História da Língua Portuguesa

História da Língua Portuguesa

Postado em


A “História da Língua Portuguesa
é uma exposição itinerante que tem como objetivo suscitar um melhor entendimento do lugar que a nossa língua ocupa no mundo em que vivemos.
lingua portuguesa
Essa mostra está disponível na Internet, acrescida de uma seleção de “links”, facilitando o aprofundamento dos temas abordados  ou sugeridos.
Visite a exposição aqui 
Anúncios

As Projeções da Língua Árabe na Língua Portuguesa

Postado em Atualizado em

Quando se considera a influência árabe no português, o único aspecto que ressalta é o da contribuição lexical, porque, realmente, não há razões — não houve, pode ser que venha a haver — para suspeitar que qualquer coisa, na área do sistema do árabe para o português, haja aparecido. Admitiu-se, durante algum tempo, que certa aspiração que o espanhol apresenta pudesse, por acaso, haver provindo da forte influência árabe. Mas, para a língua portuguesa, essa hipótese jamais foi formulada. Na área da sintaxe, nunca se admitiu, em hipótese alguma, que algo pudesse haver vindo do árabe, nem para o português nem para o espanhol. O único arabismo ou semitismo sintático que nós temos é, evidentemente, de influência bem tardia e extra-contato. É o caso de Rei dos Reis, Cântico dos Cânticos, um tipo sintático tão integrado dentro da língua árabe, dentro do hebraico, dentro do aramaico, que, no Ocidente, passou a existir como uma expressão de torneio sintático sui generis, mas extensiva a todas as línguas de cultura ocidental. Não se trata, por conseguinte, de um arabismo específico do árabe para o português. É fato estilístico, talvez até posterior àquele contato, talvez até expressão estilística de língua de cultura altamente elaborada.

Então, entre o árabe e o português, os únicos elementos evidentes constituem uma relação do tipo lexical. Entretanto, a partir do momento em que passamos a preocupar-nos muito com o trânsito de uma língua natural para uma língua de cultura, imediatamente começamos a ver que algo se havia passado nesse entrelaçamento das línguas de cultura, da árabe e da cristã; algo, aliás, de transcendente importância se havia passado na Península Ibérica. Porque, quando fazemos a análise do vocabulário do português como língua natural, vale dizer, quando fazemos a análise da emergência daquele sistema românico que se foi, aos poucos, transformando numa das línguas românicas, temos que, como termos básicos, o acervo primitivo do português não vai além de três mil a três mil e duzentas palavras. E por que não vai? Por tratar-se, efetivamente, de uma língua natural. Em que sentido era língua natural? No sentido de que era uma língua com que não se pretendia fazer as elaborações de cultura que somente a instituição da escrita iria permitir.

Leia o resto deste post »

Museu da Língua Portuguesa

Postado em

O Museu da Língua Portuguesa de São Paulo expõe palavras vivas, sem nenhum livro. Reportagem mostra origem da língua e público interage com as obras que estão em todos os ambientes, até no banheiro. Dando uma passadinha por São paulo vale a pena conhecê-lo.

A Formação da Língua Portuguesa com Jorge Couto, Ivo Castro e Claudio Torres

Postado em Atualizado em

Excelente vídeo que explica um pouco mais sobre sobre a história de Portugal e de como a língua portuguesa foi se formando durante os siglos.

Alunos: aproveitam para escuchar o sotaque português. Se necessário veja o vídeo várias vezes. Lembrem-se que para uma boa pronuncia é necessário empenho. Boa sorte! Comentamos na próxima semana na aula, ok?

Português no Brasil

Postado em

Ao Brasil, a Língua Portuguesa foi trazida no século XVI através do descobrimento. Os  indígenas apresentaram grande resistência à imposição da língua dos colonizadores. Além das diversas línguas indígenas, misturaram-se também ao português o espanhol e o francês ( invasões ), as línguas africanas ( tráfico negreiro ) e posteriormente, com a imigração, outras línguas européias ( italiano, alemão e espanhol). A língua também sofreu influência dos veículos de comunicação, com isso absorvemos palavras japonesas, francesas e principalmente inglesas.

Principais Influências na Língua Portuguesa Falada no Brasil:

INFLUÊNCIA

EXEMPLOS

Tupi

Nomes de pessoas: Ubirajara, Iracema..

Nomes de lugares: Ipanema, Copacabana…

Nomes de animais e plantas: tatu, arara, caju, maracujá…

Dialetos africanos

Acarajé, dendê, fubá, quilombo, moleque, caçula… 

Alemão

Níquel, gás…

Espanhol

Bolero, castanhola…

Japonês

Karaokê, camicase… 

Francês

Paletó, boné, matinê, abat-jour (abajur), bâton (batom), cabaret (cabaré)…

Italiano- geralmente termos relacionados às artes e à culinária

Macarrão, piano, soneto, bandido, ária, camarim, partitura, lasanha…

Inglês

Show, software, hamburger

A Língua Portuguesa no Mundo

Postado em Atualizado em

Atualmente, o português é a língua oficial de alguns países (Portugal, arquipélago de Açores e ilha da Madeira, Brasil, Giné-Bissau, Angola, Moçambique, Ilha de São Tomé e Príncipe, arquipélago de Cabo Verde) e em outras regiões é falado por parte da população como um dialeto (Macau, Goa, Damão e Timor).

Como você pode observar, as regiões que falam a língua portuguesa estão intimamente ligadas ao processo colonizador de Portugal.

A Expansão

Postado em

Portugal ficou conhecido pelas grandes navegações. No século XV e XVI, através dos movimentos colonialistas e de propagação do catolicismo, espalhou pelo mundo a língua portuguesa. O português era imposto às línguas autóctones como língua oficial ou modificava-se dando origem aos dialetos crioulos. Foi assim que a língua chegou à América, África, Ásia e Oceania.