Leitura I

Postado em

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO
PROFESSOR IVAN CARLO (GIAN DANTON)

Formato: e-book/ PDF
Código: VBO
© VirtualBooks 2003,
Capa Antonio Eder
Idioma: português

Disponibilidade: Grátis para você para baixar agora!

Trechos do livro eletrônico

 

INTRODUÇÃO

Durante dois anos fui professor de teorias da comunicação. Depois disso, tenho ministrado módulos de pós-graduação em assuntos que acabam retornando às teorias que analisaram o fenômeno da comunicação. Nesse meio tempo, seja com o objetivo de produzir apostilas para meus alunos, ou apenas como um exercício de raciocínio, acabei produzindo muitos textos na área.

Este livro é a reunião desses textos. Eles não apresentam uma linha detalhada, com todos os assuntos estudados em teorias da comunicação, mas sua leitura pode ajudar a compreender alguns dos temas trabalhados em sala de aula.

Os artigos vão desde os comportamentos coletivos frente aos meios de comunicação de massa à teoria do caos, passando pela semiótica, pelo funcionalismo, pela escola de Frankfurt e até pela contracultura.

Antes dos textos em si, um comentário sobre o título. Porque teorias, e não teoria? Até há pouco tempo o nome dessa disciplina era no singular. A mudança não foi só ortográfica. Ela reflete a percepção de que nenhuma teoria conseguiu explicar perfeitamente um fenômeno tão complexo quanto o dos meios de comunicação de massa. Algumas teorias são extremamente bem-sucedidas em determinados recortes de realidade, mas falham em outros. Conhecer os vários teóricos que se debruçaram sobre a comunicação permite uma visão mais ampla de mundo, especialmente para o profissional da área.

PÚBLICO, MASSA E MULTIDÃO

“É uma grande desgraça não poder estar só”
LA BRYÈRE citado por EDGAR ALAN POE

Em 1840, o escritor norte-americano Edgar Alan Poe publicou um texto, depois classificado pelos organizadores de suas obras completas como conto filosófico. “O Homem das Multidões” é narrado por um homem que vai a Londres fazer um tratamento de saúde e se diverte observando, do saguão do hotel, a multidão que passa na rua.

No começo, o narrador vê apenas uma massa indistinta. Em breve, porém, desce aos detalhes e consegue ver padrões de roupas, comportamentos, jeitos de andar. Vários públicos se descortinam à sua frente: escreventes, homens de negócio, advogados, homens de lazer…
À certa altura, um homem chama sua atenção. É um velho entre 60 e 70 anos. Sua fisionomia apresenta um misto de triunfo, alegria, terror e desespero.

fonte: Virtual Books

Anúncios

3 comentários em “Leitura I

    mirian disse:
    24 abril, 2007 às 8:01 pm

    minha senha do email é “matematica é 10”

    mirian disse:
    24 abril, 2007 às 8:02 pm

    caso queiram falar comigo

    KEROLAYNE disse:
    27 novembro, 2008 às 2:31 pm

    EU QUERIA SABER COMO FAÇO PARA CONSULTAR MEU DICIONARIO AURELIO QUE EU TENHO NO COMPUTADOR.MUITO OBRIGADO

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s