Técnicas de Redação

Postado em Atualizado em

Ultrapassar a barreira entre o pensamento e o papel em branco não é uma tarefa fácil. Por tanto, você tem todo direito de ter dificuldades em redigir um texto. O fundamental você já possui: a capacidade de pensar. Basta agora aliar sua força de vontade à prática de escrever. Vamos começar?Então, pegue o lápis, o papel e…o que foi? Está difícil começar?Vamos pensar um pouco: A característica principal de um texto bem redigido está na qualidade de seu conteúdo.
Para tanto, é imprescindível estar bem informado sobre o tema à ser discutido. A veracidade das informações, sejam elas históricas, científicas, culturais, deve ser respeitada. Isso não significa que você deixe de questionar a respeito, pois um bom texto depende muito do seu teor crítico acerca da realidade. Assim, podemos dizer que:

Você pode apoiar-se no conhecimento já existente da nossa cultura ocidental.

ou

Você pode questionar o conhecimento já existente, desde que conheça bem o tema.

O ideal é nos esforçarmos para escrever nossas próprias idéias, preocupando-nos com o bom senso, mas sem manter uma postura reacionária, acreditando numa verdade absoluta. Há que se lembrar que não existe um conteúdo neutro: sempre existe um questionamento à se fazer, tanto do leitor quanto de quem redige o texto.

Prática: Antes de começar a escrever, lembre-se que o importante é dialogar com seu leitor. Primeiro, faça à lápis, deixando suas idéias esboçadas no papel, sem se preocupar com a estrutura formal. Só reescreva, quando sentir-se mais seguro. O tema é “As dificuldades que tenho para escrever”, seu leitor será um aluno cursando o segundo grau . No máximo 20 linhas.

Para lembrar:

Não se critica ou reformula algo que não se conhece bem.
Se não houvesse questionamento ainda viveríamos em cavernas.
O diálogo (do grego dia =movimento através, logos =palavra) com o leitor é fundamental.
É preciso antecipar os questionamentos possíveis do leitor, no sentido de manter um diálogo aprofundado e inteligente.
Já para os gregos, a arte do diálogo tinha o sentido de convencer através da palavra.

São muitas as idéias que permeiam nosso pensamento. Tudo o que você leu, viu e ouviu fazem parte do seu repertório pessoal. Como vimos anteriormente, há um conhecimento pré existente acerca dos fatos históricos, culturais e científicos em nossa cultura ocidental aceitos como verdadeiros. O tempo todo, confrontamos o que já conhecemos com a novidade.
Aceitar ou não é uma questão de juízo de valores. Todo juízo de valor implica em outro que o questiona ou contradiz. Esse processo do pensamento em se questionar e contradizer chama-se dialético. É uma oportunidade de observar a realidade sob vários pontos de vista. Há três momentos no processo dialético do pensamento:

TESE

ANTÍTESE

SÍNTESE

Idéia inicial

Idéia contrária

União dos opostos

A estrutura básica do texto que você escreve corresponde aos três momentos do raciocínio dialético. A principio, temos a introdução, ou seja, a descrição do tema ou idéia inicial. Em seguida, o desenvolvimento: O questionamento em relação à idéia inicial. Finalmente, a conclusão, ou seja, a união dos argumentos mais contundentes de cada idéia.
As três partes que estruturam o texto, também podem ser denominadas: prólogo, corpo e epílogo;começo, meio e fim; introdução, miolo e final;primeira, segunda e terceira parte. O mais importante é compreender que um bom texto depende de uma boa estrutura. Mas, fique tranqüilo. Mais adiante veremos com mais cuidado cada parte da estrutura.

Prática: Pesquise uma notícia recente de jornal. Abstraia do texto a idéia principal e a idéia oposta. Reescreva o texto com suas palavras e adicione a conclusão. Máximo 20 linhas. Seus leitores são estudantes de supletivo para adultos.

Para lembrar:

Dialética é um conceito que define a arte do diálogo.
Para os filósofos marxistas, Dialética é o processo de discussão do real.
Introdução, desenvolvimento e conclusão são as partes que estruturam um ensaio.
O raciocínio dialético deve ser aberto para novas idéias, mas possuir valores sólidos para resistir aos questionamentos.
A estrutura do texto é muito importante. É como a estrutura de um edifício. Imagine o que aconteceria se não existisse?

O texto bem redigido certamente faz o seu leitor pensar sobre o assunto. Portanto, clareza e objetividade acerca do tema escolhido são fundamentais. As dificuldades iniciais para escrever o texto pode estar justamente na delimitação do tema. Ás vezes, o tema escolhido pode ser amplo demais e uma delimitação se faz necessária afim de evitar divagações. A delimitação da idéia central a ser desenvolvida se encontra geralmente logo na introdução.
Ela pode ser explícita, quando o autor se faz presente no texto. Ex: “O que pretendo com esse trabalho é tecer algumas considerações…”. Utiliza-se as primeiras pessoas do singular (eu) e do plural (nós) do verbo. A delimitação pode estar implícita, quando o autor não se faz presente, mas o leitor pode deduzir que o assunto está sendo delimitado.Ex:”Esta obra visa ensinar à todos que queiram aprender a redigir corretamente um texto…”.
Delimitado o tema, a introdução deve ser sucinta, apenas citando o argumento inicial. Não deve ultrapassar oito ou dez linhas, ou seja, um quinto do texto. Exceto em um ensaio curto (10, 15 linhas), cuja a introdução pode se fundir com o desenvolvimento. Os demais argumentos, os dados, as idéias, o questionamento, entram no desenvolvimento do texto.
Este é maior, ocupando três quintos do texto no mínimo. Aqui, você terá a oportunidade de mostrar toda sua capacidade de argumentação e exposição de idéias. Cuidado para não desviar do tema principal ou colocar opiniões desconexas.
Você deverá pensar o desenvolvimento como uma ponte que levará o leitor da introdução à conclusão. Esta última, deve ter um quinto do texto e encerrar a discussão. A não ser quando propositalmente, o autor queira deixar a conclusão para o próprio leitor.

Prática: O planejamento do texto é muito importante para seu sucesso. Não há como começar a escrever, sem ter em mente o tema delimitado, a introdução, o desenvolvimento e principalmente, a conclusão. Escreva um texto de no máximo 30 linhas sobre o tema:”O fim da ditadura e da censura de imprensa no Brasil” Pesquise, enumere os argumentos e possíveis questionamentos antes de começar. Seus leitores serão jornalistas recém formados.

Para lembrar:

A delimitação do texto, seja implícita ou explícita deve ser decisão sua. Mas há situações impessoais que pode parecer presunção usar “eu acho, eu penso”. No vestibular, por exemplo.
Evite introduzir o texto com expressões muito usadas (lugar-comum), chavões.
A introdução deve ser um convite ao leitor para continuar lendo o texto.
Os argumentos do desenvolvimento devem surpreender o leitor. Suas idéias devem ser “saborosas” para atrair sua atenção.
Quando a proporção do texto que você escreve não corresponder ao ensinado, você pode estar com problemas em delimitar o tema. Ás vezes, terminamos “enchendo lingüiça” ou o contrário: ficamos sem ter o que dizer.

fonte: Socipandur

Tech Tags:

17 comentários em “Técnicas de Redação

    elisabetecunha disse:
    23 fevereiro, 2007 às 1:08 am

    Querido ,obrigada pelas dicas……
    Meu filho Rodrigo agora é seu fã!
    Vai ter que vir aqui sempre!!!
    beijos!

    francisca resende magalhaes disse:
    19 maio, 2007 às 8:32 pm

    vou fazer vestibular para nutriçao nao sei nada de redaçao por favor me ajude a ser aprovada a prova sera realizada na dia 16e17/06/2007

    kauana disse:
    21 agosto, 2007 às 6:00 pm

    não sei como fazer um texto dissertativo- argumentativo..
    me ajude por favor…

    marcelo campos de assis disse:
    21 agosto, 2007 às 10:20 pm

    como iniciar uma redaçao, o que deve e o que não se deve em iniciar uma redaçao

    Agildo Silva dos Santos disse:
    27 setembro, 2007 às 3:30 pm

    Como dar objetividade ao texto sem incorrerem deselegancia e grosseria?

    Agildo Silva dos Santos disse:
    27 setembro, 2007 às 3:32 pm

    Qual o risco do uso excesivo de “que(s)” na redação de um texto?

    Agildo Silva dos Santos disse:
    27 setembro, 2007 às 3:32 pm

    Como dar objetividade ao texto sem incorrer em deselegancia e grosseria?

    Jardel Ribeiro disse:
    23 outubro, 2007 às 7:49 pm

    vou prestar concurso para PRF..será o primeiro concurso que haverá redação, por favor tens alguma dica para me sair bem nessa redação ?pois ela será fator maximo de decisão…obrigado. aguardo respostas.

    adriana disse:
    30 novembro, 2007 às 11:34 pm

    estou nessecitando urgente de dicas para texto argumentativos…e como dividir bem a redaçao…valeu…

    Ronaldo O Abreu disse:
    23 dezembro, 2007 às 9:47 am

    Sei que para ser um grande escritor, primeiro temos que ser grandes leitores. Nao sou nem um grande leitor e muito menos um bom escrito. O que eu devo ler para inernalizar um bom conceito de escrita.

    elaine disse:
    21 fevereiro, 2008 às 11:32 pm

    olá, boa noite
    gostaria de saber se voce poderia me ajudar com algumas dicas, textos etc. para que eu possa trabalhar com alunos de 5ª, 6ª e 7ª do ensino fundamental. sao alunos bastante pobres de conhecimentos e nao sabem ler bemm muito menos interpretar. como esse é o primeiro ano que leciono, nao tenho muita experiencia mais gostaria muito de poder ajuda- los. preciso montar uma apostila para trabalhar com eles leitura, interpretaçao e produçao de textos.
    conto com sua ajuda
    um abraço

    Lucia disse:
    3 abril, 2008 às 4:43 pm

    olá, estou procurando emprego, e a maioria das entrevistas , necessita de redacoes e eu nao sei nada, nem começar, preciso de ajuda.

    obrigada.

    amanda disse:
    15 abril, 2008 às 1:00 am

    Olá…
    Bom amanhã vou fzer uma prova d redação Argumentativa…só q qria ter + ou menos uma idéia d como fzer essa redação e me sair bem!!! gostaria muito d passar nela… será q vc pderia me ajudando?
    Fko Grata!!!

    Rafael disse:
    15 abril, 2008 às 2:45 pm

    Bom dia , quem puder me ajudar fico grato desde já, eu tenho uma letra muito ruim e tenho defeito de escrever muito menos acentos, virgulas etc, mais preciso aprender pra prestar concursos , tenho vergonha de escrever de tao ruim que minha letra, conto com a ajuda de algum …

    cilene silva rocha disse:
    25 abril, 2008 às 12:28 am

    gostaria de alguns exemplos de redacoes e temas para q eu possa pratica para um concurso na area administrativa.Confesso q tenho bastante dificuldades mas gostaria q vc me ajudasse para q me sair bem e poder passar no concurso.Desde de já agradeço.

    camila disse:
    8 julho, 2008 às 5:19 pm

    vou fazer enem e sou péssima em redação!
    e agora ?????
    o que eu nvou fazer??
    me ajude!!

    Fernando disse:
    7 agosto, 2008 às 6:53 pm

    Vou prestar concurso p PRF e gostaria de receber algumas dicas, pois tenho muita dificuldade em passar p o papel as minhas ideias. Desde já agradeço

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s