Ambigüidade ou Anfibologia

Postado em

AMBIGÜIDADE ou ANFIBOLOGIA

Significados: 1. Qualidade ou estado de ambíguo: que se pode tomar em mais de um sentido; equívoco; impreciso; incerto. 2. O mesmo que anfibologia: duplicidade de sentido numa construção sintática.

Origem – Do latim ambiguitate.
Formação – De ambíguo + dade (derivação sufixal).
Análise fonética – Am-bi-güi-da-de: palavra paroxítona; am = dígrafo; ui = ditongo crescente oral; onze letras e dez fonemas. An-fi-bo-lo-gi-a: palavra paroxítona; an = dígrafo; i-a = hiato; dez letras e nove fonemas.
Análise morfológica – Substantivo derivado, simples, abstrato, comum, feminino: a ambigüidade, uma ambigüidade.
Plural – Ambigüidades, anfibologias.

Ambigüidade

SEU, SUA, DELE, DELA – Quando os possessivos seu, sua, seus, suas derem margem à ambigüidade, devem ser trocados por dele, dela, deles, delas.

Construções certas e erradas:

Você sabe que eu gosto de seu pai, mas recuso-me a seguir a sua opinião.
Você sabe que não gosto de seu pai, mas recuso-me a seguir a opinião dele.

Você e sua mãe me fazem feliz. Sem o seu apoio, eu não sou ninguém.
Você e sua mãe me fazem feliz. Sem o apoio dela, eu não sou ninguém.

Tenho verdadeira admiração por sua mãe, mas sinto que sua admiração por mim é fraca.
Tenho verdadeira admiração por sua mãe, mas sinto que a admiração dela por mim é fraca.

Sinto que você e seu pai me apóiam. Mas preciso acreditar mais no seu empenho.
Sinto que você e seu pai me apóiam. Mas preciso acreditar mais no empenho dele.

ESPERANDO BEBÊ
Frase ambígua – “Depois dos exames, a médica disse-lhe que estava esperando bebê”.
Duplo sentido – Nessa construção, não se sabe quem estava esperando bebê. A paciente (que foi submetida a exames) ou a médica?
Correção:
Depois dos exames, a médica informou que a paciente estava esperando bebê.
Submetida a exames, a paciente recebeu da médica a informação de que estava esperando bebê.
Depois de ser submetida a exames, a paciente foi informada pela médica de que estava esperando bebê.
Depois dos exames, a médica disse à paciente: “você está esperando bebê”.
Depois dos exames, a média disse-lhe: “você está esperando bebê”.

ENSINANDO A LER
Frase ambígua – “Desde os três anos, meu pai já me ensinava a ler”.
Duplo sentido – Nessa construção, a expressão “desde os três anos” pode ser aplicada ao pai (o que seria absurdo) ou ao filho (sentido mais lógico). Afinal, quem tinha três anos? O pai ou o filho?
Correção:
Desde que eu tinha três anos, meu pai já me ensinava a ler.
Meu pai ensinava-me a ler desde que eu tinha três anos de idade.
Eu tinha apenas três anos, e meu pai já me ensinava a ler.

MATANDO A MÃE
Frase ambígua – “Carlinhos tinha quatro anos quando o pai matou sua mãe”.
Duplo sentido – Quem matou quem? O pai de Carlinhos matou a própria mãe? Ou matou a mãe de Carlinhos?
Correção:
Carlinhos tinha quatro anos quando o pai matou-lhe a mãe.
Quando o pai matou a mãe de Carlinhos, o menino tinha apenas quatro anos.
Carlinhos tinha quatro anos quando a mãe dele foi morta. Quem a matou foi o pai do menino.
A mãe de Carlinhos foi assassinada quando ele tinha quatro anos. Quem cometeu o crime foi o pai do menino.

Tech Tags:

Anúncios

7 comentários em “Ambigüidade ou Anfibologia

    Aluisio Saboya disse:
    8 maio, 2007 às 2:19 am

    rene se for participar do meme mesmo.. manda por trackback e tal fica melhor .. um abraço meu camarada.

    Kaká disse:
    8 maio, 2007 às 5:15 pm

    Sabe o que acho mais engraçado… Ouvimos essas ambigüidades todo dia nos jornais e revistas e ninguém percebe que está errado!

    Boa dica, ainda mais prá mim que prestarei vestibular de inverno… Tenho que anotar toda e qualquer dica que me ajude hehehe!

    Beijos

    durval filho disse:
    14 maio, 2007 às 12:59 pm

    As redações apresentadas divlgadas foram ótimas, espero poder receber outras redações de vários temas e de outros vestibulares, se possível.
    obrigado.

    Karynna disse:
    21 fevereiro, 2008 às 9:35 pm

    eu tenho q fazê prova de português e eu aiinda nñ entendi o q é abiguiidadee
    pouxa mais graças a Deus e ao saite eu consigui
    MUiiiiiiiiiTo obg !X 😀

    Gabii disse:
    18 abril, 2008 às 12:55 pm

    Ameii esse artigo 😀
    eu precisava de explicações e exemplos , e aqui eu achei perfeitamente .
    Ta muito bom o site , muito memso 🙂

    beeeejo :*

    Ebson disse:
    29 outubro, 2008 às 10:19 pm

    Este site explicou com muita autonomia e clareza o assunto ambiguidade ou anfibologia, nada mais que duplo sentido que uma palavra tem.
    Exemplo: A muda, mudou a muda.
    A palavra MUDA aparece duas vezes, cada vez que aparece há um sentido diferente.

    A muda,(ADJETIVO:a pessoa que não fala), mudou,(VERBO: mudar), a muda,(SUBSTANTIVO: uma planta pequena,um broto de planta.)

    Larinhaaaa disse:
    20 novembro, 2008 às 12:42 am

    Gostei muito dessi site porque eu precisava dessas frases pra nota e axei elas até com respostas
    hauahuahuahuaauh
    valeuu pessoal ai do site…
    (=D)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s