Televisão em Cores ou Televisão a Cores?

Postado em

A televisão é em preto-e-branco.
A televisão é em cores.

tv

Isso é indiscutível. Há um ou outro autor que argumentam que “a cores” se impõe pelo uso. Se você não quiser gerar discussão, opte por televisão “em cores”, forma absolutamente correta.O filme é em preto-e-branco.
O filme é em italiano.
O filme é em preto-e-branco.
O filme é em cores.

Lembremos que, se fosse aceita a forma “a cores”, jamais esse “a” poderia receber acento indicador de crase porque “cores” está no plural e, portanto, o “a” é tão-somente preposição, e não preposição acompanhada de artigo.

Seja como for, a expressão considerada pela quase totalidade dos gramáticos é “televisão em cores”.

Fonte: Maria T. Q. Piacentini

Tech Tags:

Anúncios

3 comentários em “Televisão em Cores ou Televisão a Cores?

    stephanie disse:
    25 março, 2007 às 6:08 pm

    Eu também acho, o termo televisão a cores significa que ela é feita de cores quando na verdade ela projeta cores.Portanto a televisão é em cores.

    Gilberto Rabelo Profeta disse:
    24 fevereiro, 2008 às 11:16 pm

    É uma bela pasqualada esta discussão. Diz-se televisão em preto e branco, mas assiste-se uma imagem em tons de cinza, não há transmissão a nanquim, que resultaria em imagens em preto e branco. Tem-se que respeitar o momento em que forma de se dizer algo se impõe por nascimento natural. Os inventores da televisão, fizeram-na primeiro com imagens em tons de cinza. Desejando assistir imagens a cores como apreciam pinturas a óeo ou gravuras a bico de pena, os inventores usaram os tons de cinza para deles produzir algo que fosse percebido como cor. Como estavam lidando com cores cinza manipuladas desta forma, perceberam que não se tratava de uma cor real, mas uma pseudo-cor, e batizaram a televisão a cores. Se a exigência dos puristas deve ser levada a ferro e fogo, portanto, deve-se ensinar a falar “televisão em pseudo-cores”, que esta é que foi inventada. Como disse, os inventores, para se comunicarem entre si, disseram “a cores”, da mesma forma como quando nasci me deram meu nome. MAIS em http://www.autores.com.br Gilberto Rabelo Profeta, onde se observa que o estudo destas picuinhas é importante, pois tem muita gente sendo reprovada em concursos e em escolas por causa destas pegadinhas.

    Gilberto Rabelo Profeta disse:
    28 fevereiro, 2008 às 5:17 pm

    Sr. Professor: já parou para pensar que não existe televisão em preto e branco, mas em tonz de cinza, sendo desta forma incorreto falar TV em preto e Branco? Há imagens a óleo, a nanquim, a bico de pena. TV a cores se impõe não é pelo uso: foi inventada a televisão em preto e branco, que transmite imagens em tons de cinza. Para desenvolver a TV a cores os pesquisadores simplesmente transformaram os tons de cinza de forma a serem percebidos como cores, cores não sendo, alguém disse que etão era pseudo-cores. Convencionaram entre si que seria televisão a cores para se referir ao que inventaram, televisão em pseudo-cores. E o nome foi bem inventado pela construção de uma locução adverbial com a preposição a semelhante a tantas outras (a moda, a granel, a esmo, a olho nu, e outras tantas com as quais nenhum professorzinho inventou questões de prova do tipo pegadinha. Tem-se sempre que lembrar que Televisão a cores deixa subentendido aparelho de televisão com imagem a cores”. Quereis ir contra o uso de televisão a cores, e achar um nome correto para o aparelho? Deve-se exigir que todos digam “televisão em pseudo-cores”: o nome correto convencerá a algum telespectador?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s