Lendas e Mitos Brasileiros

lendas e mitosAs lendas são relatos anônimos que tentam explicar determinados fatos e mistérios da vida por meio de episódios heróicos ou sobrenaturais, geralmente misturando realidade e fantasia. Os mitos são narrativas simbólicas que associam as forças da natureza e os aspectos da condição humana a fatos vivenciados por deuses, heróis ou seres sobrenaturais. Conheça alguns exemplos de lendas e mitos brasileiros.

Boto: rapaz bonito, charmoso e envolvente que encanta as moças nos bailes, leva-as para a beira de um rio e as engravida. Antes da madrugada, mergulha nas águas e transforma-se em boto. Mito característico da Região Norte.

Boitatá: cobra de fogo protetora da natureza, que mata aqueles que queimam os campos sem necessidade. Foi o primeiro mito brasileiro de que se tem registro, num relato de padre José de Anchieta de 1560. Nos estados do Nordeste, o boitatá é conhecido também como fogo que corre.

Curupira: anão cabeludo e de pés virados para trás, protetor das matas. É considerado o responsável pelo desaparecimento de caçadores, índios e de todos aqueles que causam danos aos animais e à vegetação.

Lobisomem: mito universal, é um homem que se transforma em lobo nas noites de lua cheia e ataca aqueles que cruzam seu caminho.

Mãe-d’Água: a versão brasileira da sereia de origem européia. Metade mulher, metade peixe, costuma atrair os homens com seu canto e levá-los para o fundo das águas, onde habita.

Pisadeira: uma velha de chinelos que surge no meio da noite e pisa sobre a barriga das pessoas, provocando falta de ar. Personificação do pesadelo, geralmente “ataca” quando as pessoas comem demais e vão dormir com o estômago cheio.

Matintapereira: pequena coruja que canta, durante a noite, anunciando a morte de alguém. Em algumas regiões, é uma mulher grávida que deixa seu feto na rede ou na cama de quem não lhe dá fumo.

Mãe-de-ouro: bola de fogo andarilha que indica os lugares onde se encontra ouro. Também toma a forma de uma mulher que passeia luminosa pelos ares. Em certas regiões, é uma mulher que mora nas grutas, atrai homens casados e os leva a abandonar a família.

Mula-sem-cabeça: mulher que teve um romance com um padre e, por isso, se transforma na noite de quinta para Sexta-Feira da Paixão num animal que galopa soltando fogo pelas narinas.

Porca-dos-sete-leitões: mulher que namorou um padre e, por isso, se transformou num animal semelhante a um porco. Aparece no meio da estrada grunhindo com seus sete filhotes. Em algumas regiões, é considerada a personificação do diabo.

Saci: menino negro de uma perna só que fuma cachimbo e usa um gorro vermelho que lhe confere poderes mágicos. O saci adora provocar as pessoas com suas travessuras preferidas: queimar a comida, espantar o gado, assustar viajantes solitários nas estradas com gargalhadas e assobios e, durante a noite, dar nós nas crinas dos cavalos.

Fonte: Almanaque Abril

Anúncios

11 comentários em “Lendas e Mitos Brasileiros

  1. Gostaria de saber se vocês podem me esclarecer quais os pontos que diferem e os que convergem entre os mitos e as lendas? Se não houver possibilidade, já agradeço bastante, o artigo acima me foi bastante útil! Obrigado!

  2. put’s esse site é muito show,mas eu acho que em cada exemplo de lendas e mitos eu gostaria que colocasse da onde surgiu cada uma delas!!!! muito obrigado**

    =] =] =] =]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s