Você sabia?

Para Ficar na História

Postado em Atualizado em

Você conhece a expressão:

Devagar com Andor que o Santo é de Barro

É uma expressão que recomenda cuidado.

Suas origens estaria na preocupação de vigários com a imagem de santos em procissões. Ou seja, ao sair da igreja, a estátua era levada nos ombros dos fiéis que andavam apressadamente e algum vigário, preocupado com essa situação, teria gritado a frase.

Veja o vídeo abaixo:

Provérbio parecido a esse seria o “Devagar se vai ao longe”
fonte: Hudinílson Urbano, Revista Língua
Portuguesa, n. 25, 2007

Algumas Teorias sobre a Origem do Nome Brasil

Postado em Atualizado em

A origem do nome do país deu lugar a nada menos que onze hipóteses diferentes, que o filólogo brasileiro Adelino José da Silva Azevedo resumiu em uma só num livro publicado em 1967. Nele prova que se trata de uma voz de procedência celta, embora suas origens mais remotas possam ser rastreadas até os fenícios, que mantiveram um intenso comércio de um colorante vermelho, que se extraía de um mineral cujos principais fornecedores eram os celtas, povo mineiro que explorava jazidas da Ibéria até a Irlanda.pau brasil

Os gregos sucederam aos fenícios no comércio deste produto, a que chamavam ‘kinnabar’, e que passou ao latim como ‘cinnabar’, ao português como cinábrio e ao espanhol como ‘cinabrio’. Uma das características das línguas celtas é a inversão de partículas; assim, a ‘kinnabar’ chamaram ‘barkino’, que daria lugar ao espanhol ‘barcino’, adjetivo que se aplica a certos animais de pele avermelhada e que, com variantes, passou a designar a cor vermelha em várias línguas de influência celta.

Na Idade Média, os artesãos começaram a usar um colorante vermelho extraído da madeira, que na Toscana se chamou ‘verzino’; em Veneza, ‘berzi’ e em Gênova, ‘brazi’, nome que logo designou também a madeira de onde se extraia, conhecida na Espanha como ‘palo Brasil’ ou ‘palo de Fernambuco’, e em Portugal como pau-brasil.
Na época dos descobrimentos, os portugueses guardavam cuidadosamente o segredo de tudo o que achavam e conquistavam, a fim de explorá-lo vantajosamente. Mas não tardou a correr na Europa que haviam descoberto uma certa ‘ilha Brazil’, de onde extraiam o pau-brasil. O gentilício ‘brasileiro’, surgido no século XVI,  inicialmente se referiu aos que comerciavam aquela madeira e, mais tarde, aos portugueses que chegavam ao Brasil em busca de fortuna.

Fonte: Palavra do Dia

Dossiê:Línguas do Brasil

Postado em

iphanVocê conhece o IPHAN? Bom, IPHAN significa: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Eles tem uma publicação eletrônica que vale a pena conhecer. É a Revista do IPHAN. Sua última publicação traz una serie de reportagens   sobre a variedade linguística no Brasil e suas implicâncias  na nossa sociedade. Abaixo um trecho da reportagem Diversidade Verde Amarelo

Mais de 200 línguas, além do português, são faladas no Brasil: cerca de 190 línguas indígenas e 20 línguas de comunidades descendentes de imigrantes. Mas, além delas, é preciso conferir visibilidade também às variações no próprio modo de falar o português. “Todos esses contextos bilíngües são de alguma forma também “bidialetais”, pois contemplam alguma variedade de baixo prestígio do português ou de outra língua lado a lado com a variedade de português convencionada como padrão”, lembra Marilda Cavalcanti, professora do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp…

Vale a pena conferir. Para visitar a página entre aqui

Palavrões da Língua Portuguesa

Postado em Atualizado em

Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconióticopensativo nada mais é do que o indivíduo acometido pela doença pulmonar chamada de pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiose ou pneumoconiose.
Total de letras: 46

Anticonstitucionalissimamente – advérbio que descreve algo que é feito contra os princípios da Constituição.
Total de letras: 29

Oftalmotorrinolaringologista – médico especialista em doenças dos olhos, ouvidos, nariz e garganta.
Total de letras: 28

Inconstitucionalissimamente – advérbio sinônimo de anticonstitucionalissimamente.
Total de letras: 27

Etilenodiaminotetracetico – ácido conhecido como poderoso reagente.
Total de letras: 25

Metilcloroisotiazolinona – é um conservante químico usado em vários produtos da indústria farmacêutica e de alimentos.
Total de letras: 24

Eletroencefalograma – é um exame usado para o diagnóstico e acompanhamento de várias doenças do sistema nervoso.
Total de letras: 19

Ceratoconjuntivite – tipo de inflamação na córnea.
Total de letras: 18

Sugestionabilidade – é uma qualidade psicológica que define a disposição de alguém para receber uma idéia e ser por ela influenciado.
Total de letras: 18

Paralelepípedo – é um prisma cuja base é um paralelogramo.
Total de letras: 14

Para saber mais entra aqui

Projeto Gutemberg

Postado em

project gutenbergAté a data de hoje o Projeto Gutemberg está disponibilizando 166 obras em língua portuguesa de domínio público. Se você não conhece essa iniciativa vale a pena dar uma voltinha por lá.

Visite as obras em língua portuguesa aqui

Ampersand (&)

Postado em

O ampersand (&) ou “e” comercial é um caracter ou símbolo utilizado para substituir a conjunção entre nomes de empresas (daí o seu nome incluir a palavra comercial). Por outro lado, no contexto das linguagens de programação, como C, o “&” simboliza uma operação AND (conjunção) bit-a-bit, enquanto que dois “&&” simbolizam uma conjunção lógica. É uma espécie de monograma que representa a conjunção latina et (mãe de nossa conjunção aditiva E). Trata-se de uma ligatura – combinação do desenho de duas letras num único sinal, usado para aumentar a velocidade da escrita manual – desenvolvida por Marcus Tullius Tiro, secretário de Cícero, o grande orador romano. Para poder registrar os discursos e da correspondência ditada por este último, Tiro, que era um escravo liberto, criou várias formas de acelerar a escrita, sendo por isso considerado o avô da taquigrafia. Embora o traçado do símbolo tenha evoluído até deixá-lo visualmente desvinculado da forma original, em algumas famílias de fontes ainda é possível enxergar as duas letras que ele representa (Wikipedia).

 

Technorati Tags: , ,

Viracopos

Postado em

Você sabe por que o aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo, tem esse nome?viracopos

Segundo o Prof. Luiz Antonio Sacconi, em seu livro NÃO ERRE MAIS! (8.ª edição, São Paulo, Editora Ática, 1986, página 139), Viracopos tem esse nome porque surgiu do fato de estar localizado num bairro de Campinas onde se localizaria a zona de meretrício, local de baderna, arruaça e bebedeira. A conseqüência disso, segundo Sacconi, eram mesas jogadas ao ar e copos virados todas as noites. Iniciada a construção do aeroporto, comentava-se, em tom de galhofa, que o bairro iria ganhar mais um virador de copos (pelos deslocamentos de ar que os grandes jatos iriam provocar). Por causa disso, o aeroporto internacional de Campinas ganhou esse nome: Viracopos.

fonte: Lições de Português