Gerúndio e Gerundismo

GERÚNDIO

O gerúndio pode e deve ser usado para expressar uma ação em curso ou uma ação simultânea a outra, ou para exprimir a idéia de progressão indefinida. Combinado com os auxiliares estar, andar, ir, vir, o gerúndio marca uma ação durativa, com aspectos diferenciados:

1) com estar, o momento é rigoroso:

Está havendo aulas.

As escolas estão melhorando o ensino.

A universidade está saindo da crise.

2) com andar, predomina a idéia de intensidade ou movimento reiterado:

Andei lendo aquele livro.

Andei pesquisando o assunto.

Andaram falando mal de você.

3) com ir, a ação durativa se realiza progressivamente:

O tempo foi passando e nada de gol do Brasil.

Aos poucos o time vai ganhando a confiança dos torcedores.

4) com vir, a ação se desenvolve gradualmente em direção à época ou ao lugar em que nos encontramos:

O gerúndio vem sendo mal usado pelos brasileiros.
A noite vai chegando de mansinho.

Gerundismo

O gerundismo (abuso do gerúndio) é fenômeno lingüístico relativamente recente no Brasil. Exemplos:

Nós estaremos lhe enviando um fax com os detalhes. (Melhor: Nós lhe enviaremos…)

Nós vamos estar lhe enviando um fax com os detalhes. (Melhor: Nós lhe enviaremos…)

Esta construção abusiva do gerúndio é muito utilizada nos serviços de atendimento ao cliente por telefone e telemarketing, e nesse caso pode se explicar por uma tradução apressada dos manuais que vêm do exterior.

Além de verbo, o gerúndio pode desempenhar a função de advérbio de modo (O atleta cabeceou a bola sorrindo para dentro gol.) ou adjetivo ligado a um substantivo (Eu vi a bola saindo).

fonte:Maria T. de Queiroz Piacentini

6 comentários em “Gerúndio e Gerundismo

  1. Trabalho em uma empresa de telemarketing avaliando, operadores e sou estudante de letras e, quando comecei atuar no setor de atendimento a cliente antes mesmo de iniciar o curso de letras , já me deparava com outros operadores supervisores e pessoas até de setores de comunicação interna da empresa utilizando o gerúndio incorretamente. Mas hoje já percebo que as pessoas já se corrigem e utilizam cada vez menos esse vício de linguagem, graças a reportagens sobre o assuntos, debates e discussões. Muito bom este esclarecimento. Obrigada

  2. O gerundismo nada mais é que uma prática do estangeirismo, pois, nós brasileiros adoramos incorporar à nossa língua palavras de outros idiomas em particular do inglês, que neste caso não foi uma palavra e sim uma regra gramatical inglesa.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s