Como Superar o “pé na bunda” (dicas para as mulheres)

Postado em Atualizado em

vai passar Duas mulheres que a partir de suas experiências pessoais (em outras palavras, levaram o pé na bunda), as californianas Marmi Kamins e Janice MacLeod escreveram o livro”Vai Passar!”, um que pretende ajudar mulheres que acabam de separar do parceiro dejeito bem humorado. Tem tudo no livro: dicas que vão desde dicas mudar o visual do lar a casa até receitas caseiras de beleza para se sentir melhor.

Na primeira parte do livro, as autoras ensinam a superar o luto da perda. Indica livros, filmes e conta experiências das duas ao passar pela mesma situação.

Os capítulos seguintes tratam de como reconstruir a vida após o rompimento.
Traz dicas sobre o que fazer com o tempo livre e ensina a alimentar o relacionamento das mulheres consigo mesmas. Ao final, o livro mostra como voltar ao cenário da paquera.

Leia a seguir o primeiro capítulo do livro:

O Luto do Dia Seguinte

A fase mais dolorosa de um rompimento, em geral, é o começo. Conforte-se ao saber que você provavelmente esta passando pela pior parte. Que alívio! Essa é uma boa notícia. Ao estudar a arte da perda, uma verdade está sempre presente na experiência de qualquer pessoa. Quando algo que não queremos acontece em nossa vida -tenhamos ou não nos preparado para isso–, inevitavelmente fazemos a mesma coisa: tentamos afastar o problema. Pessoas ricas, pobres, sem defeitos, estrelas de cinema, grandes estilistas, todos. O primeiro instinto inevitável de todos nós é varrer para baixo de tapete o que não queríamos que tivesse ocorrido.

Então, se você quer afastar esses sentimentos ruins, não podemos culpá-la: rompimentos não são divertidos. Contudo, quanto mais profunda for a sua dor, sobretudo se você ousar senti-la, maior será o prazer quando tiver superado essa fase. Se você está disposta a passar por sentimentos desagradáveis e conviver com eles, experiências ricas a esperam quando essas sensações passarem. Se você se der um tempo para cicatrizar, será recompensada com uma vida mais rica e mais completa do que jamais imaginou.

Negar a verdade parece bom…no início

Agora que você está enfrentando um período de luto e está escondendo seus sentimentos, saiba que eles não vão embora. Se você não lidar com o rompimento, suas emoções se intensificarão e se infiltrarão em seu dia-a-dia quando você menos esperar.

Lembre-se: é natural querer colocar de lado o que não queremos sentir; entretanto, quando resistimos, fazemos o que costuma ser denominado “negar a realidade”. Como você sabe que está passando por esse processo? Você sente sua vida mais pesada. Tudo o que faz -levantar pela manhã, ir para o trabalho, cuidar de si mesma-é inacreditavelmente difícil. Você sente que qualquer coisa pode fazê-la passar dos limites. É como se estivesse empurrando a si mesma através dos dias. Viver dessa forma parece inútil e cansativo. A melhor coisa a fazer é encarar a dor, a raiva, a confusão e assim por diante, para que se possa superar tudo isso agora mesmo.

Como superar tudo isso agora mesmo

É mais fácil falar do que fazer. Felizmente há uma luz no fim do túnel. Você pode aceitar o que está sentindo e esperar que passe. Ainda bem, porque sentir é realmente muito simples. Primeiro, pergunte-se o que está acontecendo em seu corpo e o que você tanto quer esquecer. Deixe que os sentimentos se apresentem. Não acredite que é preciso chegar a respostas concretas.

Então, pergunte-se se isso é o que quer sentir -apenas por enquanto. Os sentimentos não têm que ser prazerosos, e você pode querer mudá-los. Pergunte-se se consegue desistir do desejo de mudar o que está acontecendo e deixe para lá apenas por hoje. Isso é tudo o que temos a fazer. Acomode seus sentimentos e lhes dê espaço para que se expandam. Eles vão embora, nós prometemos.

Vivemos em uma cultura tão racional que é fácil nos perder em palavras enquanto tentamos nos entender. Somos facilmente enganadas, não pelos sentimentos, mas pelo esforço incrível que fazemos para entender o porquê. Neste exato momento, deixe tudo ficar como esta, não é preciso saber a razão. Simplesmente permita-se ficar de luto.

Autoras: Marni Kamins e Janice MacLeod
Editora: Publifolha
Páginas: 180
Preço: 19,90
Onde encontrar: Nas principais livrarias, pelo telefone 0800-140090 ou no site da Publifolha

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s