cultura

Dossiê:Línguas do Brasil

Postado em

iphanVocê conhece o IPHAN? Bom, IPHAN significa: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Eles tem uma publicação eletrônica que vale a pena conhecer. É a Revista do IPHAN. Sua última publicação traz una serie de reportagens   sobre a variedade linguística no Brasil e suas implicâncias  na nossa sociedade. Abaixo um trecho da reportagem Diversidade Verde Amarelo

Mais de 200 línguas, além do português, são faladas no Brasil: cerca de 190 línguas indígenas e 20 línguas de comunidades descendentes de imigrantes. Mas, além delas, é preciso conferir visibilidade também às variações no próprio modo de falar o português. “Todos esses contextos bilíngües são de alguma forma também “bidialetais”, pois contemplam alguma variedade de baixo prestígio do português ou de outra língua lado a lado com a variedade de português convencionada como padrão”, lembra Marilda Cavalcanti, professora do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp…

Vale a pena conferir. Para visitar a página entre aqui

Portugal Deve Pedir Adiamento da Reforma Ortográfica

Postado em Atualizado em

O governo de Portugal deve pedir aos outros sete países de língua portuguesa que a reforma ortográfica, que pretende unificar a escrita do português, seja adiada em dez anos.

A decisão foi divulgada pela ministra da Cultura de Portugal, Isabel Pires de Lima, durante uma sessão de perguntas e respostas no Parlamento, na terça-feira.

Segundo Maria do Céu Novais, assessora de imprensa da ministra, “este foi o período considerado mais adequado pelo Ministério da Cultura e pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros. A proposta de moratória deverá ser apresentada aos outros países no momento certo”.

O Ministério da Cultura afirma que o processo de modificação e ratificação do acordo da reforma ortográfica está nas mãos do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A assessoria de imprensa desse Ministério foi consultada pela BBC Brasil e ainda não respondeu sobre quando o acordo será levado ao Parlamento português.

Leia o resto deste post »

Perca um Livro

Postado em

perca um livroPerca um Livro’ é uma iniciativa que pretende trazer para o Brasil uma prática internacional de incentivo à leitura. A idéia é “perder” um livro em lugar público para ser achado e lido por outras pessoas que, então, farão o mesmo. O objetivo é fazer do mundo inteiro uma livraria.
A prática consiste em três passos simples:
1. Leia um bom livro;
2. Cadastre o livro e escreva seus comentários para pegar seu código único e a etiqueta correspondente ao livro;
3.”Perca” o livro em um lugar público.
De posse do código o leitor poderá rastrear pelo tempo que quiser os caminhos percorridos pelo livro.
A partida inicial do projeto será dada pela editora Zeiz que irá “perder” 150 exemplares do livro “A Unidade dos Seis – O Herdeiro Especial”. Os livros “perdidos” estarão com orientações que levem o próximo leitor a repetir o mesmo procedimento: ler, cadastrar e “perder”.


A idéia é que estes livros sejam a ponta de uma corrente que incentive outras pessoas a fazerem o mesmo com outros livros, disseminando entre pessoas o saudável hábito da leitura.

Mais informaçoes nesse link: http://www.livr.us

Verdades e Mentiras

Postado em Atualizado em

Para Ler e Pensar: