me ajudar agradeço desde já

    Aparecida disse:
    25 agosto, 2008 às 1:39 pm

    as dicas serão bem aplicadas nas minhas próximas redações
    Valeu apena !

    Rose disse:
    25 agosto, 2008 às 1:50 pm

    Caro colegas, bom dia!!!

    Preciso urgentemente de ajudas, pois as minhas provas a maioria são dissertativa.E preciso imensamente aprender como faço uma dissertação, quase peguei DP o semestre passado, e estou com muito medo nesse semestre. Alunos, Professores, graduados,escritores,diretores em fim, mundo me ajude.
    me adicionem no msn assim podemos nos falar e acredito que poderei tirar mais duvidas.
    MSN: rosealmeida73@hotmail.com

    Fico no aguardo de um breve pronunciamente de algum anjo para me ajudar

    grata.

    luciana disse:
    26 agosto, 2008 às 12:14 pm

    nao sei se vai ser ultio mais depois volyo para falar como foi

    liza guedes disse:
    26 agosto, 2008 às 7:04 pm

    boa tarde!!!
    gostei muito das dicas,mais gostaria de ver alguns modelos de redaçaes!!!
    muito obrigada pela ajuda.

    maxwell igor disse:
    27 agosto, 2008 às 1:32 pm

    ficou bem claro pra mim agora.
    espero me dar bem no enem…
    porém deveria ter faldo sobre organização de idéias!!
    porque nisso eu não sou muito bom!!
    thanks

    michelly disse:
    27 agosto, 2008 às 11:22 pm

    muito bom agora posso fazer minha redação perfeita

    obrigadão

    Heloisa disse:
    28 agosto, 2008 às 9:19 pm

    vlw gnt…vou fazer o enem e tudo o q eu precisava era d ‘dicas’ afinal isso conta mto neh…
    nunk me axei mto boa em redação neh mas…
    vo tentar…rsrs

    ^^

    leidi disse:
    29 agosto, 2008 às 2:26 am

    gostei das explicações
    obrigado

    Núbia disse:
    29 agosto, 2008 às 10:45 am

    Tenho pavor de redação!
    Gostei muito das dicas, elas irão me ajudar bastante.

    Wially disse:
    29 agosto, 2008 às 11:28 am

    valeu pela dica♣♣♣ Essa dica foi muito importante para mim! Essas árvores significa que quero mais dicas!♥♥♥, e os corações muito obg.☺ olha minha cara de feliz☻ tô mais feliz ainda… agora vou fazer várias redações♦♦♦,essas 3 estrelas, quero desejar muito sucessos com essas DICAS!!!☺☻♥♦♣♠•◘

    joeliton pimenta disse:
    29 agosto, 2008 às 2:45 pm

    muito boa essas dicas vlw

    emelly disse:
    29 agosto, 2008 às 9:06 pm

    muito boa essas informações.Tiraram muitas duvidas que eu tinha.

    Fernanda disse:
    30 agosto, 2008 às 4:41 pm

    adorei as dicas!

    Boa sorte a todos!

    afonso diogo disse:
    30 agosto, 2008 às 5:59 pm

    Valeu…

    foi otimo essas dicas…

    é de muita inportancia que esse saite continue sempre dando essas dicas pa quem vai fazer uma redação.

    obrigado!

    rafael disse:
    30 agosto, 2008 às 7:02 pm

    gostei sera muito util para prova do Enem desse ano

    [i][b]•Vanessa• disse:
    30 agosto, 2008 às 7:28 pm

    nOooossaaaa….amei as dicaSs..vão ser muitO úteiss….muitO ObrigadOo!!

    ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    valéria silva disse:
    30 agosto, 2008 às 8:13 pm

    Olá pessoal …
    bom espero ser bem no enen pois tirei minhas duvidas agradeom muito
    grata

    tatiana da silva castro disse:
    31 agosto, 2008 às 1:31 am

    como fazer minha redação?

    tatiana da silva castro disse:
    31 agosto, 2008 às 2:13 am

    Olá espero que alguem possa me ajudar a tirar uma dúvida, nao consigo começar uma redaçao, tenho dificuldades, alguém poderia me dar uma dica de como começar?

    isinha disse:
    31 agosto, 2008 às 4:15 am

    gostei da explicação ajuda bastante sem contar q esclarece muito nossas duvidas mas se nas provas não´pedisse redação seria bem melhor rsrsrsr

    Daniela disse:
    3 setembro, 2008 às 5:34 pm

    Estas dicas ajudou muito na hora que eu fui fazer o vestibular!!!!!!
    muito obrigado!!!!!

    Danii!!!

    luiza renatha disse:
    7 setembro, 2008 às 6:00 pm

    obrigada mesmo pelas dicas eu estva precisando bastante …
    valeu …
    me esclareceu muito a minha forma de como vou ajir para escrever uma otima disssertaçao ..

    Danielle Magalhães disse:
    9 setembro, 2008 às 10:37 pm

    Vocês são simplesmente BRILHANTES!!!!!!
    Esse site era justamente o que eu estava procurando!! Encontrei diversas dicas que irão melhorar muito o meu texto. Eu não estava indo bem no texto dissertativo, com essas dicas já dá para dar uma melhorada. Uma coisa que, ao meu ver, faltou foi como começar e algumas dicas de como ter idéias para a construção do texto. Na hora de escrever os argumentos parece que vem “um branco” e eu não tenho idéia nenhuma. Não sei se há dicas para esse tipo de problema, mas se houver, vocês podiam acrescentar no site. Outro detalhe que também poderia ter era como estruturar o último parágrafo. Parece que nas minhas redações eu coloco conclusões grandes demais e eu não sei como deveria ser. Se vocês puderem me ajudar e ajudar outras pessoas que têm as mesmas dificuldades que eu, acrescentem esses três pontos. O site já é maravilhoso, com isso vai ficar perfeito!! =)
    PARABÉNS
    e
    OBRIGADA

    Vinicius Aguiar disse:
    10 setembro, 2008 às 2:33 pm

    muito útil estas dicas !
    de certa forma q nós podemos usufluir disso
    nesse website ! :]

    aushuahsuahsu

    mais é útil mesmo

    sangi disse:
    10 setembro, 2008 às 9:01 pm

    eu estou com dificuldades pra fazer uma redação

    Hugo disse:
    13 setembro, 2008 às 9:25 pm

    adorei essas dicas elas foram e vão ser muito util
    muito obrigado!

    Livestaih disse:
    16 setembro, 2008 às 4:10 pm

    Não Intendi muito + vou tentar usar o o que intendi…

    Cougo disse:
    17 setembro, 2008 às 4:06 am

    Dicas boas para aqueles que não têm nenhuma noção de como fazer uma dissertação pois elas são muito básicas. Se alguém puder adicionar ao site dicas mais complexas fico grato e peço que entrem em contato comigo caso isso ocorra.

    rayana disse:
    18 setembro, 2008 às 4:46 pm

    essas 10 dicas mim ajudou muito no trabalho que o prof passou de última hora. gralas a deus que eu achei…♥♥♥ minha nota é… 10

    silas peres gonsalves disse:
    18 setembro, 2008 às 8:14 pm

    vou ter que um vestibular e tenho que fazer uma redaçao de petroleo e as como fasso

    flavinha disse:
    18 setembro, 2008 às 9:04 pm

    valeu msm dez dicas a menos na minha cabecinha rsrsrs bjão

    wellington disse:
    21 setembro, 2008 às 2:13 pm

    adorei obrigado, vou tentar mim aprimorar com essas digas

    marco disse:
    24 setembro, 2008 às 12:21 am

    Otimas dicas, obrigado a me ajudar

    monica alessandra disse:
    25 setembro, 2008 às 4:26 pm

    essas dicas vão ser de grande valia para mim.
    foi muito de bom ato,voces pensarem em postarem dicas como essas…
    atenciosamente

    Raphaell Embraymovitt disse:
    25 setembro, 2008 às 7:31 pm

    são dicas muito boas, mas faltou apenas uma que é importante, o habito da leitura,que ajuda muito na diversidade das palavras à serem usadas em uma redação.
    tatiana eu também sinto muita dificuldade em começar uma redação,mas quando eu vo fazer uma dissertação vejo alguns exemplos na internet de como começar!

    raiza disse:
    25 setembro, 2008 às 11:19 pm

    é eu sou pessima em redação essa dicas forão muito importantes pra mim,já ajuda umm poucoooo…vlw

    Ana Paula da Silva Pinto disse:
    29 setembro, 2008 às 8:10 pm

    Até que eu domino o assunto de uma certa forma, porém tenho algumas dificuldades que tentarei melhorar com o tempo…A leitura também nos ajuda bastante, então pessoal vamos ler que iremos melhorar nossa escrita.
    Dicas muito uteís que farei o possivel para usa-los…

    Muito obrigada…
    Grande bjO*
    Ana Paula – 18 anos

    albert disse:
    1 outubro, 2008 às 1:49 am

    adorei as dicas,esse site é 10

    Natalí disse:
    3 outubro, 2008 às 2:55 pm

    Bah…eu odeio português…mais estas dicas vão me ajudar, eu acho…shuahsua;….

    ariel disse:
    5 outubro, 2008 às 2:02 am

    otimo site para fazer pesqisas sobre redaçao muito obrigado

    ariel disse:
    5 outubro, 2008 às 2:04 am

    quando a minha professora corrigiu a minha redaçao eu nao gostei muitos erros eu disse para mim vou surprendela

    elisiane disse:
    7 outubro, 2008 às 4:56 pm

    Como fazer uma boa redaçaõ de NOCÕES DE DISSERTAÇÃO…

    raphael disse:
    7 outubro, 2008 às 8:26 pm

    olá, adorei beijos, rapha_255@hotmail.com

    João Benthivys disse:
    10 outubro, 2008 às 1:08 pm

    vai me ajuda bastante!

    hellen disse:
    11 outubro, 2008 às 9:52 am

    eu uso todas essas dicas mais, minhas redaçoes ainda falta no vestibular sempre tem menor nota sera que faço que a redaçao nao fika legal? bjus

    sandra mara santos de jesus disse:
    15 outubro, 2008 às 5:44 pm

    as dicas são excelente, mais preciso fazer uma carta argumentativa, na linguagem padrão sobre um produto defeituoso, queixando-me ao fabricante e requerendo a substituição do produto, não sei como fazer help
    urgente

    Raniel disse:
    15 outubro, 2008 às 6:50 pm

    Pocha, espero que de certo essas dicas, n
    ão sou muito bom para redação.Tenho uma teste para fazer!
    As dicas são boas valeu !

    Igor disse:
    15 outubro, 2008 às 10:05 pm

    Muito bom mesmo! Ira me ajudar muito no conquista de uma vaga em uma das escolas mais concorridas do Brasil.
    Depois direi o resultado.valeu mesmo muito util.

    camila disse:
    17 outubro, 2008 às 2:19 pm

    acho q essa dicas vao me ajudar muito para conseguir minha bolsa de estudos valeu
    boa sorte a todos

    leticia disse:
    17 outubro, 2008 às 7:35 pm

    adorei as dicas
    isso ja vai ajudar bastante
    valeu!!!!!!!!!!!!!!

    murillo disse:
    18 outubro, 2008 às 8:32 pm

    é muito util, se eu fosse fazer uma redaçao

    AK disse:
    18 outubro, 2008 às 10:11 pm

    VALEU PELAS DICAS MAS VS PODIA POR UMAS DICAS AI DE COMU ESCREVER UMA CRONICA

    Mayla Estrela disse:
    20 outubro, 2008 às 11:42 am

    amei esse site ele me ajudou muito a fazer a minha redação e a minha nota é de: 10,0 ♥♥

    Fagno Vieira disse:
    21 outubro, 2008 às 2:19 pm

    Olá obrigado pela dica de como fazer uma boa redação, pois isso será de grande valia pra eu
    usar no vestibular,.

    deby disse:
    21 outubro, 2008 às 3:54 pm

    essas dicas foram uteis para mim por isso acho que vou ter um bom desempenho na minha prova . Valeu !!! beijos!!!!!!!!!!!!!

    roninha disse:
    25 outubro, 2008 às 9:57 am

    obrigado pelas dicas…beijinhos

    alan jorge l. santos. disse:
    27 outubro, 2008 às 7:04 pm

    Gostei muito das dicas de redação e erie tirar uma boa nota na minha prova. alan: servo do Deus de abraão ,isaac e jacó.

    Diego disse:
    28 outubro, 2008 às 5:44 pm

    gostei muito vai me ajudar bastante na prova do Senai

    vlwwwwwwwwwwwwww

    sara lina dos santos nunes disse:
    30 outubro, 2008 às 12:39 pm

    gostei,essas dicas vâo me ajudar bastante
    só espero que consiga,pois fazer redaçao
    é muito complicado.

    mellisa disse:
    30 outubro, 2008 às 4:58 pm

    Adorei essas dicas! Graças a elas consegui obter um ótimo resultado na avaliação do meu colégio. Tirei a nota mais alta da sala, um 95. Nunca mais vou esqece-las. Obrigada!!

    Tamires disse:
    30 outubro, 2008 às 5:04 pm

    Até que domino um pouco a redação… no entanto dicas são sempre ótimas. Elas nos ajudam a crescer. Todavia é muito importante que tenhamos um conhecimento, a respeito do tema relacionado, sem isso você pode até saber todas as dicas mais jamais vai obter um bom resultado, por tanto é importante que estejamos sempre atualizados. O que não é dificil já que temos tantos meis de informação.

    gigi disse:
    31 outubro, 2008 às 12:28 pm

    amei essas dicas vao me ajudar muito na prova da escola militar.obrigado!

    Paulo Anápolis GO disse:
    31 outubro, 2008 às 4:07 pm

    Gostei bastante das dicas…
    Muito úteis !!!!
    =D

    silvio disse:
    31 outubro, 2008 às 6:06 pm

    È muito bacana tomara que me ajude no vestibular e no concurso que vou fazer obrigado

    Pedro Romualdo disse:
    2 novembro, 2008 às 12:02 am

    Valeu gente, dicas muito boas! Vou usá-las para redigir meus textos de redação. Um abraço a todos!

    Vera. l. S disse:
    2 novembro, 2008 às 9:32 pm

    Muito bom as dicas , venho treinando sempre que posso,tenho dificuldade em digitar textos pôs fujo do asunto. O que fazer?
    Agradeço…

    Carlos disse:
    4 novembro, 2008 às 4:06 pm

    Comentario numero 333, muito boas as dicas

    Raiane disse:
    8 novembro, 2008 às 12:16 am

    Obrigado, me ajudará bastante com um concurso q vou prestar amanhã. Adorei as dicas, muita coplexas e curtas. Farei uma excêlente redação!

    Lais Guttier disse:
    10 novembro, 2008 às 10:19 pm

    Otimas sujestões vou prestar unesp fuvest e cefet colocarei em pratica as dicas x)

    Pedro disse:
    10 novembro, 2008 às 11:12 pm

    Valeu!
    Já utilizei estas dicas e me dei bem na redação.

    Jéssica disse:
    12 novembro, 2008 às 12:48 am

    Nossa eu estou desesperada,pois vou presta vestibular esse ano no dia 16 e 17,e não sei o fazer,pois não sou muito boa nas palavras
    e nem em fazer redação…e confeso que to com medo
    de cai um tema e não saiba fala…aff
    vou ficar doida..

    “Mas valeu pelas dicas muito boas,mas te peço mim ajude por favor”

    bjs

    Raonny disse:
    12 novembro, 2008 às 2:51 pm

    adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii vai me ajuda

    Juliana disse:
    13 novembro, 2008 às 12:56 am

    Adorei as dicas..
    Espero q me ajudem amanhã
    bju*
    ~*

    Raphael disse:
    15 novembro, 2008 às 2:48 pm

    Otimo cara.. vaii ajudar muito..
    abraçoss

    Soraya disse:
    15 novembro, 2008 às 8:16 pm

    gostei muito desse site… quem não sabe fazer redação, com essas dicas faz uma redação tranquila.

    denise mantovani disse:
    17 novembro, 2008 às 1:14 pm

    eu adorei esse blog e muito bom, ele tirou minhas duvidas sobre possiveis erros de redaçao

    patrich disse:
    17 novembro, 2008 às 1:43 pm

    este site é um a forma muito importante de ajuda aqueles que não sabem fazer redações, principalmente aqueles, cuja parecm carregar uma arma na hora de fazer sua redação, pois vivem matando a lingua portuguesa

    Leo disse:
    22 novembro, 2008 às 12:16 pm

    nota 10 vai me ajudar d+

    Andréa disse:
    23 novembro, 2008 às 9:50 pm

    adorei tbm muito
    brigado…

    camila pacheco disse:
    24 novembro, 2008 às 12:05 am

    Eu achei que o que vcs estão aferecendo as pessoas pela internet esta sendo bem util.
    Essas dicas vão me dar uma otima ajuda.
    bjs
    gostei

    joab de souza disse:
    24 novembro, 2008 às 3:30 pm

    eee ja ouvir muito isso mais agora
    vim mim tocar qui e muito importante

    brigadão…

    Kaah disse:
    24 novembro, 2008 às 9:56 pm

    uiiiiia,obriigada pelas diicas. quiinta e sexta(27 e 28/11/08) terei SARESP e preciiisarei😀

    ilo carlos disse:
    25 novembro, 2008 às 7:39 pm

    huhuhuh!!!
    muito bom essa dica
    valeuuuuuuuuuu

    Natalia dos santos silva disse:
    25 novembro, 2008 às 10:53 pm

    Adorei essas dica, tenho certeza que mim ajudará muito agora e no futuro. Obrigada por se preocupar com nosco!!!

    carol disse:
    27 novembro, 2008 às 12:08 pm

    gostaria q vc me mandasse dicas e uma narrativa porque preciso fazer uma otima redaçao por favor o mais rapido possivel

    jônatas disse:
    27 novembro, 2008 às 1:44 pm

    ô essas dicas vai me ajudar muito num concurço que eu vou faser bom d+
    muito obrigado para quem colocou isso na net !!!!!!!!!!!

    MááH disse:
    27 novembro, 2008 às 10:29 pm

    ESSAS DICAS SÃO MUITOS FUNDAMENTAIS..!
    BEIJUSS

    ray xavier disse:
    28 novembro, 2008 às 12:32 pm

    parabens e obrigado vai ser muito util para miha prova ta valeu bgdão…

    Juliana disse:
    28 novembro, 2008 às 1:04 pm

    Olá!
    Gostei bastante das dicas.
    Sinto dificuldades para me adequar aos novos gêneros textuais exigidos pela comissão de vestibular do meu estado (Pernambuco) e por isso decidi consultar as pessoas que compõem este espaço.

    O meu principal questionamento é: qual é a diferença entre uma dissertação tradicional e um comentário opinativo?

    Muito obrigada pela atenção!

    vânia disse:
    30 novembro, 2008 às 12:19 am

    ajudará no vestibular amanhã

    Willame disse:
    1 dezembro, 2008 às 12:25 am

    Fiz uma prova hoje seguindo essas dicas depois eu falo o resultado.

    nayara disse:
    2 dezembro, 2008 às 8:12 pm

    muito obrigado pelas dicas sao todas otimas vou faser uma redaçao hoje. para o curso de hotelaria muito obrigado mesmo voce é demasi ……..bjux

    FABIO VILLA disse:
    3 dezembro, 2008 às 3:38 am

    ainda tenho 17 mais ja estou sendo cobrado por todos eles que ver o meu estudo como estár isso e legal e inportante para todos na faculdade o q vale mais ponto é a redação então de uma olhada q vc vai amar esses topicos para uma boa redação valew

    Juliana. disse:
    3 dezembro, 2008 às 5:25 pm

    Muito bom!
    ajudou bastante:)
    brigada ;*

    Allysson disse:
    3 dezembro, 2008 às 10:31 pm

    Oh!!!

    Gostei muito dessas 10 (dez) Dicas tenho apenas dez anos e estou fazendo um vestibulinho.Isso será muito útil para mim .

    Allysson disse:
    3 dezembro, 2008 às 10:33 pm

    Amei as

    10 dica
    ESSE SITE E 10

    leandro nonis disse:
    4 dezembro, 2008 às 12:24 pm

    Muito boa essas dicas, vai ser muito útil no meu futuro…PARABENS!!!

    havner disse:
    6 dezembro, 2008 às 1:32 am

    eu espero que me ajude nas provas de concursos valeu
    muito bom !!!!!!!!!!!!!

    Ed disse:
    7 dezembro, 2008 às 2:05 pm

    VAleu cara!!!

    Eu vô fazê Um teste Seletivo HOJE, e CONCERTEZA esse POST meu ajudou muito!!!!

    Abraços

    carol disse:
    8 dezembro, 2008 às 10:05 pm

    estas dicas são otimas , mas poderia acreçentar as principais regras de uma boa redação,tipo acentuação, paragrafo, dissertação e etc…

    claison disse:
    9 dezembro, 2008 às 10:50 am

    foi muito esclarecedor mais gostaria que vcs mandacem mais coisas sobre o asunto, ficaria muito grato valeu .

    gatao disse:
    11 dezembro, 2008 às 12:40 am

    agradeço desde já as dicas q esta nesse site!
    e espero fazer uma boa redaçao, com essas dicas tirei varias duvidas da minha mente.
    agradeço a ajuda.

    ewerton disse:
    11 dezembro, 2008 às 3:44 pm

    eu agora vou fazer melhor as minhas redações
    valeu para quem fez as dicas
    obrigado

    karen disse:
    11 dezembro, 2008 às 10:21 pm

    Adorei… Esse site me ajudou bastante…

    Obrigadoo

    Alberto (maninho) disse:
    12 dezembro, 2008 às 10:40 pm

    Esse site é um sucesso para quem não esta preparado para fazer uma redação!!!muito style parabéns a todos vcs que fazem parte…

    marly disse:
    13 dezembro, 2008 às 2:12 am

    legal isso vai me ajudar muito.

    valdir silva disse:
    17 dezembro, 2008 às 2:56 pm

    bom dia a todos adorei as dicas sao maravilhosas.se nao for de mas e vcs poderem me mandarem 5 temas porsiveis da atualidades que possa cair na prova do concurso da policia militar da bahia ficarei muito grato um abraço a todos fiquem com Deus

    Hiago Antunes disse:
    18 dezembro, 2008 às 2:27 pm

    Muito boas essas dicas, vão ser muito utieis, pois vou fazer uma prova para um curso tecnico e a redação é a parte mais importante da prova

    Jonathas disse:
    21 dezembro, 2008 às 12:38 am

    Mito obrigado pelas dicas vão servi de muita ajuda Deus abençoe….

    jedielson maciel gonzaga disse:
    26 dezembro, 2008 às 4:53 pm

    muitissimo obr. Essas dicas com certeza, irao servir de primeira na redaçao q eu fizer !”!!!

    muito agradecido0o0o0o

    osnir disse:
    31 dezembro, 2008 às 6:16 pm

    Muito obrigado pelas dicas elas vão me ajuda muito para,eu min da bem nas redações que vim erem daqui por diante,obrigado que Deus te abençoe,e que meu Deus me ajude…

    michelly disse:
    7 janeiro, 2009 às 11:48 pm

    Vaii ser Utiil!!!
    Vamos ver se vou sair beim…..

    Obriigadoo

    Germana disse:
    9 janeiro, 2009 às 1:02 am

    Muito importante essas dicas

    elma alves disse:
    9 janeiro, 2009 às 10:34 am

    Ai gente muito bom, valeu mesmo. Vçs são 10
    bjos..

    elaine disse:
    11 janeiro, 2009 às 5:01 pm

    Adorei as dicas, serão muito uteis para o vestibular!

    Eliann Caroline disse:
    16 janeiro, 2009 às 3:12 am

    mto boom essas dicas!!!vai ser mto essencial…eu tava precisando msmo oO…vlw!

    Silvia disse:
    17 janeiro, 2009 às 4:48 pm

    muito boa as dicas;

    valdeyr disse:
    18 janeiro, 2009 às 2:15 pm

    Toda redaçao que eu tinha feito estavam boas,
    mais depois dessas dicas elas vão ficar muito
    melhor melhor,obrigado perlas dicas .

    jose disse:
    19 janeiro, 2009 às 3:50 pm

    muito boa essas dicas pode ajudar bastante

    LILIAN disse:
    23 janeiro, 2009 às 12:12 pm

    valeu! eu precisava saber disso.

    Erica de Oliveira disse:
    24 janeiro, 2009 às 7:04 pm

    “Todos artigos que venham contribuir para um melhor aprendizado é sempre muito legal quando informado para todos. Esse site e de muita valia para nós que pensamos prestar vestibular a dicas são sensacionais.”

    aline disse:
    24 janeiro, 2009 às 11:39 pm

    muita boa essas dicas…amei mesmo.
    mim ajudaram muito…valeu.♥

    Jessyca de Paula Pereira disse:
    25 janeiro, 2009 às 4:05 pm

    Na verdade eu queria era umas redações prontas já sabe😀
    Só que tudo que eu encontro é Dicas –‘
    Mais tudo bem isso já ajuda muito, OBRIGADA !

    welaine disse:
    27 janeiro, 2009 às 1:48 pm

    cara adoreiii,muito bom, tenho certeza que essas dicas ajudará muito…
    valeu

    mauricio disse:
    27 janeiro, 2009 às 2:06 pm

    Eu, um aluno de 3°ano, estou numa apreenção danada, pois 2009 é o ano que irei por em prática tudo o que aprendir no decorrer de minha vida. E é por esse motivo que estou recorrendo as essas informações, pois sei da importância da redação para um bom desempenho no vestibular. Valeu pelas as informações, creio que irão me ajudar bastante.

    Jhiii... disse:
    29 janeiro, 2009 às 5:09 pm

    Nossa!As melhores respostas encontrei aqui agora,estou iniciando o 3º ano do Ensino Médio, e quero de imediato começar a me preparar para o vestibular em 2010[…]E, Obrigada Por esclarecer minhas dúvidas!.:)

    Jean Lucas disse:
    29 janeiro, 2009 às 10:35 pm

    Nossa, tentarei um vestibular esse ano, vai ser muito difícil….. mas com essas dicas, sei que conseguirei….

    (Ótimas)

    Aline Castro disse:
    30 janeiro, 2009 às 2:36 am

    Vlw vai me ajudar bastante … Obg!

    a estudiosa disse:
    30 janeiro, 2009 às 2:29 pm

    esse site e bom d+
    eu amei as dicas eu adoro saber sobre redaçao ainda mas agora q eu vou ter q fazer varias ´provas de redaçao essas dicas vao ajudar d+

    valeu

    viviane saraiva disse:
    3 fevereiro, 2009 às 2:06 am

    ADOREI TODAS AS DICAS COM CERTEZA VAI ME AJUDAR MUITO
    VOU MANDAR VER NAS REDAÇÕES,COM FÉ EM DEUS PRINCIPALMENTE NO VESTIBULAR QUE EU QUERO ME SAIR BEM,VALEUUUUUUUUUUUUUU

    viviane saraiva disse:
    3 fevereiro, 2009 às 2:12 am

    MUITO OBRIGADA,ESTOU MUITO FELIZ DE TER ENCONTRADO ESSAS DICAS PRECIOSAS.

    marcelino chaves ferreira disse:
    3 fevereiro, 2009 às 5:31 pm

    Obrigado pelas as dez dicas continua assim porque só pessoas como vocês é que alimenta a alma do ser humano!!!

    phablo guedes disse:
    3 fevereiro, 2009 às 9:50 pm

    muito obrigado pelas dicas elas me ajudaram muito a estudar para fazer o meu vestibular

    andeson disse:
    4 fevereiro, 2009 às 7:38 pm

    gostei muito da dica espero que mim ajude na hora de fazer uma redação vlw mesmo…

    italo disse:
    6 fevereiro, 2009 às 3:22 pm

    gostei muito dessas dicas,valw ter lida cada uma e tenho certeza de q vai me ajudar muito.

    Thaís disse:
    9 fevereiro, 2009 às 10:13 pm

    Muito bom! Valeu a pena! Valeuuuuuuuuuuuu!

    Cris disse:
    9 fevereiro, 2009 às 10:15 pm

    Gostei muito mesmo, foi muito proveitoso! Dicas muito importantes! gostei muito!

    Beatriz silva disse:
    11 fevereiro, 2009 às 3:19 pm

    Muito obrigada, essa dicas são otimas, vão me ajudar bastante, sei que agora vou ver com mais facilidade os erros nas redações que irei fazer.

    josimara disse:
    12 fevereiro, 2009 às 7:28 pm

    SIMPLESMENTE MA-RA-VI-LHO-SO EU ADOREI COM ESSAS DICAS TEM TODA A CERTEZA DE QUE IREI ARREBENTAR NESSA PROVA VALEU DE VERDADE TCHAU!

    odemar disse:
    14 fevereiro, 2009 às 8:47 am

    nao sei o que seria de min se vcs e essas dicas.xtou muito agredecido pois minha redação foi um show todo mundo da sala gostou até a professora .xau bjocas

    Jocimayra disse:
    18 fevereiro, 2009 às 4:46 pm

    Eu adorei msm essas dicas vlw msm galera!!

    Juliana disse:
    20 fevereiro, 2009 às 10:26 am

    Será mt útil essas dicas.

    lilian disse:
    25 fevereiro, 2009 às 9:21 pm

    Vou fazer o concurso da pm-ba outra vez, o último que teve foi em 2007, me sai bem na prova mas a minha redação, miericórdia…, foi realmente uma negação. Espero ter melhor sorte dessa vez, ainda mais agora com essas dicas importantes. Obrigada gente e torçam por mim

    lilian disse:
    25 fevereiro, 2009 às 9:24 pm

    Oi sou eu outra vez, se vcs souberem de algum endereço on-line ( e 0800) que eu possa mandar minha redação para corrigir por favor me deem ou dêm a dica valeu!

    Andréia disse:
    26 fevereiro, 2009 às 9:12 pm

    Olá…muito importante e fundamentais essas dicas,
    adorei…
    bjs…

    elane disse:
    27 fevereiro, 2009 às 12:19 am

    uma ótima dica pra quem está começando!
    vale a pena…
    gostei muito e quero continuar visitando o site para aprender mais e mais,muito obrigado foi de ♥

    handelvania disse:
    28 fevereiro, 2009 às 6:04 pm

    oi adorei estas dicas, mais redação é muito ruim de emtrar em minha cabeça mesmo assim as dicas são muito boas.

    vitbella disse:
    4 março, 2009 às 2:47 pm

    Gostei dessas dicas.
    É muito importante para fazer a minha prova
    do enem ..
    Valew.

    GUILHERME disse:
    4 março, 2009 às 9:24 pm

    boas dicas vlw

    Danielly disse:
    5 março, 2009 às 1:57 pm

    Dicas boas , irei fazer uma boa Redação … Obrigado !

    Cleyson disse:
    6 março, 2009 às 8:13 pm

    Valeu apena consultar suas dicas !!!

    Cleyson disse:
    6 março, 2009 às 8:13 pm

    valeu a pena !!!

    Antonio Anunciação disse:
    6 março, 2009 às 9:04 pm

    obrigado pelas ,belas dicas!!!

    Ada Jéssica disse:
    8 março, 2009 às 1:22 am

    Amei as dicas…Foram muito bem utilizadas.

    Obrigada e continue assim!

    Bjs!!!

    Carol disse:
    9 março, 2009 às 2:10 am

    oi adorei estas dicas, mais redação é muito ruim de entrar em minha cabeça, mesmo assim as dicas são muito boas. [2]

    RUI disse:
    10 março, 2009 às 12:43 am

    ESSA PAGINA E MUI SHOW

    rodrigo disse:
    10 março, 2009 às 12:45 am

    espero que me ajude

    Maria das Graças da Hora Nascimento disse:
    11 março, 2009 às 3:12 pm

    11 de Março 2009. adorei encontrar estas dicas de rdação, pois já tem 29 anos que desistir de estudar, só este ano retornei ás aulas. espero ser bem sucedida em minhas redações. pois já estou com 52 anos de idade.

    Raquel disse:
    12 março, 2009 às 1:21 am

    Essas dicas são ótimas !
    Agradeço desde já pela ajuda !

    renato disse:
    12 março, 2009 às 11:21 pm

    ótima dica para quem deseja fazer uma perfeita redação…

    Gilmara disse:
    18 março, 2009 às 6:16 pm

    olá,
    passando para agradecer pelas dicas, ameeeeeei ….
    tenho certeza que com essas dicas agora saberei fazer uma boa redação.

    Miih :) disse:
    19 março, 2009 às 8:24 pm

    DICAS MUITO BOAS,
    ME AJUDARAM MUITO!
    MUUUUUITO OBRIGADO.

    raisy disse:
    19 março, 2009 às 11:02 pm

    adorei as dicas… otimas

    Renata disse:
    21 março, 2009 às 8:45 pm

    adoreiii… amais falta mais detalhes para essas dicas ficarem perfeitas!!!

    deu pra entender ate….

    samara disse:
    23 março, 2009 às 5:16 pm

    essas dicas são muitos uteis.
    vo tenta usa todas na minha redação do vestibular.

    Ítalo disse:
    23 março, 2009 às 10:14 pm

    Muito boa as dicas
    elas iram ajudar bastante
    na minha avaliação.
    obg!!!

    douglas disse:
    24 março, 2009 às 2:31 pm

    vai ser uma boa dica pra minha redação

    Bruna Jatobá disse:
    31 março, 2009 às 5:12 pm

    Olá galera,
    Adorei as dicas sobre redação…
    Irei fazer uma prova nessa quinta,e é uma redação.
    Obrigada gente..

    jenifer disse:
    1 abril, 2009 às 10:22 pm

    bah,eu tenho só 12 anos
    e estou na 6 serie e estas
    dicas me ajudaram muito,
    agora quando a professora
    de portugues me pedir para
    fazer uma redaçao,
    eu tenho ceerteza que eu
    vou ir bem
    muito obrigada

    Tiago Vegan disse:
    2 abril, 2009 às 4:31 pm

    pow vlw mesmo pela dicas
    espero q elas me ajudem
    odeio portugues espero melhora!!!

    Lais disse:
    4 abril, 2009 às 11:44 am

    Obrigado
    consegui melhorar muito a minha redação .
    so não entendo como e que é fazer uma redação dissertativa dando seu objetivo ou solução para algo.

    Gabriel Èzio disse:
    7 abril, 2009 às 5:10 pm

    Ola,boa tarde esses macetes são muito importante,para fazer uma redação.)

    Muito Útil.😛

    pedro disse:
    7 abril, 2009 às 8:08 pm

    obrigado…ajudou

    claytoon disse:
    9 abril, 2009 às 4:33 am

    Nao consigo fazer uma redaçao
    Descente nao Tem Como me mandar uma
    Redaçao Com o Titulo (Eu sou assim)
    Para Serviir Como Exemplo!

    arielle disse:
    14 abril, 2009 às 5:01 pm

    hum… boas dicas, com certeza me ajudará bastante,meus professores ja alertaram do quanto é importanate a dissertação no vestibular. obrigado

    Pamela Oliveira disse:
    15 abril, 2009 às 11:30 pm

    Gostei dessas dicas, me ajudará muito.

    Obrigada!!!

    Diego Silva disse:
    16 abril, 2009 às 5:26 pm

    Com toda certeza, foram ótimas dicas vlw !

    uala luis lima damasceno disse:
    20 abril, 2009 às 11:10 pm

    gostei muito das dicas espero aprender muito con elas vou passar para os amigos. obrigado

    kamila disse:
    21 abril, 2009 às 1:39 pm

    bom valeu muito pela dicas como fazer uma boa redacão

    Olegário disse:
    3 maio, 2009 às 10:54 am

    Excelentes dicas, vou usá-las em concursos públicos. Com frequencia participo dos concursos abertos em minha região.

    Maria Elizabete (bete) disse:
    7 maio, 2009 às 1:52 am

    Oi gente amei essas dicas tenho q fazer enem esse ano.
    procurei na google como fazer uma redação e acabei encontrando esse site e foi otimo aprendi como fazer uma redação e vi q não é só eu q tinha duvidas sobre redação
    amei.
    tenho uma duvida!
    sera que vou passar no enem com a minha redação?
    kkkkkkkkkkk
    fiquem com DEUS…

    Bruna Vieira disse:
    8 maio, 2009 às 1:42 pm

    Valew, Muito show as dicas

    maxsuel disse:
    30 junho, 2009 às 1:46 pm

    muito boas essas dicas gostei muito !

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s